Guia completo para cuidar de plantas dentro de casas e apartamentos

Sergio Oyama Junior

Suculenta Graptosedum 'Bronze'


Suculenta Graptosedum 'Bronze'
Graptosedum 'Bronze'

Esta é a típica planta suculenta que está por toda parte, mas nunca sabemos seu nome correto. Por se tratar de um híbrido, existe muita confusão a respeito da nomenclatura desta suculenta. O Graptosedum 'Bronze' é uma espécie de camaleão do reino vegetal, uma vez que pode apresentar diversas colorações, dependendo da luminosidade no local onde é cultivado. Em meio a esta variabilidade, a tonalidade clássica que lhe confere o nome é esta mais avermelhada, literalmente bronzeada. Trata-se de uma suculenta de crescimento rápido e fácil cultivo.



Apesar de bastante ornamental, a cor vermelha do Graptosedum 'Bronze' é um indicador de que a suculenta está estressada, no jargão utilizado pelos cultivadores. Em resposta aos níveis intensos de radiação solar, a planta produz mais pigmentos avermelhados, como uma forma de proteção. Sob condições mais amenas de luminosidade, é comum encontrarmos exemplares de Graptosedum 'Bronze' em colorações mais claras, tendendo ao acinzentado. Já em ambientes mais sombreados, no interior de casas e apartamentos, esta suculenta costuma adquirir cores entre o cinza e o esverdeado, uma vez que necessita de mais clorofila, para a realização da fotossíntese.

Neste sentido, esta é uma planta ideal para ser cultivada em ambientes internos, uma vez que não fica muito estiolada, mesmo quando a luminosidade é mais difusa, indireta. O estiolamento costuma acometer as suculentas do gênero Echeveria, popularmente conhecidas como rosas de pedra. Trata-se de um processo em que os tecidos vegetais da planta crescem de modo acelerado, em busca de mais luz, tornando-se finos e compridos.

A suculenta Graptosedum 'Bronze' é um híbrido intergenérico, o que significa que a planta é fruto do cruzamento entre espécies pertencentes a gêneros botânicos diferentes. Neste caso, os progenitores são o Graptopetalum paraguayense, também bastante comum nas coleções, cujo apelido mais famoso é planta fantasma, e o Sedum stahlii. Ambas são suculentas originárias do México. Aqui no blog, já apresentamos outro híbrido intergenérico, Graptoveria 'Fantome', que descende do Graptopetalum paraguayense e da Echeveria elegans.

Também é possível, principalmente no exterior, encontrarmos o Graptosedum 'Bronze' sendo comercializado como Graptosedum 'Vera Higgins' ou Graptosedum 'Alphen Glow', nomenclaturas consideradas sinonímias do primeiro termo.


Uma característica interessante do Graptosedum 'Bronze', herdada do Graptopetalum paraguayense, está no aspecto pendente que esta suculenta vai adquirindo, com o passar do tempo. À medida que o caule cresce, as folhas mais próximas à base vão secando e caindo. Como apresenta um rápido desenvolvimento, em pouco tempo a planta começa a tombar sobre as bordas do vaso, ficando suspensa. Neste sentido, o interessante é formar touceiras volumosas de Graptosedum 'Bronze', em vasos suspensos, que irão adquirir um ornamental efeito em cascata, quando as plantas ficarem maduras.

O Graptosedum 'Bronze' é uma suculenta bastante versátil, tolerando diferentes níveis de luminosidade. Ela pode ser cultivada sob sol pleno, em áreas externas, ou dentro de casas e apartamentos, desde que próxima a uma janela com boa luminosidade. Convém, no entanto, sempre proteger esta suculenta dos raios solares incidentes nas horas mais quentes do dia, principalmente durante o verão. Também é aconselhável que uma planta cultivada na sombra não seja exposta ao sol direto, de forma abrupta. O ideal é fazer a transição de forma gradual, para que as folhas do Graptosedum 'Bronze' não sofram queimaduras.

O vaso para o cultivo do Graptosedum 'Bronze pode ser de plástico ou de barro, sem maiores problemas. No entanto, é importante que ele seja montado da forma correta, com furos no fundo e uma camada de drenagem, que pode ser construída com cacos de telha, argila expandida ou brita. Uma manta geotêxtil, posicionada por cima deste material, ajudará a reter o solo. Há cultivadores que reutilizam o filtro de café, com esta finalidade.


O solo ideal para plantar o Graptosedum 'Bronze' é aquele mais arenoso, similar ao encontrado nos ambientes áridos, característicos do habitat de origem das espécies ancestrais deste híbrido. Existem substratos próprios para o cultivo de cactos e suculentas, à venda em lojas especializadas e garden centers. Caso prefira, o cultivador pode preparar uma versão caseira, simplesmente misturando terra vegetal e areia grossa, em partes iguais. É importante que esta areia seja de construção, já que a areia da praia apresenta altos níveis de salinidade, que são prejudiciais às raízes das plantas.

Embora haja quem recomende a adição de matéria orgânica ao solo para o cultivo de suculentas, no caso do Graptosedum 'Bronze', que descende de espécies adaptadas a ambientes secos e solos pobres em nutrientes, este procedimento não é necessário. Além disso, caso a suculenta seja cultivada dentro de casas e apartamentos, é sempre bom evitar o uso de compostos orgânicos, devido à sua propriedade de atrair insetos e exalar odores desagradáveis, dependendo do material.

As regas do Graptosedum 'Bronze' seguem o padrão geral recomendado para o cultivo de suculentas, de maneira geral. Independentemente do número de vezes por semana, o importante é sempre aguardar que o solo seque completamente, antes de realizar uma nova irrigação. Basta colocar o dedo na terra, afundando levemente. Se estiver úmida, posterga-se a rega para um outro dia. O peso do vaso também dá pistas sobre o nível de umidade do substrato. Quanto mais leve estiver, mais seco estará o material em seu interior.


Embora o Graptosedum 'Bronze' possa florescer, este não costuma ser o principal objetivo dos cultivadores, mais interessados no aspecto ornamental de suas folhas suculentas. A floração desta suculenta é discreta, com pequenas flores amareladas em forma de estrela. Sendo assim, não há a necessidade de uma adubação mais elaborada, no cultivo desta planta. Qualquer formulação destinada à manutenção de cactos e suculentas, com níveis equilibrados de NPK, é suficiente para o bom desenvolvimento desta planta.

A multiplicação do Graptosedum 'Bronze' é bastante tranquila, através de podas radicais das rosetas superiores, popularmente conhecidas como decapitações de suculentas. A parte seccionada irá gerar uma nova planta, ao mesmo tempo em que o caule remanescente poderá produzir várias novas mudas. Outra forma de propagação desta suculenta, mais demorada, é através de suas folhas. Basta destacar algumas folhas saudáveis, na parte inferior da planta mãe, e colocá-las em um berçário de suculentas. No caso do Graptosedum 'Bronze', as folhas enraízam com facilidade, gerando novos brotos a partir de suas extremidades. No entanto, este é um processo mais demorado, podendo levar alguns anos até que estas plântulas se tornem adultas.

Com suas rosetas de pequeno porte, compactas e de colorido variado, o Graptosedum 'Bronze' é ideal para quem está começando a cultivar suculentas. Trata-se de uma planta resistente, que exige pouca manutenção e é bastante ornamental. Foi uma das minhas primeiras suculentas, que mantenho até hoje.