Pachyphytum compactum, a Planta Diamante


Suculenta Pachyphytum compactum
Pachyphytum compactum

Sempre fui fascinado pelo aspecto único desta planta suculenta, o Pachyphytum compactum, cujo formato lembra muito mais uma ocorrência geológica do que biológica. Tão logo consegui um exemplar, tratei de fotografá-lo a fim de ilustrar uma matéria para o blog. Não costumo vê-lo com frequência nas coleções.

O Pachyphytum compactum, popularmente conhecido como planta diamante, é originário dos estados de Hidalgo e Querétaro, no México. Trata-se de uma suculenta pertencente à família Crassulaceae, cuja principal característica é a formação de densas rosetas compostas por folhas alongadas, cilíndricas e com as extremidades em ogivas, como pequenos zeppelins. Estas estruturas suculentas são densamente imbricadas e lembram cristais multifacetados. A impressão que se tem é que foram lapidadas individualmente, como diamantes.

Estas folhas bem espessas são uma característica do gênero Pachyphytum, cujo nome é derivado das palavras gregas pachys, que significa grosso e phyton, planta. Dentre as suculentas, estas espécies são as que possuem as folhas mais gordinhas.

A coloração desta pequena pedra preciosa é outro espetáculo à parte. Ela varia de acordo com a exposição à luz solar, mas fica entre tons de verde e cinza, com nuances azuladas, sempre na tonalidade pastel, com os vértices dos poliedros mais esbranquiçados. No aspecto geral, a planta parece ter sido coberta por um fino pó translúcido. Quando exposto a altos níveis de luminosidade, as pontas das folhas do Pachyphytum compactum podem assumir uma bela coloração avermelhada, tendendo ao vinho.


Suculenta Pachyphytum compactum
Pachyphytum compactum

O cultivo do Pachyphytum compactum não difere muito da maioria das plantas suculentas. Ele pode ser exposto à luz solar direta, mas tolera uma meia sombra, desde que com bastante luminosidade indireta. Caso a luz seja insuficiente, a planta tende a estiolar, perdendo sua característica compacta. 

Devido ao seu local de origem, a planta diamante não gosta de climas muito frios. O solo precisa ser bem drenável, preferencialmente arenoso. É aconselhável evitar que a água das regas acumule-se nas frestas entre as folhas.

O Pachyphytum compactum é aquele tipo de planta suculenta que se desmonta toda ao ser manuseada. O lado positivo é que as folhas que caem servem como precursoras para novas mudas, bastando colocá-las em um berçário.

Trata-se, sem dúvida, de uma belíssima planta que não pode faltar na coleção dos aficionados por suculentas, por seu aspecto precioso e facilidade de cultivo.