Sedum moranense


Sedum moranense
Sedum moranense

O gênero Sedum, pertencente à família Crassulaceae, abriga centenas de espécies conhecidas por sua beleza e rusticidade, cultivadas como plantas ornamentais tanto em interiores como em áreas externas, no paisagismo. São plantas cujas folhas apresentam adaptações que possibilitam o armazenamento de água. 

A planta suculenta de hoje, Sedum moranense, é nativa do México. O hemisfério norte concentra grande parte dos países de origem deste exótico gênero botânico. Esta espécie moranense, particularmente, forma delicadas moitas de caules eretos, repletos de minúsculas folhas carnosas, densamente imbricadas.

Estas características anatômicas, aliadas à grande tolerância do Sedum moranense ao sol direto e à falta de água, tornam esta espécie uma excelente candidata à sua utilização como forração nos projetos paisagísticos. Em seu habitat natural, ela é frequentemente encontrada vegetando sobre rochas. No exterior, várias espécies do gênero Sedum costumam ser popularmente chamadas de stonecrops. Apesar disso, esta suculenta também fica linda em vasos, podendo ser cultivada dentro de casas e apartamentos, desde que próxima a uma janela bem ensolarada.


Sedum moranense
Sedum moranense

Esta é uma planta que ganhei dos meus pais, como presente de aniversário. A escolha da espécie foi feita pelo meu pai. Sou muito grato a eles pelo carinho com que apoiam este projeto, sempre incentivando o cultivo das mais diferentes famílias botânicas aqui no apartamento. Como prometido, vou gradualmente apresentando as várias suculentas que ganhei de presente ao longo dos próximos artigos. A planta de hoje foi, sem dúvida, uma valiosa adição à minha coleção!


Suculentas, Presente Especial


Suculentas Echeverias, Kalanchoe, Graptopetalum
Echeverias, Kalanchoe, Graptopetalum

Devo confessar que, já há alguns bons anos, não vejo muita graça em comemorar meu aniversário. Com o passar do tempo, os contras vão se avolumando em detrimento dos prós, de modo que a data, outrora especial, costuma ser por mim solenemente ignorada.

No entanto, desde que comecei a cultivar orquídeas, costumo receber belíssimos exemplares desta planta, nesta época do ano. Dentre as pessoas que sempre se lembram de mim, estão o casal Hiroko e Takashi Matsumoto. Ao longo dos anos, estes presentes foram compondo boa parte da minha coleção de orquídeas. 

Neste ano, foi diferente. Pela primeira vez, ganhei deles uma caixa repleta de belíssimas e enormes plantas suculentas, as estrelas do momento. Uma delas, inclusive, portava uma longa inflorescência, carregada de minúsculas flores brancas estreladas, com longos estames, de uma delicadeza única.

Nos próximos artigos, oportunamente, vou apresentar cada uma com mais detalhes, todas devidamente identificadas. Apesar da minha apatia diante do fato de ficar ainda mais velho, receber presentes como este, em forma de plantas especiais, sempre faz meu coração bater mais rápido. À Hiroko e ao Takashi, deixo meu muito obrigado pelo carinho!


Suculenta Orelha de Shrek


Crassula ovata 'Gollum'
Crassula ovata 'Gollum'

As plantas suculentas são famosas por sua grande variedade de formas inusitadas. É uma mais curiosa que a outra. A suculenta de hoje, popularmente conhecida como orelha de Shrek, é um exemplo clássico desta interessante diversidade.

Embora muito semelhantes, existem duas variedades que costumam ser apelidadas de suculenta orelha de Shrek. A versão com folhas cilíndricas (foto acima), achatadas na extremidade, com uma pequena concavidade, é a que mais se assemelha à orelha do famoso ogro da ficção. 


Crassula ovata 'Hobbit'
Crassula ovata 'Hobbit'

Existe também uma versão mais achatada (foto acima), cujas folhas lembram pequenas espátulas, também com uma concavidade na extremidade.

Tecnicamente, ambas as suculentas são variedades de uma famosa espécie africana, Crassula ovata, popularmente conhecida como planta jade. Nativa da África do Sul, esta suculenta é bastante cultivada por sua beleza, resistência e adaptabilidade a ambientes tanto internos como externos. Apesar de apresentar um crescimento lento, pode atingir grandes proporções. É uma suculenta que também costuma ser cultivada ao estilo bonsai, lembrando uma arvoreta.

Convencionou-se chamar a forma com folhas cilíndricas de Crassula ovata 'Gollum' e a variedade com folhas achatadas de Crassula ovata 'Hobbit', em alusão aos personagens de O Senhor dos Anéis. No entanto, esta classificação não é rígida. Muitas vezes, encontramos ambas as morfologias de folha em uma mesma planta. 

O certo é que as suculentas orelha de Shrek são diferentes da espécie original, Crassula ovata (foto abaixo), que tem as folhas ovaladas, diametralmente opostas. Em comum, as três variações guardam apenas o fascinante tom verde jade de suas folhas brilhantes. 


Crassula ovata
Crassula ovata

Sou tão apaixonado por esta planta e seus cultivares que logo tratei de conseguir um exemplar de cada. Mas a verdade é que cheguei até elas graças ao fato de serem conhecidas suculentas de fácil cultivo e baixa manutenção, resistentes e extremamente duráveis. Requisitos que estou priorizando no momento atual da minha coleção.