Orquídea Phalaenopsis cor de vinho


Orquídea Phalaenopsis Ever Spring 'Prince'
Phalaenopsis Ever Spring 'Prince'

Apesar de ser uma orquídea originária do continente asiático, a Phalaenopsis é atualmente a orquídea mais popular no Brasil e no mundo. Alguns fatores contribuem para este sucesso. A floração de uma orquídea Phalaenopsis pode durar até três meses, sendo que a mesma haste floral pode vir a produzir ramificações com novas floradas. Como se trata de uma orquídea híbrida, novas florações podem ocorrer em qualquer época do ano.

Além de apresentarem longa duração, as flores da orquídea Phalaenopsis são abundantes. Dispostas simetricamente ao longo de imponentes hastes florais, elas assemelham-se a borboletas ou mariposas, razão pela qual recebem o nome popular de moth orchid nos Estados Unidos. A Phalaenopsis pode ser encontrada em uma multitude de cores e estampas, o que aumenta seu apelo popular. A orquídea Phalaenopsis cor de vinho é uma das minhas preferidas.

Como se não bastasse, é cada vez mais frequente o uso desta orquídea na produção de exemplares coloridos artificialmente, as famigeradas orquídeas azuis. Novas cores artificiais vêm surgindo no mercado.

O tamanho da Phalaenopsis é um capítulo à parte. Já há alguns anos, as vedetes entre os consumidores têm sido as mini Phalaenopsis, miniaturas perfeitas das tradicionais orquídeas que todos conhecemos. A cada ano, surgem novas variedades, cada vez menores. A planta que já era conhecida como a orquídea da secretária, por estar presente em ambientes internos e escritórios, ganhou ainda mais espaço entre o público que mora em apartamentos, com sua versão miniaturizada.

A orquídea Phalaenopsis cor de vinho da foto de abertura deste artigo é uma planta pela qual eu tenho bastante carinho e admiração. Eu a dei de presente à minha avó, há alguns anos, e vem sendo muito bem cuidada pela minha tia, Tomoko Simizu. É dela o mérito por esta floração tão abundante, de longuíssima duração. Tenho a impressão que ela passa boa parte do ano florida, já que sempre que vou visitá-las, encontro esta orquídea repleta de flores.

Trata-se da Phalaenopsis Ever Spring Prince, uma orquídea híbrida de aparência exótica e uma rara coloração vinho. Dificilmente encontro orquídeas nesta tonalidade. Há vários outros híbridos desta linhagem, com diferentes padrões de coloração. Ela descende de um outro híbrido bastante famoso, extensivamente usado na produção de belíssimas orquídeas, a Phalaenopsis Golden Peoker.

É curioso como uma mesma orquídea pode reagir de maneira diferente de acordo com o local de cultivo e o cultivador. Aqui no apartamento, sob os meus cuidados, ela costumava dar poucas flores. Três ou quatro, quando muito. Na casa da minha tia, ela virou outra planta. As folhas enormes, sempre emitindo várias hastes e ramificações, todas repletas de flores.

Mesmo sabendo que ela não gosta muito de mim, ainda penso em adquirir outra orquídea desta, apenas para apreciar algumas florzinhas, de vez em quando. Acho que sempre vale a pena!