Orquídea chocolate - Aroma inconfundível


Micro-orquídea Oncidium Sharry Baby 'Sweet Fragrance'
Oncidium Sharry Baby 'Sweet Fragrance'

A partir do momento em que comecei a me interessar por orquídeas, passei meses pesquisando e estudando sobre elas, tendo a internet como fonte principal de informação. Foi somente após muito tempo que tive a oportunidade de conhecê-las pessoalmente, em uma exposição. E a primeira coisa que me impressionou foi a variedade de perfumes que as diferentes orquídeas podiam exalar.


Uma orquídea  Oncidium perfumada


Uma micro-orquídea, em particular, chamou-me a atenção. Era um Oncidium e seu perfume podia ser sentido à distância, preenchendo todo o ambiente. Era um aroma adocicado, que a mim lembrou o do chocolate branco. Outros mencionam a baunilha (que, por sinal, é extraída de uma outra orquídea). Foi paixão à primeira vista. A partir deste momento, passei a avaliar o perfume das orquídeas como um dos requisitos para me decidir sobre novas aquisições.

Infelizmente, esta orquídea e seu inconfundível aroma não existem na natureza. Foram criados pelo ser humano, através de vários cruzamentos entre diferentes espécies de orquídeas. Seu nome científico é Oncidium Sharry Baby 'Sweet Fragrance', sendo popularmente conhecida como orquídea chocolate.


Oncidium Sharry Baby ou Cherry Baby?


É muito comum encontrarmos as mais diferentes variações do nome desta orquídea chocolate. Embora o termo que nos vem à mente seja cherry, palavra que significa cereja, em inglês, o termo científico correto é sharry. A justificativa para este nome estranho vem da cabeça do cultivador que criou o híbrido. Cabe a ele registrá-lo devidamente, seguindo as regras de nomenclatura para novos cultivares botânicos. Sabe-se lá por qual motivo, o criador da orquídea com aroma de chocolate resolveu batizá-la de Oncidium Sharry Baby 'Sweet Fragrance'.

Origem da orquídea chocolate


Trata-se de uma orquídea híbrida, cujos pais são o Oncidium Jamie Sutton e o Oncidium Honolulu. É uma orquídea relativamente nova, tendo sido registrada em 1983 por Dorothy A. O'Flaherty, no Royal Horticultural Society (RHS), entidade britânica oficialmente responsável pelo registro dos híbridos de orquídeas produzidos em todo o mundo.

O Oncidium Sharry Baby descende do Oncidium sotoanum, mais conhecido como Oncidium ornithorhynchum, do qual já falamos aqui. Ele também é um dos progenitores do Oncidium Twinkle 'Yellow Fantasy', que pode ser encontrado em outras cores, sendo todas orquídeas bastante perfumadas. É curioso notar que o perfume do Oncidium ornithorhynchum é bastante controverso. Alguns gostam, mas a maioria detesta. Sem dúvida, é um aroma forte e marcante. Eu sinto cheiro de ovo, outros sentem cheiro de remédio. Sabe-se lá o que acontece... Já seus descendentes têm um perfume mais agradável.

Extremamente generosa, a orquídea Oncidium Sharry Baby pode desenvolver inúmeras hastes florais, geralmente repletas de pequenas flores de aproximadamente 2 cm de diâmetro. Uma haste pode abrigar mais de 70 flores, o que potencializa o perfume desta orquídea com aroma de chocolate, marcando fortemente sua presença em qualquer ambiente, principalmente em interiores.

O número de flores e hastes florais que uma orquídea chocolate pode produzir varia basicamente em função de três fatores. Primeiro, a idade da planta. Quanto mais adulta for a orquídea, quanto mais pseudobulbos a planta possuir, melhores e mais abundantes serão suas florações. Os outros dois fatores cruciais são luminosidade e adubação, conforme comentado nestes dois artigos abaixo:





Orquídea Oncidium Sharry Baby 'Sweet Fragrance'
Oncidium Sharry Baby 'Sweet Fragrance'

Oncidium das folhas pintadas


Suas longas folhas são motivo de preocupação e controvérsia. Aqui no Brasil, invariavelmente, elas apresentam várias pintas negras, principalmente nas extremidades. Muitos iniciantes acham que trata-se de uma doença grave e chegam a descartar a planta, após a floração. Mas esta é uma característica comum desta orquídea híbrida, que não compromete seu desenvolvimento. Ela continua crescendo e florescendo normalmente, apesar das pintas. A principal inconveniência desta característica é estética. Alguns orquidófilos afirmam tratar-se de um vírus, outros relatam que o fenômeno ocorre em ambientes com excesso de luminosidade. Mas eu nunca vi uma orquídea desta sem pintas. Acho que faz parte do charme dela.


Cultivo da orquídea chocolate


O Oncidium Sharry Baby não tem uma época específica para dar flores. Devido à sua natureza híbrida, pode florescer em diferentes estações. Inclusive, quando bem cultivada, a orquídea chocolate pode dar as caras mais de uma vez por ano. Como a maioria das orquídeas de seu gênero, esta orquídea aprecia locais bem iluminados, porém sem sol direto. O substrato deve ser composto por materiais que sequem rapidamente, já que a planta não tolera raízes encharcadas.

A combinação de materiais que costuma funcionar para o cultivo da orquídea chocolate, aqui no apartamento, é o vaso de plástico preenchido com substrato misto, composto por casca de pinus e carvão vegetal. Eventualmente, adiciono um pouco de musgo sphagnum ao material, para que a umidade seja retida por mais tempo. Mas é importante não compactá-lo em torno das raízes. Como sempre, as regas devem acontecer apenas quando o substrato estiver seco e o vaso leve.

Apesar de eu já ter matado alguns exemplares, devo mencionar que trata-se de uma orquídea considerada de fácil cultivo. Eu já obtive belas florações dentro do meu quarto, tendo o parapeito de uma janela como local de cultivo. O que significa que esta orquídea chocolate não exige luminosidade intensa para florescer. Para os que apreciam orquídeas delicadas e perfumadas, dispostas em longas hastes sob a forma de cascatas, este Oncidium Sharry Baby é uma excelente aquisição.


Conteúdo patrocinado:

Mudas desta bela e perfumada orquídea chocolate podem ser adquiridas no site do nosso parceiro. Para acessar, basta clicar neste link.