A orquídea Phalaenopsis azul


Orquídea Phalaenopsis azul
Phalaenopsis azul

Quando esta exótica orquídea azul, batizada de Phalaenopsis Blue Mystique, chegou ao mercado americano, em meados de 2011, houve um grande alvoroço. Apesar do preço de lançamento um pouco salgado (40 a 50 dólares), a procura foi maciça, graças à curiosidade e ao ineditismo da vibrante cor azul, inexistente entre as orquídeas. Ainda hoje, recebo muitas questões de leitores querendo saber se esta orquídea é natural ou artificial.

A Phalaenopsis Blue Mystique, ao contrário do que muitos pensam, não veio da Holanda. Ela foi desenvolvida por uma empresa americana sediada na Flórida, a Silver Vase Nursery, a primeira a apresentar a orquídea Phalaenopsis azul ao mercado. Apesar de produzir orquídeas desde 1988, este orquidário veio a se tornar famoso em todo o continente americano ao lançar sua orquídea azul. Com a fama, vieram duras críticas de orquidófilos mais puristas.

O segredo


Todos nós, quando crianças, já realizamos a clássica experiência de colorir rosas brancas, colocando as hastes cortadas dentro de copos de água com corante. A rosa torna-se colorida porque, apesar de ter sido cortada, continua a absorver água através dos seus vasos condutores (xilema). 

A orquídea azul é fruto de um aprimoramento desta técnica. Após anos de pesquisa, os produtores conseguiram desenvolver um pigmento que não é tóxico à orquídea. Sua composição é mantida em sigilo. Todo o processo é patenteado e a fórmula do corante é desconhecida. Os pigmentos são importados da Holanda. Além disso, a técnica é complicada porque é necessário atingir, com uma agulha, especificamente o xilema da haste floral, sem danificar os demais tecidos, já que a planta continua viva. Para que os botões florais da orquídea desabrochem azuis, a planta precisa sofrer esta intervenção em condições bem controladas, para evitar contaminações. Todo o procedimento encontra-se patenteado e seus detalhes são desconhecidos.

O que acontece depois?


A surpresa desagradável é que, depois que as flores caem, nunca mais voltam a ser azuis. Devido a um efeito residual do corante, as próximas florações podem vir em um tom mais pálido, até tornarem-se completamente brancas, cor original da flor.

No início, este pequeno detalhe causou a frustração e indignação dos consumidores, que imaginavam estar levando para casa uma orquídea que seria azul para sempre. Hoje, as empresas que comercializam esta planta têm o cuidado de anexar um folheto explicativo, salientando que a orquídea é branca e sofre um processo de coloração artificial.

Outras variedades


Além da Phalaenopsis Blue Mystique, existem também à venda as variedades Lila Mystique (lilás) e Indigo Mystique (roxa). As duas primeiras são orquídeas brancas tingidas com corantes de tonalidades diferentes. A Indio Mystique é uma orquídea originalmente púrpura, que é artificialmente colorida de modo a atingir uma tonalidade de azul índigo.

A cada dia surgem novidades no mercado com relação às orquídeas coloridas artificialmente. A orquídea azul continua a ser a mais popular, mas podem ser encontradas orquídeas alaranjadas, esverdeadas e até mesmo rosadas, em um tom que não se encontra na natureza. 

Onde encontrar


Atualmente, estas orquídeas são produzidas no Brasil, em Holambra. Sua distribuição é bastante eficaz, sendo que podemos encontrá-las em floriculturas, garden centers e até supermercados. Caso decida levá-la para casa, certifique-se de que a planta é de procedência conhecida e possui o folheto explicativo.

Considerações finais


Na minha opinião, estas orquídeas são muito bonitas, mas transmitem algo de bastante artificial. Além disso, ainda acho muito caro pagar estes valores por uma orquídea branca comum.

Para os que ficaram frustrados ao saber que a orquídea azul é artificial, uma novidade interessante. Pesquisadores da Universidade de Chiba, no Japão, desenvolveram a primeira e legítima Phalaenopsis azul, através de técnicas de engenharia genética. O que não deixa de caracterizá-la como artificial. Mas, ao menos, esta produzirá flores azuis até o final da vida. Tratarei deste assunto em outro post.

A foto acima é de autoria da Marisa Furukawa, que gentilmente permitiu sua utilização para a publicação deste artigo. Suas fotografias são de excelente bom gosto, sendo que admiro seu trabalho fotográfico há bastante tempo. À Marisa, meu muito obrigado pela valiosa contribuição!


40 comentários:

  1. Oi Sérgio! Não gosto dessas orquídeas azuis por serem tingidas. Acho o colorido muito esquisito. Obrigada pela informação. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vânia! É verdade, tem razão... Pena não serem de verdade! Imagine, eu que agradeço a você pela visita e interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Oiii querido Sérgio, aqui estou para aprender um pouco deste teu lindo mundo. Verdade, essa orquídea azul é muito bonita e exótica, mas parece ser uma flor artificial. Prefiro os tons rubros e brancos. É sempre um prazer passar por aqui. Bjus tenha uma linda sexta-feira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nádia! Que ótimo receber sua visita! De fato, esta orquídea causa as mais diferentes reações. Eu também acho o aspecto bem artificial, apesar de achá-la linda.

      Muito obrigado pelo comentário e apoio, sempre!

      Bjos e tudo de bom!

      Excluir
  3. Priiiiiiiiiimooooooooo!!! ADOREI o artigo!!!!!! muito legal saber como ela foi criada! eu não fazia idéia! Quando eu vi essa flor logo lembrei de você e não pude deixar de tirar uma foto e te mandar!!!! muito obrigada por ter postado a foto!!!! fico feliz em ver uma foto tirada por mim num blog tão especial!!!!! amei!!! beijaaaao primo! e parabéeens pelo blog!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marisa! Que bom que gostou do artigo, fico feliz! Imagine, eu que agradeço a você pela gentileza e carinho de se lembrar de mim e autorizar a publicação da foto!

      Bjo grande e até mais!

      Excluir
  4. Sérgio, eu já sabia sobre esse aspecto, que frustra muito ainda quem espera ter uma nova floração "azulinha" !!! hahahaha
    E mais uma vez saio daqui com um pouco mais de conhecimento!!!
    Obrigada e aguardo seu novo post com as informações sobre a pesquisa em Chiba! (Tenho uma amiga (brasileira,nissei) virtual há mais de dez anos, que mora lá!!!Vou perguntar se ela acompanha essas experiências com as phalaenopsis)
    Amodoro entrar aqui!!! Minha internet deu pra birra, não sei porquê e fiquei fora ontem... Mas voltarei!!!
    Bom dia e grande beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Helô! Pois é, infelizmente algumas pessoas ainda compram iludidas. Mas que bom saber que gostou do artigo!

      Que legal, quem sabe sua amiga nissei tenha informações sobre esta orquídea azul. Também estou tentando levantar mais dados sobre esta pesquisa.

      Que ótimo receber sua visita e ler seu comentário! Muito obrigado pela delicadeza!

      Beijo grande e um ótimo dia!

      Excluir
  5. Hola Sergio, leí muy atentamente tu articulo y a simple vista se nota que la orquídea es natural, pero si nos detenemos en el esfumado del color azul es sus pétalos hay algo que no encaja con la naturaleza.
    En definitiva, prefiero una orquídea natural blanca y no algo creado artificialmente.
    Excelente post, siempre es un placer pasar a leerte, te dejo un abrazo!

    ____ (¯`(♥)´¯) _____(¯`(♥)´¯)
    ___¶¶ (_.^._)¶¶__¶_¶¶(_.^._)¶¶
    _¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶__¶¶¶¶¶(¯`v´¯)¶
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶(¯`(♥)´¯)¶
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶(_.^._)¶¶
    ¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶(¯`v´¯)¶¶¶¶¶
    _¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶(¯`(♥)´¯)¶¶¶
    ___¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶(_.^._)¶¶
    ______¶¶¶¶¶¶(¯`v´¯)¶¶¶¶¶
    ________¶¶¶(¯`(♥)´¯)¶¶
    ___________¶(_.^._)¶
    ____________ ¶¶¶¶¶
    _____________¶¶¶Queda prohibido...
    Queda prohibido no disfrutar de los versos de los amigos,
    de no ser feliz con lo que el día a día nos brinda
    y nos sonreír por cada minuto de vida que tenemos para disfrutar.
    Queda prohibido no sentir cada palabra,
    queda prohibido alejarse de los sentimientos
    y las ganas de vivir y ser feliz consigo mismo.
    (¸¸.♥➷♥•*¨)¸.•´¸.•*¨) ¸.•*¨)
    (¸.•´(¸. ¸.•´¸.•*¨) ¸.♥➷•*¨)TE DESEO UN HERMOSO FIN DE SEMANA!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cristina! Fico feliz por saber que gostou do artigo! De fato, uma orquídea branca natural é belíssima! Muito obrigado pela visita e pela participação! Que lindos, desenho e poema, adorei!

      Um grande abraço e um ótimo final de semana!

      Excluir
  6. A orquídea é muito linda; parabéns! História incrível hein! Mas, acho que se conclui que sua coloração não é totalmente advinda de forças naturais, pois se assim fosse repetiria o êxito; penso, portanto, que é "artificial"! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalon, tudo bem? Pois é, infelizmente esta é artificial. Mas que bom que gostou! Muito obrigado pela sua visita e pelo comentário, sempre pertinente!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Oi Sergio,
    Concordo com você, muito linda, mas muito artificial a tonalidade azul, a lilás parece menos artificial. Dá a impressão que a tinta é aplicada com agulha, se for é muito grossa pois o buraquinho que fica na haste floral não é pequeno. Sergio vou deixar o endereço do produtor no Brasil, caso queira mais informações:
    Blue Mystique no Brasil é produzida pelo Sítio Kolibri.
    Fonte : sitiokolibri@sitiokolibri.com.br / www.sitiokolibri.com.br
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bete! É verdade, tem razão! Por ser mais suave, o tom lilás cai melhor nestas orquídeas. Bem interessante a sua observação quanto ao tamanho do buraco deixado pela agulha!

      Muito obrigado pela visita e pelas informações do produtor!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Vc tem mini phalaenopsis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Infelizmente, eu não tenho mini Phalaenopsis! Mas tenho vontade de comprar algumas, já que meu espaço é pequeno.

      Muito obrigado pela visita e um grande abraço!

      Excluir
  9. Sergio, eis-me aqui novamente para poder tecer umas palavras sobre esta bela orquídea...

    Sabe, eu não me importo se essa belíssima cor tenha sido mediante processos mais artificiais do que natural...
    É claro que sinto pela orquídea, que talvez possa sofrer um pouco pela manipulação até voltar ao branco original, decepcionando quem a adquiriu a princípio...

    Mas que eu a achei linda de morrer, ah, isso eu achei mesmo!! :))))
    Ainda mais na minha cor favorita de todos os tempos: o azul!
    Gosto da brancas, das púrpuras, das rosas, das abóboras, das vermelhas... mas as azuis dedico uma atenção especial pela rara e encantadora beleza!

    Valeu demais pela partilha!
    Um caloroso abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana! Imagine, você sempre tão atenciosa!

      É verdade, quando olhei esta orquídea, logo lembrei-me de você e da sua cor favorita. Pena que ela desaparece nas próximas florações. Mas também acho a flor muito bonita e decorativa.

      Que bom saber que gostou! Muito obrigado pela visita e pelos comentários, sempre inteligentes e pertinentes!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  10. Pois é,Sérgio, eu também já tinha sido avisada sobre esse "falso azul" destas orquídeas...Já as vi pessoalmente, e realmente são muito lindas, embora eu também não tenha tido interesse em adquiri-las,pois como você explicou, a tendência,com o tempo, é delas retornarem às florações brancas...Também sempre prefiro as flores mais naturais,embora não condene a "experiência",uma vez que ela não prejudique a saúde das plantinhas...Mas não sabia dessa existência do híbrido novo do Japão...Fiquei curiosa pra conhecê-lo...Deve ser muito bonito e diferente!
    Um grande abraço,meu amigo!!!
    Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teresa! Pois é, uma pena que muita gente ainda compre na ilusão de que a flor será sempre azul. Eu também confesso que a achei bonita, mas adoraria ver a orquídea azul japonesa ao vivo. Tomara que ela chegue por aqui em breve!

      Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  11. Ótimo post!
    Mas eu, particularmente, acho essas orquídeas horríveis....uma pena querer mascará-las.
    A natureza já dá seu espetáculo dia após dia...e essa invenção "humana", pra mim, não deu certo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eveline! Pois é, acho que você está com a maioria, dos que realmente não gostam do artificialismo desta orquídea! Mas que bom que gostou do post, muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  12. Achei linda a orquidea azul, e muito obrigada pela explicação, pois aconteceu o seguinte comigo.
    No ano passado (2012) veio uma feira de Holambra em minha cidade e como adoro orquideas, encontrei uma roxa linda, e comprei juntamente com outras mudas. No mês passado nasceu outra haste e florou, mas para minha surpresa a flor abril e era branca, inicialmente achei que estava equivocada quanto a sua cor, até que me lembrei de ter tirado algumas fotos dela na minha varanda, então procurei até encontrar e ela era roxa mesmo, fiquei sem entender até procurar a resposta na internet.
    Confesso que fiquei decepcionada em ter dado flores brancas, e não me informaram que ela era tingida e nas proximas florações suas flores seriam brancas. Provavelmente teria compro mesmo mas não ficaria tão espantada.
    Muito obrigada pelo post.

    Silvia Faria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Silvia, tudo bem? Poxa, que pena, sinto muito. Imagino a sua decepção. De fato, as empresas que vendem estas orquídeas devem informar o consumidor sobre a real procedência da coloração. Assim, evitariam estes desapontamentos.

      Que bom receber sua visita e ler seu relato. Muito obrigado pela participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  13. Vi esses dias e achei maravilhosa, pena que é muito caro e não deu pra comprar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Odair, que pena! De qualquer forma, hoje em dia tem tantas variedades de cores a preços razoáveis, acho que vale a pena investir nas naturais! Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  14. Sérgio:
    Parabéns, adorei seu blog. Tenho essa orquídea, quem vendeu me falou certinho, mas comprei oura de outra cor que acho que também e fabricada, pois apresenta exatamente as mesmas "veinhas" com a cor mais escura, não sou expert mas acho que assim podemos diferenciar uma natural de uma cor fabricada. Gostaria de sugerir dicas para essa diferenciação, e se saber quais são naturais com fotos. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Giselle, tudo bem? Que legal saber que está gostando do blog! De fato, você tem razão. Esses veios com cores diferentes (azul. verde, roxo) são a principal característica destas Phalaenopsis coloridas artificialmente. Gostei da sugestão, vou tentar escrever um post a respeito!

      Imagine, eu que agradeço pela visita e colaboração!

      Um grande abraço!

      Excluir
  15. Ola SERGIO obrigada pelas informações a respeito dessa plantinha linda apesar de colorida artificial e linda mas como sempre tem o mas melhor ficar sem e cuidar das originais acho que elas duram mais tempo
    obrigado pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Imagine, de nada! Eu que agradeço a você pela visita e pelo comentário, fico muito contente por saber que está gostando do blog! Acho que tem razão, as originais duram para sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  16. Olá, Sérgio! Hoje comprei uma linda phalaenopsis azul, e pesquisando agora, achei seu texto. Óbvio que frustra saber que não são naturalmente azuis, mas confesso que o encantamento é mais forte! Obrigada pelo texto!!! (a foto tá no meu IG @patnogueirama).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pat, tudo bem? Vi a sua Phalaenopsis azul, que linda! Parabéns, adorei. De fato, acho ainda mais interessante saber que ela foi produzida pelo homem, o efeito é surpreendente. Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  17. Aqui elas começaram a aparecer há pouco tempo...são lindas e ...falsas!! Que pena...ano orquídeas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Pois é, uma pena, mesmo! Que bom receber sua visita, muito obrigado pela participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  18. Ola Sergio,

    Comprei sementes desta orquidea, pois acho ela muito linda, e sou facinada por esse tipo de planta, porem tenho duvidas de como fazer com q as mesmas germinem, vc podeeria me ajudar. Amei seu post.
    Abraços.!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliane! Tudo bem? Que bom que gostou do post, muito obrigado pela visita!

      Infelizmente, deve ter havido algum engano quanto à compra destas sementes. Isso porque as sementes de orquídeas não são vendidas, por serem muito pequenas, microscópicas. Além disso, sua germinação é muito complicada longe da natureza, ocorrendo somente em laboratório.

      Também tem o fato desta orquídea ser originalmente branca. A cor azul é artificialmente introduzida. Seria interessante você confirmar estas informações com o vendedor. Espero que tudo se resolva!

      Muito obrigado pela mensagem, seja muito bem-vinda!

      Um grande abraço!

      Excluir
  19. moro em uma cidade do interior e as novidades demoram a chegar,gostei do post bem explicado e me interessei em saber a respeito da flor por que foi só esse ano que elas chegaram aqui, realmente gostaria que fossem verdadeiramente azuis são tão bonitas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luisa, tudo bem? Pois é, uma pena que não sejam naturalmente azuis. Na verdade, elas já estão no mercado há alguns anos. Espero que você encontre em sua cidade, em breve. Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  20. Boa noite Sergio !como cuidar dessa orquideas?meu marido me deu uma e 2 dias depois as flores começaram a cair.Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernanda, boa noite! Que pena! Mas talvez as flores tenham caído naturalmente, devido ao tempo que permaneceram floridas antes de chegarem até você. Elas duram bastante, cerca de 2 meses, mas uma hora murcham e caem.

      Ela gosta de locais sombreados, com luz indireta e boa ventilação. A rega só é feita quando o substrato secar.

      Um grande abraço!

      Excluir