Guia Completo para Cuidar de Plantas dentro de Casas e Apartamentos

Início

Sergio Oyama Junior


Orquídeas no Apê
EM ALTA
Orquídeas Amarelas   Orquídea Denphal   Suculenta Kalanchoe

Epipremnum aureum   Monstera adansonii   Trapoeraba Roxa

Orquídea Rosa


Orquídea Dendrobium loddigesii
| Dendrobium loddigesii |

Uma das cores frequentemente associadas às florações produzidas pelas orquidáceas é o púrpura. Historicamente, esta foi a coloração mais observada nas clássicas orquídeas brasileiras, tais como Cattleya labiata, Cattleya walkeriana e Laelia purpurata. No entanto, a orquídea rosa, em uma tonalidade mais suave, é menos vista nas variedades tipo. Neste artigo, listaremos algumas espécies de orquídeas na coloração rosada.

Suculentas Peludas


Suculenta Tradescantia sillamontana
| Tradescantia sillamontana |

Suculentas felpudas, aveludadas, sedosas ou de pelúcia. Estes seriam os termos mais apropriados para designar as curiosas espécies de plantas suculentas capazes de produzir uma delicada penugem sobre a superfície de suas folhas. No entanto, como a alcunha suculentas peludas é a mais utilizada, para esta classe de vegetais, assim será, ao longo deste artigo, que apresenta uma seleção das minhas preferidas.

Top 10 Plantas Pendentes de Sombra


Peperomia scandens
| Peperomia scandens |

Em meio à saga de transformar os nossos ambientes urbanos em luxuriantes florestas tropicais, frequentemente recorremos às plantas pendentes, capazes de preencher rapidamente o espaço vazio com generosas cascatas de folhas, nos mais diferentes formatos, cores e estampas. Para nossa sorte, é grande a variedade de plantas pendentes de sombra, que não necessitam de sol pleno para seu bom desenvolvimento. Evidentemente, a luminosidade indireta é sempre necessária.

Cacto Opuntia


Cacto Opuntia microdasys
| Opuntia microdasys |

Cacto orelha de coelho, orelha de Mickey, figueira da Índia ou palma forrageira, estes são alguns dos nomes populares comumente utilizados para designar as diferentes espécies pertencentes ao gênero Opuntia, da família botânica Cactaceae. De todos os formatos e tamanhos, com poucos ou muitos espinhos, agressivos ou não, ornamentais ou comestíveis, estas fascinantes plantas apresentam a resistência e facilidade de cultivo como principais atrativos para o cultivador iniciante.

Orquídea Pleurothallis


Orquídea Pleurothallis sonderana
| Pleurothallis sonderana |

Ainda que produzam, via de regra, flores cujos diâmetros não ultrapassam um centímetro, as micro orquídeas são amplamente apreciadas e cultivadas, mundo afora. Bem diferentes dos tradicionais exemplares híbridos que encontramos no mercado, geralmente parecidos com grandes repolhos, estas miniaturas de orquídeas precisam ser observadas com o auxílio de uma lupa, para que toda a sua beleza e complexidade seja devidamente percebida. É o caso do gênero Pleurothallis, que conheceremos a seguir.

Suculenta Echeveria setosa


Suculenta Echeveria setosa
| Echeveria setosa |

Como resistir ao charme das suculentas peludas? Embora se tratem de adaptações à vida em ambientes quentes e secos, a combinação de folhas gorduchas recobertas por uma delicada penugem resulta em pequenas plantas de pelúcia. É o caso da Echeveria setosa, talvez a mais famosa espécie suculenta de aparência aveludada. O nome científico deriva da palavra seta, que significa cerda, pelo curto, em latim. Por este motivo, um dos nomes populares para esta planta é rosa de pedra sedosa.

Veludo Roxo - Gynura aurantiaca


Gynura aurantiaca
| Gynura aurantiaca |

Não são muitas as plantas cujas folhagens apresentam outras colorações que não a verde. Por este motivo, as espécies que exibem tonalidades roxas em seus tecidos vegetais fazem muito sucesso junto aos cultivadores. É o caso da Gynura aurantiaca, cujo nome popular mais conhecido é veludo roxo. Esta é uma excelente opção para quebrar a monotonia do onipresente verde, em nossas florestas urbanas. 

Cacto Disocactus ackermannii


Cacto Disocactus ackermannii
| Disocactus ackermannii |

É impossível ficar indiferente às exuberantes florações que as cactáceas são capazes de produzir. Neste quesito, são particularmente impressionantes as flores dos cactos epífitos, de porte pendente, que estão entre as maiores e mais vistosas estruturas reprodutivas encontradas nesta família botânica. Neste artigo, destacamos a espécie Disocactus ackermannii, célebre por suas belíssimas flores vermelhas.

Orquídea Cyrtopodium


Orquídea Cyrtopodium punctatum
| Cyrtopodium punctatum |

Camufladas em meio a longas e copiosas inflorescências, produzidas por densas touceiras, as flores individuais das diferentes espécies pertencentes ao gênero Cyrtopodium revelam detalhes surpreendentes. Suas pétalas e sépalas costumam mesclar várias tonalidades de amarelo, sendo frequentemente ornamentadas por marcações alaranjadas, avermelhadas ou acastanhadas. Já o labelo costuma ser mais discreto.

Suculenta Colar de Princesa - Sedum hemsleyanum


Suculenta Sedum hemsleyanum
| Sedum hemsleyanum |

Os colares de suculentas vêm fazendo um grande sucesso junto aos colecionadores, já há alguns anos. A cada temporada, surge uma novidade em termos de cor e formato diferenciados. Neste contexto, destaca-se a espécie Sedum hemsleyanum, cujo nome popular mais conhecido é suculenta colar de princesa. Sua aparência é bastante rebuscada, graças à presença de pequenas rosetas que surgem na porção basal de cada caule, entremeadas pelas folhas.

Mini Antúrio


Anthurium andraeanum
| Anthurium andraeanum |

Para aqueles que cultivam plantas dentro de casas e apartamentos, a espécie ideal seria aquela que não necessitasse de sol pleno para o seu bom desenvolvimento. Além disso, seria desejável que a candidata fosse capaz de florescer, nestes ambientes internos. Por fim, e não menos importante, seria de bom tom que o vegetal selecionado não ocupasse muito espaço, visto que vivemos em cômodos cada vez menores, nos grandes centros urbanos. Visando atender a todas essas exigências, parece que o mini antúrio foi especificamente desenhado para ser a planta de interior dos nossos sonhos.

Cacto Epiphyllum anguliger


Cacto Epiphyllum anguliger
| Epiphyllum anguliger |

Uma série de fatores explica o sucesso dos cactos pendentes junto aos cultivadores. Além de serem bastante ornamentais, as diferentes espécies existentes necessitam de uma luminosidade menos intensa para seu bom desenvolvimento, sendo ideais para o cultivo em ambientes mais sombreados. Além disso, estas cactáceas não possuem espinhos agressivos, tornando mais seguro seu cultivo em locais com circulação de pessoas. É o caso do cacto Epiphyllum anguliger, tema do artigo de hoje.

Orquídea Encyclia


Orquídea Encyclia randii
| Encyclia randii |

Esta é uma orquídea mais discreta, de flores menores e cores sóbrias. O gênero Encyclia é composto por espécies bastante semelhantes entre si, de modo que sua correta identificação é sempre desafiadora. Além disso, mudanças constantes em seus nomes científicos contribuem para que mais confusões aconteçam. Embora sejam planas lindas, as Encyclias costumam ser cultivadas por colecionadores, interessados nas peculiaridades botânicas de cada espécie, como a Encyclia randii que ilustra este artigo.

Suculenta Colar de Banana - Senecio radicans


Suculenta Senecio radicans
| Senecio radicans |

Dentre os colares de suculentas que costumamos encontrar nas coleções, o de bananas ou bananinhas, como é popularmente conhecido, possui uma presença mais exígua. Talvez esta situação seja decorrente do fato de suas folhas apresentarem uma estrutura mais simples, menos chamativa. O nome científico da suculenta colar de banana é Senecio radicans, sendo também conhecida em países de língua inglesa como string of bananas.

Cheflera - Schefflera arboricola


Schefflera arboricola
| Schefflera arboricola |

Dos mais sofisticados ambientes corporativos às residências de todos os tamanhos e padrões, podemos constatar a ubíqua utilização da cheflera como planta de interior. Esta espécie de sombra pode ser encontrada em sua forma tipo, com as folhas completamente verdes, ou variegata, que mescla diversas nuances de creme e amarelo, sobre um fundo verde mais fechado. Também existem plantas de dimensões variadas.

Cacto Selenicereus grandiflorus


Cacto Selenicereus grandiflorus
| Selenicereus grandiflorus |

As cactáceas que produzem imensas flores perfumadas, conhecidas por desabrocharem apenas durante a noite, fazem bastante sucesso junto aos colecionadores. No entanto, costuma haver uma grande confusão quanto à identificação das diferentes espécies de cactos capazes de produzir estas florações peculiares. O cacto Selenicereus grandiflorus, por exemplo, é frequentemente confundido com representantes de outros gêneros.

Orquídea Zygopetalum


Orquídea Zygopetalum maculatum
| Zygopetalum maculatum |

As diferentes espécies e híbridos pertencentes ao gênero botânico Zygopetalum costumam ser reconhecidos pelo inusitado contraste entre o vistoso labelo púrpura azulado e as pétalas e sépalas pintalgadas, no estilo animal print. Claro que há exceções a este regra, mas o padrão frequentemente encontrado é este, observado na espécie tipo, Zygopetalum maculatum, originalmente utilizada para descrever o gênero.

Suculenta Kalanchoe Fantasma - Kalanchoe fedtschenkoi


Suculenta Kalanchoe fedtschenkoi
| Kalanchoe fedtschenkoi |

Existem diversas espécies de plantas suculentas cujos nomes populares incluem as palavras fantasma, fantôme, em francês ou ghost, em inglês. Isto se deve à coloração pálida e ao aspecto empoeirado de suas folhas. É o caso da Kalanchoe fantasma, cujo nome científico é Kalanchoe fedtschenkoi. Na foto de abertura deste artigo, a planta em questão não se encontra muito fantasmagórica porque trata-se de uma forma variegata da espécie. Em sua versão tipo, mais comumente encontrada na natureza, esta suculenta possui uma aparência mais fosca, menos colorida.

Avenca Roxa - Oxalis hedysaroides 'Rubra'


Oxalis hedysaroides 'Rubra'
| Oxalis hedysaroides 'Rubra' |

Existe um pequeno grupo de plantas cujas folhagens fogem ao lugar comum imposto pelo onipresente verde, em suas mais diversas tonalidades. É o caso da espécie Oxalis hedysaroides 'Rubra', cujo nome popular mais comumente utilizado é avenca roxa. Também há quem a chame de avenca roxa rubra. Na verdade, suas folhas apresentam um tom de púrpura que tende ao vermelho, algo como o burgundy ou bordeaux

Cacto Parodia magnifica


Cacto Parodia magnifica
| Parodia magnifica |

Esta é uma belíssima cactácea de aspecto esférico, integrante do seleto grupo de espécies que apresentam caules no formato globular ou globoso, em oposição aos cactos mais altos, de porte colunar, e também distinta dos cactos pendentes, que vivem em ambientes sombreados, nas florestas. Por esta razão, o nome popular da espécie Parodia magnifica costuma ser cacto bola, embora existam diversas outras plantas que frequentemente recebem este apelido.

Orquídea Stanhopea


Orquídea Stanhopea costaricensis
| Stanhopea costaricensis |

A aparência alienígena da flor produzida por esta orquídea, pertencente ao gênero botânico Stanhopea, parece subverter a clássica regra de que as orquidáceas possuem três sépalas e três pétalas, sendo uma delas o labelo. Embora não pareça, estas estruturas estão presentes nas florações desta que é uma das orquídeas mais exóticas encontradas na natureza. Outra característica marcante das espécies de Stanhopea é o fato de suas hastes florais nascerem apontadas para baixo.

Suculenta Colar de Azeitona - Senecio herreianus


Suculenta Senecio herreianus
| Senecio herreianus |

É inquestionável o sucesso que os colares de suculentas fazem junto aos colecionadores. Existem tantas variedades, com contas em formatos diferentes, que torna-se impossível resistir à tentação de ter um colar de cada tipo. Neste artigo, vamos falar sobre a suculenta colar de azeitona, também conhecida como suculenta colar de melancia, cujo nome científico é Senecio herreianus. Anteriormente, esta espécie era conhecida pela quase impronunciável denominação Kleinia gomphophylla.

Árvore do Dinheiro - Monguba - Pachira aquatica


Pachira aquatica
| Pachira aquatica |

Diz a lenda que, em um momento de dificuldades financeiras, uma pessoa encontrou casualmente um exemplar de Pachira aquatica e a levou para casa. A partir de suas sementes, obteve várias mudas, que passou a cultivar e vender. Desde então, a prosperidade passou a reinar em sua vida. Esta é a estória por trás da monguba ou munguba, que também é popularmente conhecida como árvore do dinheiro. Ainda que este nome popular possa ser atribuído a várias plantas, esta espécie botânica é a mais conhecida como tal.

Pitaya Amarela - Hylocereus megalanthus


Cacto Hylocereus megalanthus
| Hylocereus megalanthus |

Muito antes de Colombo chegar às Américas, as diversas civilizações que habitavam uma vasta região deste continente, que atualmente compreende o México, América Central e norte da América do Sul, já conheciam e consumiam um fruto saboroso, de aparência exótica, chamado de pitahaya, pitaya ou pitaia. No idioma falado por estes povos pré-colombianos, o termo significa fruto escamoso.

Orquídea Oeceoclades maculata


Orquídea Oeceoclades maculata
| Oeceoclades maculata |

Talvez por ser uma orquídea terrestre, facilmente encontrada em diversas regiões de clima tropical, a Oeceoclades maculata costuma receber pouca atenção, por parte dos colecionadores. Considerada uma planta bastante comum, esta típica orquídea de sombra produz flores pequenas e discretas, com pétalas e sépalas levemente rosadas, labelo branco e duas manchas mais proeminentes, em magenta.

Saião - Kalanchoe brasiliensis


Kalanchoe brasiliensis
| Kalanchoe brasiliensis |

Dentre as mais de cem espécies pertencentes ao gênero Kalanchoe, da família botânica Crassulaceae, apenas uma ocorre nativamente em território brasileiro. Este fato pode ser facilmente constatado através do nome científico desta planta suculenta, Kalanchoe brasiliensis. Seus nomes populares mais conhecidos são folha da fortuna e saião. A esta espécie costumam ser atribuídas diversas propriedades medicinais.