Guia completo para cuidar de plantas dentro de casas e apartamentos

Sergio Oyama Junior

Dinheiro em Penca - Callisia repens


Callisia repens
Callisia repens

Eu adoro plantas que transmitem coisas positivas, nem que seja apenas através de seus apelidos. Afinal, quem não quer dinheiro em penca? O outro nome popular desta planta, tostão, é mais modesto. Trata-se da espécie botânica Callisia repens, bastante utilizada no paisagismo, tanto em áreas externas, em jardins, como na decoração de interiores, onde costuma formar belas cascatas verdes, em vasos suspensos. Apesar de ser conhecida por atrair dinheiro, esta planta também tem a capacidade de se multiplicar alucinadamente, tornando-se invasiva, em alguns locais.



Diz a tradição que, se uma pessoa for presenteada com um vasinho de dinheiro em penca, terá prosperidade em sua casa. É o mesmo princípio atribuído à árvore da felicidade, Polyscias guilfoylei, por exemplo. Outras plantas popularmente associadas aos bons presságios, como sorte, felicidade e abundância, são a flor da fortuna, Kalanchoe blossfeldiana, e planta jade, Crassula ovata, que é conhecida como planta do dinheiro ou árvore da amizade. Por fim, existe ainda uma outra espécie botânica que pode receber o apelido dinheiro em penca, a Pilea nummuliifolia (folhas em forma de moeda, dinheiro, nummularia, em latim, mesmo prefixo utilizado em numismática). Já o nome da espécie, Callisia repens, faz referência ao hábito reptante da planta dinheiro em penca.

Ainda que eu nunca tenha visto alguém ficar rico cultivando tostão, esta é uma planta perfeita para quem não dispõe de um quintal ou jardim. A Callisia repens aprecia locais mais sombreados, podendo sofrer queimaduras em sua folhagem, caso seja mantida sob sol pleno.

Não por acaso, a planta dinheiro em penca faz parte da família Commelinaceae, conhecida por suas representantes frequentemente utilizadas na decoração de interiores, tais como a planta véu de noiva, Gibasis pellucida, o lambari roxo, Tradescantia zebrina, o abacaxi roxo, Tradescantia spathacea, a trapoeraba roxa, Tradescantia pallida purpurea, e a Tradescantia sillamontana, entre outras.


Embora não seja conhecida como tal, a planta dinheiro em penca pode ser considerada uma espécie de suculenta. O mesmo acontece com algumas de suas parentes, como a Tradescantia sillamontana, por exemplo. No exterior, a Callisia repens recebe uma série de nomes curiosos, tais como turtle vine, creeping inch plant ou bolivian jew, sabe-se lá por quais razões. Ao menos este último apelido, judeu boliviano, pode ser justificado pelo fato de o tostão ser uma planta originária da América do Sul. Além disso, outra planta da mesma família do dinheiro em penca, Tradescantia zebrina, costuma ser chamada de wandering jew, judeu errante.

Por apresentar um porte herbáceo, de desenvolvimento rasteiro, o dinheiro em penca costuma ser utilizado como forração, tanto no jardim como em vasos. Sob estas condições de cultivo, o tostão não fica muito alto, assumindo o aspecto de um denso tapete verde. Por outro lado, quando plantada em vasos, a Callisia repens pode assumir um belo aspecto pendente. Para que a touceira fique compacta, é importante que o dinheiro em penca receba uma boa luminosidade indireta. Caso seja mantida em um ambiente muito sombreado, a planta pode ficar estiolada, apresentando caules finos e compridos, com a folhagem mais rala e espaçada.

Ainda que possa florescer, mesmo quando cultivado dentro de casas e apartamentos, o tostão não é conhecido pela beleza de suas flores. Elas são bem discretas, pequenas, na coloração branca. Olhando bem atentamente, a flor do dinheiro em penca assemelha-se bastante ao padrão observado nas outras espécies da família, como as Tradescantias, conhecidas por suas flores solitárias, com as três pétalas características.


Já a folhagem do dinheiro em penca é seu ponto forte. Quando cultivada sob níveis adequados de luminosidade, a Callisia repens apresenta folhas bicolores, com a superfície verde e o verso arroxeado. Em localidades de climas mais frios, e durante os meses de outono e inverno, esta característica se torna mais acentuada.

Após um certo tempo de cultivo, principalmente em vasos suspensos, é comum que o tostão vá perdendo a beleza de sua folhagem, que se torna mais rala, à medida que os caules vão se elongando. Neste momento, pode-se realizar uma poda mais drástica, reduzindo-se bastante o volume da touceira original. Com o tempo, novas brotações surgirão, e a planta irá recuperar seu aspecto denso e volumoso.

As estacas resultantes das podas podem ser aproveitadas para se realizar a multiplicação do dinheiro em penca. Afinal, quanto mais, melhor! Esta é uma planta que se propaga com facilidade, bastando colocar os ramos no solo, afundando levemente. Em pouco tempo, eles irão produzir raízes e uma nova planta estará formada.

O solo ideal para o cultivo do tostão é aquele mais rico em matéria orgânica. Pode-se utilizar aquele substrato convencional, próprio para a jardinagem amadora, enriquecido com algum composto orgânico, como húmus de minhoca ou esterco curtido. Desta forma, não há a necessidade de uma adubação complementar, do tipo NPK, visto que o dinheiro em penca produz florações de pouca importância ornamental. Caso o cultivador faça questão, pode utilizar uma fórmula básica, de manutenção, destinada ao cultivo de folhagens ornamentais, de um modo geral.


As regas do dinheiro em penca precisam ser regulares, de modo que o solo fique sempre levemente úmido, não encharcado. Devido à natureza suculenta das suas folhas, a planta tostão pode tolerar um espaçamento maior entre as regas. De qualquer modo, é sempre bom evitar o uso do pratinho sob o vaso, que pode favorecer o apodrecimento das raízes, por excesso de umidade.

Por fim, como a Callisia repens é uma espécie originária de regiões que apresentam um clima tropical, é importante que ela não seja submetida a temperaturas muito baixas. De modo geral, o dinheiro em penca não tolera as geadas e nem o pisoteio, caso seja utilizado como forração. Quando cultivado dentro de casas e apartamentos, o tostão costuma se ressentir em ambientes com ar condicionado.

Apesar de o dinheiro em penca ser uma planta belíssima, de crescimento vigoroso e de muito fácil cultivo, é importante escolher o local do plantio com cuidado. Como mencionado na introdução, a planta tostão pode se desenvolver muito rapidamente, alastrando-se de uma forma que pode ser difícil de controlar. Costuma-se designar este tipo de planta como uma espécie de comportamento invasivo. O ideal é cultivarmos a Callisia repens dentro de vasos ou jardineiras, para evitarmos que, ao invés de dinheiro em penca, tenhamos tostões, literalmente, brotando do chão, por todos os lados.