Espata - A estrutura mais geniosa de uma orquídea


Espata da mini-orquídea Potinara Love Dressy 'Apple Pie'
Potinara Love Dressy 'Apple Pie'

Quando chega o momento de uma orquídea Phalaenopsis florescer, ela simplesmente emite uma haste, desenvolve botões florais e os mesmos se abrem, no momento oportuno. No caso das orquídeas do gênero Cattleya e suas parentes próximas, Brassavola, Laelia e Sophronitis, a coisa é um pouco mais complicada. Para nós, que assistimos ao processo, não para elas, que o desempenham.

Tudo isso porque a floração destas orquídeas pode envolver a participação de uma estrutura bastante temperamental, a espata. Ela funciona como um invólucro que protege os botões durante o seu desenvolvimento, conforme mostrado na foto acima. No entanto, a sua aparição não é garantia de flores. Já vi orquídeas cujas espatas nasceram, cresceram e secaram, sem jamais dar qualquer sinal de floração. Por outro lado, algumas orquídeas são conhecidas por emitir os botões florais a partir de espatas secas e desacreditadas. Portanto, a regra é nunca cortá-las.

Por fim, ainda existem orquídeas que florescem do nada, sem o aviso prévio da espata. No momento, estou com um caso desses, uma Laeliocattleya Mini Purple. A Potinara Love Dressy da foto, resultante dos cruzamentos entre BrassavolaLaeliaCattleya e Sophronitis, seguiu o procedimento padrão. Primeiro emitiu uma espata, que em seguida começou a se inflar e logo encheu-se de pequenos botões. Eu, muito afoito, já tirei uma foto, no melhor estilo ultrassom.

30 comentários:

  1. É menino ou menina?

    Espatas são fantásticas. Simbolizam uma gravidez em que antes do fruto temos ainda a beleza da flor.

    Por isto que este hobby é fantástico!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luis! Sabe que este ultrassom foi tão avacalhado que eu nem consegui saber quantos são exatamente. O sexo, então, nem pensar!

      Concordo plenamente, é uma bela simbologia. Mal vejo a hora dos botões surgirem.

      Muito obrigado pela visita e apoio! Um grande abraço!

      Excluir
  2. oi Sergio, vc apareceu na hora certa, resolvendo minha dúvida sobre o botão da orquídea, agora é só esperar pra ver o temperamento dela, rs. Não conhecia a espata!!!
    Não sou entendedora do assunto, mas já te linkei agora e quem sabe vou aprendendo contigo. Estou curiosa também pra ver florescer sua orquídea misteriosa!

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Maria, que bom saber! Vamos torcer para que a espata da sua Cattleya fique repleta de botões!

      Muito obrigado pelo link, valeu mesmo pelo apoio. O Jeito de Casa também tem um link aqui no blog, na seção Vizinhos!

      Prometo que trago novidades da orquídea misteriosa em breve! Muito obrigado pela visita, um grande abraço!

      Excluir
  3. OLá,Sérgio!
    Ah,como a natureza é maravilhosa,misteriosa e tantas vezes imprevisível! Realmente a "espata" nos traz a idéia de uma "gravidez" da planta,e isso pra mim é puro encantamento! Mas é como você tão bem descreveu, nada é tão previsivel no reino vegetal, e nada nos é garantido...Mas acho que aí reside parte da nossa paixão por essas plantas espetaculares que são as orquídeas!
    E a foto desta querida "gravidez" ficou ótima!
    Boa sorte com sua linda "Potinara" e que venham belas flores!
    Abraço grande!!!!
    Teresa
    ("Se essa lua fosse minha")

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Teresa! Lendo seus posts e suas mensagens, fico sempre impressionado com o seu texto, muito bem escrito. Parabéns!

      Que bom que gostou da foto! Muito obrigado pela sua visita e pela torcida. Assim que tiver novidades desta Potinara, mostro aqui.

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  4. LInda espata , está parecendo ter no mínimo 3 botões. Parabéns pela foto, fica linda foto da espata cheia.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bete, tomara que sim! De fato, esta é a fase que eu mais curto. Fico contente que tenha gostado da foto, muito obrigado pelo apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Que beleza de foto! E vem coisa linda por aí! É Sergio, elas seguem o próprio tempo e a nós, só resta esperar rsrss Então...boa espera! Com certeza será uma linda florada! Abraços!!!
    Cantinho da Galega

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, que bom que gostou! Tomara que sim, mal posso esperar! Fico muito contente em receber a sua visita e apoio, sempre! Muito obrigado por tudo! Um grande abraço!

      Excluir
  6. Olá Sergio,
    te vi no face da Dani Santos, minha amiga de blog a algum tempo.
    Então vi que vc gosta de orquídeas , daí fiquei curiosa e vim te visitar. Também sou bióloga de profissão, mas arteira de coração e amante das plantas. No momento estou começando uma coleção de Bonsais, vou ver se consigo prosperar.
    Meu blog é de decoração e artesanatos em geral.Mas se quiser conhecer será um prazer.
    Um abraço!
    Simone
    http://www.rosaserendas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Simone! Que legal saber que também é bióloga. Sou apaixonado por bonsais, torço para que sua coleção prospere. Adorei conhecer o seu blog, já estou seguindo. Parabéns! Muito obrigado pela visita e apoio! Um grande abraço!

      Excluir
  7. Oi Sérgio,

    Essa imagem da espata com os botõezinhos aparecendo representa tanta coisa! A gravidez certamente é a mais emblemática e forte. Mas no que diz respeito à orquidofilia propriamente dita, acredito que represente o resultado bem sucedido de um ciclo de um ano que a planta e seu cultivador desempenharam! Essas pequenas (e muito grandes) alegrias é que nos fazem "orquidófilos"!!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi André, é verdade! Belas e sábias palavras, concordo plenamente. Neste caso em particular, comprei a planta recentemente. Ainda assim, foi bastante gratificante observar a chegada destes botões. Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Espatas representam "quase" uma gravidez...Toda vez que uma planta emite uma fico na maior ansiedade...Tive plantas que algumas vezes lançaram espatas que secaram e nunca floriram....
    Essa mesma planta lançou em outra época flores sem apresentar espatas...simplesmente flores que apareceram sem avisar...rs

    E de outra vez uma bela espata que depois deu origem a lindas flores!
    Enfim,elas serão para nós sempre uma surpresa!

    Adorei o tema do seu post!
    Abs
    Suely

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suely, tudo bem? Que bom vê-la por aqui! De fato, essas espatas são imprevisíveis. Mas quando tudo dá certo, é um período de bastante expectativa e alegria. Fico feliz que tenha gostado do post, muito obrigado pela visita e pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  9. Sergio, li essa postagem somente hoje, mas parece que isso foi "programado". Estou com uma bela espata aqui. Sabe qual? A LC Tropical Pointer Cheetah, é a primeira floração. Não vejo a hora...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Meire, que legal! Uma bela coincidência, sem dúvida! Esta orquídea é belíssima, sou apaixonado. Parabéns pela espata e boa sorte na floração! Também fiquei ansioso para ver as flores. Muito obrigado pela visita! Abraços!

      Excluir
  10. Incrível que eu não tenha comentado: essa foto, essa postagem, esse feito incrível da natureza! 'Abraço saudoso'!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalon! Que bom saber que gostou desta postagem! Sou sempre muito grato pela sua visita e interesse. Muito obrigado pela força!

      Um grande abraço!

      Excluir
    2. Sergio. Você trata as orquídeas com um olhar de artista. Para você elas não são flores apenas. São obras de arte.
      Estou tendo um problema com minhas cattleyas. Em muitas delas as espatas ficam secas. Na verdade, a maioria delas.
      São todas bem tratadas, mas devo estar cometendo algum erro.
      Isto é normal ?
      Obrigado
      Antonio

      Excluir
    3. Oi, Antonio, tudo bem? Imagine, muita bondade sua. Fico feliz, muito obrigado pelo seu comentário!

      Quanto às suas orquídeas, acho que não precisa se preocupar. Existem espécies de Cattleya, bem como alguns híbridos, que florescem a partir de espatas secas. A dica é nunca cortá-las, porque podem surpreender. Às vezes, a planta não amadureceu o suficiente para florescer.

      Torço para que suas espatas produzam botões, em breve!

      Um grande abraço!

      Excluir
  11. Olá Sergio! Estou com uma Schilleriana com espata! Ela era uma muda é o primeiro bulbo em que a espata apareceu! Você possui alguma C. Schilleriana? Quanto tempo leva para início dos botões florais?
    Estou muito ansiosa!
    Tenho outras Cattleyas, mas todas tem tempos diferentes e como é minha primeira Schilleriana fiquei na dúvida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patricia, tudo bem? Poxa, infelizmente, não tenho esta orquídea. Também fico contando os dias para os botões surgirem. Espero que os seus apareçam logo. Parabéns!

      Um grande abraço!

      Excluir
  12. Oi Sérgio, minha dúvida é a seguinte, estou com uma planta com uma espata, ai meu coração, devo aduba-la ou não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Eliane, tudo bem? Sim, nesta fase você pode continuar adubando normalmente. Apenas quando ela já estiver florida, a adubação é opcional. Uns dizem não ser necessária, mas eu continuo adubando, com todas as outras.

      Um grande abraço!

      Excluir
    2. Oi, Sérgio, tudo bem sim, espero que com você também, muitíssimo obrigada por me ajudar com minha dúvida, fiquei sua fã desde que vi uma matéria com você na revista Natureza.

      Excluir
    3. Que bom saber disso, Eliane! Fico contente, muito obrigado pelo carinho e apoio!

      Excluir
  13. apreendi hoje o que um espata.obrigado! acho que esta crescendo uma na minha Cattleya.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Kleberson? Que legal, fico feliz por saber disso! Parabéns, tomara que venham flores em breve! Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir