PUBLICIDADE

Guia completo para cuidar de plantas dentro de casas e apartamentos

Sergio Oyama Junior
PUBLICIDADE
LINKS PARCEIROS
Multiplicando SuculentasEspécies de Suculentas

Orquídeas no Apê

Orquídea Sobralia


Orquídea Sobralia
Sobralia

Ao nos depararmos com as flores da orquídea Sobralia, é provável que sejamos acometidos por um sentimento de déjà vu. Afinal, suas grandes e vistosas pétalas e sépalas, adornadas por um ainda mais exuberante labelo colorido, costumam nos remeter à aparência das clássicas orquídeas epífitas do gênero Cattleya, particularmente dos híbridos mais repolhudos. No entanto, a Sobralia é uma típica orquídea terrestre, frequentemente utilizada no paisagismo de áreas externas, podendo ser facilmente confundida com uma planta comum de jardim, quando não está florida.

Ainda que seu uso seja mais frequente em canteiros e jardins, nada impede que cultivemos esta orquídea dentro de nossas casas e apartamentos, desde que disponhamos de uma janela que receba bastante luminosidade, com algumas horas de sol direto por dia. Aqui no meu condomínio, uma moradora cultivou uma enorme touceira da orquídea Sobralia durante anos, na varanda de seu apartamento face oeste. Apenas quando a planta se tornou grande demais para o espaço disponível, esta senhora doou a orquídea para a administração do prédio, que a integrou ao paisagismo da entrada do condomínio.

PUBLICIDADE
Curso Online

A partir de então, esta Sobralia só aumentou de tamanho, presenteando os moradores com belíssimas florações, todos os anos. Muitos passam por ela sem se darem conta do fato de se tratar de uma orquídea. Apenas não a fotografei, até hoje, porque as flores deste exemplar, em particular, possuem o péssimo hábito de desabrocharem meio desmaiadas, com a sépala dorsal totalmente caída para trás. Por este motivo, o conjunto não fica lá muito fotogênico. Um outro problema é que as florações da Sobralia são bastante efêmeras, durando poucos dias. Ainda assim, a história desta planta é inspiradora e eu não poderia deixar de trazê-la para o blog.

Em artigos anteriores, já foram apresentadas outras orquídeas que podem ser plantadas diretamente na terra, em quintais, jardins e, até mesmo, canteiros nas calçadas. São plantas que toleram o sol pleno, tais como a famosa orquídea bambu, Arundina graminifolia, a orquídea da praia, Epidendrum fulgens, e a orquídea grapete, Spathoglottis unguiculata. Ainda assim, tive a oportunidade de cultivá-las aqui no apartamento, em uma sacada face oeste, com algum grau de sucesso. O principal empecilho, para quem dispõe de pouco espaço, é o tamanho avantajado que estas orquídeas podem adquirir, tanto vertical quanto horizontalmente. Chega um momento em que o melhor a fazer é transferir a orquídea para um local mais espaçoso, preferencialmente plantando-a diretamente no solo.

A orquídea Sobralia foi assim batizada em homenagem ao médico e botânico espanhol Francisco Martin Sobral. Trata-se de um gênero cuja ocorrência natural restringe-se ao continente americano, primordialmente a América tropical. Várias espécies são nativas do território brasileiro, embora a maioria seja originária da Colômbia. Grande parte dos exemplares que encontramos em cultivo, nos dias de hoje, é composta por híbridos entre as diversas espécies existentes de Sobralia.

PUBLICIDADE

Por esta razão, é comum encontrarmos exemplares da orquídea Sobralia nas mais diferentes colorações. Um padrão bastante comum é o apresentado na foto que ilustra este artigo. Trata-se de um híbrido semi-albo, que apresenta as pétalas e sépalas brancas, com o labelo mais pronunciado, em tons de púrpura e rosado. Talvez por ser considerada uma planta mais comum, de jardim, as espécies da orquídea Sobralia não costumam ser colecionadas pelos orquidófilos. Ainda assim, seus híbridos estão por toda a parte, graças à sua resistência e facilidade de cultivo.

Embora cada flor da orquídea Sobralia dure pouco tempo, em alguns casos, apenas algumas horas, o período de floração pode se estender por vários dias. Ainda que a planta possa florescer ao longo de todo o ano, o ápice de floração ocorre durante os meses mais quentes, durante a primavera e verão. Mesmo que não floresça, uma touceira de Sobralia é sempre um espetáculo de beleza, graças à sua folhagem densa e ornamental.

O cultivo da orquídea Sobralia é bastante tranquilo. Trata-se de uma planta rústica e resistente, que pode até mesmo tolerar o excesso de regas, ao contrário da maioria das suas primas epífitas. Esta planta terrestre aprecia um solo rico em matéria orgânica e que seja bem drenável. A Sobralia pode ser cultivada em vasos ou plantada diretamente no solo. No entanto, é sempre bom ter em mente que esta orquídea não gosta de ter seu sistema radicular perturbado, com muita frequência. Sempre que for necessário um replante, com danificação das raízes, a planta irá sentir.

LINKS PARCEIROS
Como Cuidar de OrquídeasEspécies de Suculentas

Como se trata de uma orquídea que pode formar grandes touceiras, requerendo grandes volumes de terra, o ideal é que a mesma seja cultivada em vasos de plástico, principalmente quando o mesmo estiver localizado em uma sacada ou cobertura. Outros materiais podem ser demasiadamente pesados para a estrutura do edifício. Hoje em dia, existem vasos feitos com substâncias de alta tecnologia, de modo a mimetizar outros elementos, como cimento, granito ou cerâmica, tornando-se bastante decorativos, ao mesmo tempo em que não ficam muito pesados.

Ainda que muitos cultivem a Sobralia sob sol pleno, esta orquídea pode tolerar uma localidade mais sombreada, desde que receba bastante luminosidade indireta. Neste caso, as florações poderão ser menos abundantes. A condição de luz ideal é a mesma requerida por outra famosa orquídea terrestre, o Cymbidium.

PUBLICIDADE

A adubação requerida pela orquídea Sobralia não precisa ser muito elaborada, uma vez que o substrato já é composto por bastante material orgânico. Esterco curtido ou húmus de minhoca podem ser adicionados à mistura, para suprirem a planta com nutrientes. Caso a intenção seja estimular a floração, pode-se recorrer a uma formulação mais rica em fósforo, a letra P do NPK. Eu costumo alternar fórmulas de manutenção, com níveis equilibrados destes macronutrientes, com adubos para floração, semanalmente, ao longo de todo o ano. Para evitar um acúmulo de sais minerais no solo, convém utilizar metade da dose recomendada pelo fabricante.

No mais, a Sobralia é uma orquídea generosa, que cresce rapidamente e floresce em abundância, desde que suas raízes tenham bastante espaço para seu desenvolvimento. Seja em canteiros nos quintais ou jardins, seja em coberturas ou varandas de apartamentos, esta orquídea terrestre requer muito pouca manutenção, além de apresentar uma folhagem bastante ornamental, que traz frescor e vivacidade a qualquer ambiente, mesmo quando não está florida. Fã que sou das orquídeas de chão, não abro mão de uma bela touceira de Sobralia na coleção.

PUBLICIDADE
Curso Online




Compartilhe com quem ama plantas: