Novidades no Berçário de Suculentas


Berçário de Suculentas
Berçário de Suculentas

Conforme prometido, trago notícias atualizadas sobre o desenvolvimento das folhas de plantas suculentas, no famoso berçário que apresentei no final do ano passado.

Embora uma ou outra raiz já pudesse ser observada após uma semana de cultivo, as mudanças mais significativas só começaram a acontecer um mês após a introdução das folhas no berçário. Durante este período, é importante deixar o substrato sempre umedecido, sem encharcar. Na verdade, eu particularmente apenas pingo algumas gotas de água, concentrando-as na região em que esperamos que surjam os novos brotos e raízes.

A composição deste substrato varia bastante, dependendo do cultivador. Confesso que nunca vi um berçário de suculentas feito com musgo sphagnum em recipiente de vidro. Gosto desta combinação porque consigo ver facilmente quando o material seca, através da mudança de coloração. O vidro sem drenagem impede que exageremos na rega, além de permitir a conservação da umidade por mais tempo.

Nas fotos a seguir, uma coletânea de alguns dos progressos observados durante este período de cultivo. A velocidade da evolução varia bastante, de acordo com o gênero de suculenta a ser propagado. Algumas folhas permanecem completamente estacionadas. Outras apenas emitiram raízes, enquanto as mais apressadinhas já estão com pequenas plântulas formadas.


Folha de Crassula ovata - Enraizando
Folha de Crassula ovata - Enraizando


Folha de Echeveria - Brotando
Folha de Echeveria - Brotando


Folha de Echeveria - Brotando (zoom)
Folha de Echeveria - Brotando (zoom)


Folha de Echeveria - Brotando
Folha de Echeveria - Brotando


Folha de Echeveria - Brotando (zoom)
Folha de Echeveria - Brotando (zoom)


Folha de Graptopetalum paraguayense - Brotando
Folha de Graptopetalum paraguayense - Brotando


Folha de Graptopetalum paraguayense - Brotando (zoom)
Folha de Graptopetalum paraguayense - Brotando (zoom)


Nova suculenta em formação
Nova suculenta em formação


Nova suculenta em formação (zoom)
Nova suculenta em formação (zoom)

É uma diversão infinita. Passo horas observando cada alteração, meus pais acham que enlouqueci. Nada de ficar dois anos esperando pela flor de uma orquídea. As suculentas, enquanto crescem e se multiplicam, fornecem um farto material diário para entreter e surpreender qualquer pessoa que aprecie plantas. 


12 comentários:

  1. Incrível! É maravilhoso ver a vida brotando... Eu ainda não me arrisco com as suculentas. Já perdi várias e acho mais fácil cultivar orquídeas. Mas vamos ver se consegues me "contaminar"!!! Te acompanho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Então, eu mesmo não tenho certeza se vou conseguir cultivá-los. É um experimento, tomara que dê certo! Torço para que tente novamente, tem umas espécies de suculentas de mais fácil cultivo! Brigadão pela visita e pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Parabéns pelo novo projeto, está uma beleza só! Prazer nosso poder acompanhar determinadas etapas deste desenvolvimento. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! Tudo bem? Imagine, que bom saber que gostou da novidade! Muito obrigado pelo apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Suculentas são plantas interessantes . Sempre achei legal elas renascerem das cinzas só plantando as folhas. Mas eu não tinha noção do quanto elas podem ficar enormes até ver com meus proprios olhos umas suculentas que meu pai cuida no sitio dele. Ele plantou algumas em bacias grandes e a suculenta cresceu tanto que parecia um repolho. Muito legal.
    Bjs Sergio!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Mas que interessante, também não sabia que atingiam este tamanho! Devem ficar lindas! Muito obrigado pela visita e pelas informações!

      Beijos, tudo de bom!

      Excluir
  4. Sergio e eu fico absolutamente empolgada com a sua dedicação à pequeninas e adoráveis suculentas! Coisa mais linda o seu berçário!

    Os brotinho bebês estão a coisa mais fofinha e meiga que jamais poderíamos encontrar em qualquer outra espécie de plantinha!!!
    Acho que ficarei encantada como você com as suculentas, uma vez que com as orquídeas não venho obtendo muitos progressos também...hehehe
    Aliás, apenas a Chuva de Ouro que está linda aqui em casa... As demais, orquídeas, coitadinhas, estão de dar pena...

    Amigo, adorei o seu novo trabalho!!
    Conte comigo, pois apreciarei e me encantarei da mesma forma do que com as belas orquídeas!!!

    Um grande beijo e uma semana espetacular!! :))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Adriana? Imagine, bondade sua!

      Ah, que bom, tomara que fique tão empolgada com as suculentas quanto eu fiquei! As orquídeas são lindas, mas muito temperamentais. Espero ter mais sorte com o cultivo das gorduchas, vou contando minha experiência!

      Muito obrigado pelo carinho do seu comentário, sempre uma honra recebê-la aqui neste espaço!

      Beijo grande e um ótimo final de semana!

      Excluir
  5. Quem atua na área diz que o mercado de suculentas irá superar o de orquídeas e eu acredito nisso. Algumas destas plantas, como as rosas do desertos oferecem muitas flores por planta, uma alta variedade de cores e longos períodos de floração, além de serem muito resistentes. Para quem atua na área, vale a pena observar estas questões, pois como você disse "Nada de ficar dois anos esperando pela flor de uma orquídea". Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Sim, acredito que esta seja a tendência atual! Muito bem lembrado, as rosas do deserto estão bem em alta, florescendo generosamente.

      Muito obrigado pelo comentário e pela importante contribuição ao tema!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Estou viciada nas suculentas!! Estou amando essas plantinhas! Fortes e resistentes.
    Eu tenho uma Graptopetalum paraguayense, bem roxa, linda.
    Coloquei algumas folhas no berçário, estou tentando reproduzir.
    2 semanas já e nada de raízes nem brotos!!
    Como é difícil esperar!!
    A sua folha demorou muito pra ter alguma evolução?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nathália, que legal! Também adoro estas plantas!

      O tempo que as folhas levam para enraizar ou brotar depende muito da espécie de suculenta. Mas por volta de um mês, você já observa sinais de desenvolvimento. Acho que o segredo é meio que esquecer do berçário, por um tempo!

      Muito obrigado pela visita, torço para que seja um sucesso sua propagação!

      Um grande abraço!

      Excluir