Micro-orquídea Ornithophora radicans - Sobrevivendo


Botões florais da micro-orquídea Ornithophora radicans
Ornithophora radicans

Esta micro-orquídea brasileira, Ornithophora radicans, é comumente encontrada sobre as árvores das matas úmidas localizadas próximas à região costeira dos estados pertencentes às regiões sul e sudeste do país.

Seu porte pequeno e delicado e o tamanho minúsculo de suas flores fazem desta orquídea uma presença obrigatória nas coleções dos orquidófilos admiradores das micro-orquídeas. Vista de longe, aparenta uma pequena touceira de capim em miniatura. Seus pseudobulbos são pequenos e crescem uns por cima dos outros. Com o tempo, formam um conjunto espetacular, principalmente quando floridos.

Descoberta em 1864, a Ornithophora radicans é a única espécie de seu gênero. A esta situação, dá-se o nome de um gênero monotípico. Esta pequena orquídea já foi chamada de Sigmatostalix radicans, Ornithophora quadricolor e Gomesa radicans. Durma-se com um barulho desses... Foi oficialmente proposta como tal em 1882, pelo botânico e naturalista João Barbosa Rodrigues.


Micro-orquídea Ornithophora radicans
Ornithophora radicans

Tenho reparado que, sempre que vou apresentar uma orquídea aqui no blog, acabo por descrevê-la, ou como uma sobrevivente, ou como uma fênix renascida das cinzas. É repetitivo, mas é a triste realidade aqui do apartamento. A micro-orquídea de hoje, Ornithophora radicans, é mais um destes exemplos de superação.

Bastante delicada, esta planta necessita de uma boa umidade relativa do ar em seu ambiente de cultivo. Tenho tentado fornecer esta condição colocando-a sobre uma bandeja com pedriscos e água, borrifando-a duas vezes ao dia e colocando uma camada de musgo sphagnum sobre o substrato. Apesar de tudo, a orquídea ainda é castigada pela secura do ambiente e pelos ventos incessantes do décimo andar. Está sempre mais para lá do que para cá. Mas floresce, apesar de tudo.

Neste contexto, venho comemorar a chegada de mais uma floração que, em meio às dificuldades, tem um significado mais do que especial para mim.




12 comentários:

  1. Sergio, é até engraçado, mas acabei de subir aqui no escritório de casa para descarregar umas fotos de algumas plantas em flor. Uma delas, Ornithophora radicans. Curiosamente, sempre achei que ela estava vivendo aqui também em um "mais pra lá do que pra cá", mas novamente está cheia de botões. Acho uma plantinha muito joia. Dividi a planta que tinha em duas há dois anos e ambos os vasos hoje estão vistosos. Uma amiga/comerciante de Curitiba me ligou no final de semana para avisar que estava com uma mudinha de Ornithophora radicans alba. Irei buscar esta semana, tomara que vá para frente aqui também... quem sabe seu ap não ganha uma irmãzinha no futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luis, que interessante coincidência! Tenho observado que estes acontecimentos são comuns entre pessoas na mesma sintonia, como é o caso da orquidofilia. Se a sua já entouceirou e foi dividida, certamente está melhor do que a minha! Parabéns!

      E faço votos para que seu exemplar albo vá abrilhantar ainda mais a sua coleção! Muito obrigado pela gentileza e consideração, não sei se poderia aceitar tamanha responsabilidade, de cuidar de uma planta tão especial.

      Brigadão pela visita e apoio, sempre! Um grande abraço!

      Excluir
  2. Sergio está lindo. É um dos meus favoritos. A mina terminou já em flor no final do ano. Eles crescem muito e tenho vários cultivada em diversas divisões de mídia, embora mais confortável onde na placa de cortiça, com um pouco de musgo.Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angel Mar, que interessante! Parabéns pelo cultivo desta orquídea e muito obrigado pela dica. Vou experimentar plantar a minha desse modo. Um grande abraço!

      Excluir
  3. Sobrevivendo muito saudável.
    A minha também está indo muito bem em placa de peroba.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bete, que legal! Parabéns pelo cultivo e muito obrigado pela dica, vou tentar fazer desta maneira. Um grande abraço!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Tudo bem? Fico contente que tenha gostado. Muito obrigado pela visita! Abraços!

      Excluir
  5. Oi Sergio.

    Coloquei algumas palavras sobre a radicans no meu blog, mas queria que vc olhasse as fotos da alba que está por lá.

    http://www.orquidariofaisca.com.br/

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luis! Que legal, com certeza vou lá ver. Deve ser um espetáculo, nunca vi uma radicans alba. Abração!

      Excluir
  6. Parabéns por mais essa florada! Surpresa boa, tem mais gosto de surpresa!!! Aos poucos, tb, 'desbravo' tuas belas postagens! Boa noite!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalon! Que ótimo, muito obrigado pela sua visita e consideração! Fico contente que esteja gostando!

      Um grande abraço e uma ótima noite!

      Excluir