Orquídea Tolumnia para aquecer o inverno


Orquídea Tolumnia híbrida
Tolumnia híbrida

Há muito tempo, quando estava começando a conhecer as orquídeas, li em algum lugar que o Oncidium equitante, hoje classificado como Tolumnia, era uma planta de difícil cultivo. Fiquei com isso na cabeça e nunca adquiri uma, por medo de perdê-la.

Quando ganhei vários exemplares desta orquídea, de presente dos meus tios, logo me veio o temor de que não sobreviveriam aos meus cuidados. Pois, felizmente, estava enganado. Ou a informação que li não era acurada ou tive sorte. O fato é que esta multicolorida miniatura de orquídea prosperou e floresceu abundantemente, aqui no apartamento.

A orquídea Tolumnia que encontramos atualmente no mercado foi obtida através de cruzamentos de espécies originárias das ilhas do Caribe, ao longo dos últimos 50 anos. Por causa desta origem, esta orquídea aprecia temperaturas mais elevadas, bastante luminosidade e uma boa ventilação. São fatores que existem em abundância na varanda onde cultivo minhas orquídeas. A elevada umidade relativa do ar, que é o parâmetro ausente por aqui, busco compensar com aspersões quase que diárias, musgo sphagnum como substrato e vasos de plástico.

Com sua imensa variedade de cores e padrões, as orquídeas híbridas do gênero Tolumnia são um alento para os olhos e a alma, nestes dias frios e chuvosos de fim de inverno. Além de belas, são plantas generosas, que florescem durante o ano todo, inclusive mais de uma vez por ano. Vale a pena colecionar algumas destas figurinhas raras.

16 comentários:

  1. São uma verdadeira festa aos olhos, pelo colorido exuberante. Os Oncidiuns são encantadores, especialmente este. Parabéns pelo cultivo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! É verdade, gosto bastante de todos! Muito obrigado pela visita e pelo carinho dos comentários, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Sérgio, amigo querido
    Que interessante as curiosidades sobre essa especie. Não conhecia, mas agora aprendendo com suas inestimáveis informações. Muito bonita e de um colorido fantástico.
    Obrigada por compartilhar.
    Grande abraço,

    Dinda Cardoso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dinda, tudo bem? De fato, é uma orquídea que surpreende pelo colorido. Fico feliz por saber que gostou!

      Imagine, eu que agradeço a você pelo apoio e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Que linda planta,Sergio !.... e claro ,foto também!....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Suely! Imagine, bondade sua! Que ótimo receber sua visita, muito obrigado pelo carinho!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Boa tarde Sergio eu compre uma e ela veio no vaso plastico e pedrinhas como substrato. Pode isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Filippo, boa tarde! Tudo bem? Sim, tem pessoas que cultivam orquídeas apenas em pedras, do tipo brita, por exemplo. Pode, mas neste caso as regas precisam ser mais frequentes. Caso prefira, pode adicionar um pouco de casca de pinus ou musgo sphagnum.

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. são maravilhosas, mai as minhas morreram. abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem? Que pena... Mas não desanime, acho que é apenas uma questão de ajustar as condições de cultivo. Caso tenha alguma dúvida, talvez eu possa ajudar. Boa sorte!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Sérgio boa tarde...
    Adquiri 02 exemplares de Dracula lotax...ambas caíram todas as folhas...e morreram
    Como consigo cultiva-las?
    Você poderia me ajudar?...
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rinaldo, boa tarde! Tudo bem? De fato, esta é uma orquídea mais delicada, de cultivo um pouco mais difícil. Ela gosta de locais sombreados, com bastante umidade ambiente. O substrato pode ser musgo sphagnum, que ajuda bastante no cultivo. Mas não pode ficar constantemente encharcado.

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Sou apaixonada por elas. A primeira que comprei morreu mas comprei mais duas que estão indo super bem só em britas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Acho ótimo este cultivo em brita, parabéns! Muito obrigado pela participação!


      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Olá Sérgio, como vai? Eu adquiri essa lindeza e agora estou cheio de dúvidas. Como adubar, replantar e onde colocá -lá. Agradeço por sua atenção e por me ajudar. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marco, tudo bem? Por aqui, tudo em ordem! Esta é uma orquídea que pode ser cultivada como Oncidium, afixada em madeira, troncos ou leques. Eu estou cultivando em casca de pinus. O importante é que o substrato seque rápido, ela não gosta de raízes úmidas por muito tempo. A adubação é conforme a sua preferência, eu utilizo NPK com macro e micro nutrientes.

      Um grande abraço!

      Excluir