Orquídea Epidendrum fulgens - Pássaro de fogo


Orquídea Epidendrum fulgens
Epidendrum fulgens

A família das orquídeas é tão grande, de uma diversidade tão fantástica, que abriga espécies como o Epidendrum fulgens, em quase todos os aspectos diferente da maioria dos seus parentes. Popularmente conhecido como orquídea da praia, este Epidendrum é típico da região costeira do sul e sudeste do Brasil.

O Epidendrum fulgens pode ser cultivado diretamente na terra, ao contrário das orquídeas epífitas, que vivem sobre as árvores. Trata-se de uma espécie bastante rústica e resistente, vegetando em solo arenoso, debaixo de sol pleno, em seu habitat natural. Esta orquídea tende a apresentar um crescimento exagerado, com hastes finas e elongadas, podendo ultrapassar dois metros de altura. Este fenômeno tende a se exacerbar em ambientes muito sombreados. Nesta situação, o Epidendrum fulgens dificilmente florescerá.

Esta belíssima orquídea é cultivada há muitos anos pelo casal Tomoko e Helio Simizu, que generosamente ofereceu-me uma muda como presente. A imponente touceira da planta mãe bate recordes de altura a cada ano e, repleta de hastes florais, foi inclusive utilizada como ornamentação de um casamento. O interessante é que a muda, por sua vez, também é uma grande touceira, com seis hastes, aparentando ser ainda maior aqui na sacada do apartamento. Apesar disso, adaptou-se perfeitamente e está linda.


Orquídea Epidendrum fulgens
Epidendrum fulgens

Existe um clone famoso de uma orquídea híbrida, do gênero Dendrobium, chamado 'Firebird', pássaro de fogo. Ao ver as flores deste Epidendrum bem de perto, logo lembrei-me deste nome, que seria tão apropriado neste caso. Além da beleza de cada flor, o conjunto é bastante chamativo e simétrico. Ainda há mais botões para abrir. Oportunamente, mostro uma atualização da floração.

O cultivo desta orquídea é bastante facilitado pelo fato de poder ser feito diretamente na terra, sob sol direto, como uma planta de jardim. Além disso, apresenta um crescimento vigoroso e florações abundantes. Há muito tempo, já havia cogitado cultivar uma orquídea indestrutível. Hoje, graças a este belo presente, ela mora aqui em casa.

18 comentários:

  1. Simplesmente espetacular!!!! Parabéns pelo presente! Que bom ela ter se adaptado no lugar que vc elegeu pra ela, quando elas "aprovam" o ambiente o resultado é o sucesso. Um abraço e uma ótima semana pra vc
    Cantinho da Galega

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, tem toda razão! Agora, para mim é uma dupla responsabilidade cuidar dela.

      É sempre um prazer e uma alegria receber sua visita aqui. Muito obrigado! Um grande abraço e uma ótima semana para você também!

      Excluir
  2. Oi Sergio. Realmente esta pequena é fantástica. Tenho um belo vaso ainda na casa de minha mãe com exatamente a cor da sua. Além desta, há outro vaso com uma que talvez você se interesse, já que gostou da espécie: um rosado muito forte que dependendo de como se olha chega a parecer roxo. Se quiser posso providenciar uma muda para você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luis Renato, que legal! Imagino que seus Epidendrum estejam lindos. Esta cor rosada, quase roxa, eu nunca vi. Deve ser fantástico.

      Poxa, eu te agradeço muito pela generosa oferta. Infelizmente, no momento, eu não poderia aceitá-la, por falta de espaço. Mas espero poder ajeitar melhor as coisas por aqui. Aí sim, poderíamos trocar umas mudas. Muito obrigado!

      Um grande abraço e parabéns pelo blog, tenho acompanhado sempre com muito interesse.

      Excluir
  3. Thank you for featuring this beauty, what a special orchid!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi! I'm happy to know you like this orchid! Thank you so much for visiting this blog! All the best!

      Excluir
  4. Sergio, tudo bem?
    Caramba, hoje a sua orquídea superou todas as minhas expectativas!
    Inclusive compartilhei seu post no face para que todos conheçam essa maravilha da natureza! Até chamei-a de colosso: um verdadeiro pássaro de fogo de tão bela e exuberante!
    Estou boquiaberta com tanta beleza! Pois ela tem um quê de selvagem, de esplendor diferente das demais espécies de orquídeas que são delicadas. Essa é a flor de orquídea mais bela que já presenciei!! :)

    Parabéns amigo! Uma semana maravilhosa para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriana, tudo bem? Que legal ler sua mensagem, adorei! Fico feliz em saber que gostou desta orquídea. Ela é bastante comum, talvez você fique desapontada se a vir pessoalmente. Confesso que a foto faz um pouco de mágica neste sentido.

      Mas muito obrigado por compartilhar e comentar! Sou sempre grato por todo o seu apoio e carinho. Um grande abraço e uma ótima semana para você também!

      Excluir
  5. Tenho uma dessas, as flores são lindinhas demais, e o tempo que duram?? mais de mês...

    Adorei seu blog/site... eu sou completamente apaixonado por orquídeas, e por qualquer outro tipo de planta... Infelizmente não tenho o espaço que preciso, por morar em apartamento, mas eu acredito que ainda vou ter meu cantinho para minhas filhas, hehe... por aqui sempre a partir de hoje

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denis!

      Tudo bem? Pois é, acho esta orquídea fantástica! Está sempre florida, dá várias mudas e é bastante resistente.

      Fico muito contente por saber que está gostando do blog. Sinta-se em casa! Eu também sonho com o dia em que terei espaço para cultivar todas as orquídeas que desejo. Faço votos para que isso se torne realidade para você!

      Muito obrigado pela visita e pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Oi Sérgio!
    Tudo Bem? Então, tenho uma orquídea Dendrobium, acho que é essa em comento, pois quando a comprei, o vendedor só sabia dizer que era dendrobium. Pois bem, coloquei-a inicialmente em uma árvore de meu quintal, mas ela não se adaptou, embora eu a molhasse todos os dias. Dessa forma, retirei-a da árvore e a coloquei em substrato comprado pronto para orquídeas, e, qual não foi minha surpresa ao ler em seu blog que ela é terrestre. O que faço? Coloco ela no vaso com terra comum ou deixo onde está? Grata pela atenção, Eliana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliana, tudo bem? Então, na verdade, a orquídea deste artigo acima é um Epidendrum, que é terrestre. A sua, Dendrobium, é epífita e vive sobre as árvores, podendo ser cultivada em substrato para orquídeas. Portanto, acho que pode deixá-la onde está! Boa sorte!

      Muito obrigado pela visita e um grande abraço!

      Excluir
  7. Menino, apaixonei na sua orquídea, maravilhosa mesmo! Se resolver doar ou vender muda, lembre-se de mim.
    Grata

    Maria Clélia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Clélia, tudo bem? Que bom saber que gostou desta orquídea! De fato, ela cresce bastante e costuma dar muitas mudas. Vou me lembrar, sim! Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
    2. Amo elas. Tbm coloco nas árvores É nas bandejas.

      Excluir
    3. Que lega, Maria! Muito obrigado por comentar!

      Excluir
  8. Essa orquídea é excelente para o clima aqui do Ceará.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kleberson, é verdade! Muito obrigado pela visita e pela participação!

      Um grande abraço!

      Excluir