Guia completo para cuidar de plantas dentro de casas e apartamentos

Sergio Oyama Junior

Maranta Tricolor - Stromanthe thalia 'Triostar'


Stromanthe thalia 'Triostar'
Stromanthe thalia 'Triostar'

Dentre todas as folhagens que cultivo aqui no apartamento, esta maranta tricolor é, sem sombra de dúvidas, a mais espetacularmente colorida. Não há uma folha igual à outra, parecem ter sido todas pintadas à mão, individualmente. Uma característica pela qual sou particularmente apaixonado é a coloração do verso das folhas, em uma tonalidade intensa de vermelho, totalmente diferente do anverso, que apresenta uma bela variegação em tons de creme, verde e rosado. Outro ponto de destaque fica por conta da facilidade de cultivo desta maranta tricolor.



Apesar do nome popular, esta planta não faz parte do gênero botânico Maranta. Ela pode ser encontrada com uma imensa variedade de denominações, tais como maranta tricolor, maranta triostar, calathea tricolor ou calathea triostar. São todos apelidos. Tecnicamente, esta também não é uma espécie do gênero Calathea. O nome científico correto da maranta tricolor é Stromanthe thalia 'Triostar'. Stromante é o nome do gênero, thalia o da espécie e a designação 'Triostar' refere-se à variedade ou cultivar desta espécie botânica. Segundo as convenções da taxonomia, a nomenclatura referente ao gênero e espécie é grafada em itálico, por ser derivada do latim.

Os apelidos maranta tricolor ou calathea triostar justificam-se pelo fato de esta ser uma planta pertencente à família Marantaceae, que reúne uma grande quantidade de gêneros e espécies de regiões tropicais, distribuídos ao longo do continente americano, com grande concentração no Brasil. Além da Stromanthe, os gêneros mais conhecidos desta família são Maranta, Calathea e Ctenanthe.

Antigamente, a maranta tricolor era conhecida como Stromanthe sanguinea 'Tricolor', nomenclatura que ainda é utilizada, nos dias de hoje. É muito mais fácil encontrar esta designação, no comércio, do que o termo Stromanthe thalia. O nome do cultivar, 'Triostar', no entanto, é bastante utilizado no mercado.

Em meio a tanta confusão, existe ainda uma outra espécie, parecida com a maranta tricolor, chamada Ctenanthe oppenheimiana 'Tricolor'. Apesar da semelhança quanto à coloração das folhas, tratam-se de plantas pertencentes a gêneros e espécies diferentes, ainda que façam parte da mesma família botânica e sejam, genericamente falando, marantáceas.


Além de ser uma folhagem de colorido único e exuberante, a maranta tricolor apresenta a grande vantagem de poder ser cultivada em ambientes mais sombreados, inclusive dentro de casas e apartamentos. Isto porque, em seu habitat de origem, nas florestas tropicais brasileiras, ela encontra-se protegida do sol direto pelas densas copas das árvores. No entanto, ao contrário do que acontece em interiores, a calathea triostar está acostumada a elevados níveis de umidade relativa do ar, no ambiente em que vive. Por esta razão, são necessários alguns cuidados para que o cultivo de marantáceas, em geral, seja bem-sucedido, em ambientes internos.

A forma mais efetiva de elevar a umidade no interior de casas e apartamentos é através da utilização de umidificadores de ar, geralmente ultrassônicos. Existe uma grande variedade de modelos, à venda no mercado, com reservatórios de água em diferentes tamanhos. Outra solução interessante é incluir fontes de água na decoração de interiores, que contribuem para um ambiente mais úmido e saudável, não somente para plantas, mas também para humanos e animais de estimação.

Stromanthe thalia 'Triostar'
Stromanthe thalia 'Triostar'

Por fim, um aparato que costumo utilizar no cultivo de orquídeas, e que também funciona muito bem para cuidar da maranta tricolor, é a bandeja umidificadora, humidity tray, bastante utilizada no exterior. Como o próprio nome já diz, trata-se de um recipiente largo e raso, no qual é adicionada uma camada de areia, brita ou argila expandida. Este material encobre uma lâmina de água no fundo. O vaso com a maranta tricolor é colocado sobre esta bandeja, de modo que o fundo não fique em contato direto com a água. A umidade sobe por evaporação, melhorando as condições de cultivo da planta, principalmente em ambientes muito secos.


A luminosidade ideal para o cultivo da Stromanthe thalia 'Triostar', ou Stromanthe sanguinea 'Tricolor', é aquela difusa, indireta. Qualquer ambiente interno que tenha uma janela bem iluminada é suficiente para se cultivar esta maranta tricolor. Aqui no apartamento, meu exemplar fica em uma situação de sombra, que não recebe o sol direto em nenhum momento do dia. O vaso fica bem distante da janela, apenas beneficiando-se da luminosidade difusa do ambiente. É importante que a calathea triostar seja rotacionada regularmente, já que suas folhas apresentem um intenso fototropismo, podendo ficar totalmente inclinadas, devido à incidência lateral de luz, dentro de casas e apartamentos.

Outra característica interessante da maranta tricolor, que é apresentada pelos membros da família Marantaceae, de modo geral, é o hábito de levantar suas folhas, na vertical, quando o sol se põe. Elas ficam nesta posição durante toda a noite, tornando a voltar à horizontal quando o dia começa a amanhecer. Por causa deste comportamento, de abrir e fechar as folhas, diariamente, a maranta tricolor, assim como várias Calatheas, é conhecida como prayer plant, em países de língua inglesa, algo como planta rezadeira.

Por ser uma planta tropical, a maranta tricolor não se dá muito bem com o frio. Esta é mais uma razão para seu sucesso como planta de interiores, em ambientes que possuem temperaturas amenas e constantes, ao longo de todo o ano. O único porém é que, sob estas circunstâncias, a calathea triostar dificilmente florescerá. Em seu habitat de origem, a planta produz inflorescências similares àquelas apresentadas pelas bromélias, em tonalidades de pink. No entanto, com uma folhagem deste naipe, dificilmente o cultivador irá se queixar da ausência de flores.


As regas da maranta tricolor devem ser mais frequentes, até mesmo diárias, nos meses mais quentes do ano, sendo reduzidas durante o inverno. O solo deve permanecer sempre levemente úmido, sem excessos. Um sinal de que a planta está se ressentindo da falta de água é observado através das pontas das folhas, que secam. Outras marantáceas, principalmente as Calatheas, começam a enrolar as folhas, principalmente quando o ambiente de cultivo é muito seco.

O solo ideal para o cultivo da maranta tricolor ou calathea triostar é aquele rico em matéria orgânica. Uma terra adubada, do tipo encontrado em lojas de jardinagem, é mais do que suficiente para um bom desenvolvimento desta planta. A adubação não precisa ser intensa, já que a Stromanthe thalia 'Triostar' dificilmente irá produzir flores, nos ambientes internos de cultivo. Qualquer formulação de manutenção, do tipo NPK, com níveis equilibrados destes nutrientes, irá garantir a saúde e crescimento da maranta tricolor.

Esta é uma planta de facílimo cultivo, bastante resistente, que vai bem em qualquer lugar razoavelmente iluminado. Comprei meu exemplar há menos de um ano, em um vasinho de plástico minúsculo, e observei espantado seu crescimento acelerado, neste curto período de tempo. A maranta tricolor emite novos brotos laterais a todo momento, formando densas e ornamentais touceiras. A forma mais tranquila de propagação da calathea triostar é, justamente, a simples divisão destas touceiras. Trata-se de uma das minhas plantas de interiores favorita, com suas folhagens multicoloridas e de aspecto escultural, quase dramático.