Mostrando postagens com marcador Orquídeas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Orquídeas. Mostrar todas as postagens

Orquídea Dendrobium victoria-reginae


Orquídea Dendrobium victoria-reginae
Dendrobium victoria-reginae

Esta orquídea de rara coloração carrega a realeza em seu nome e em suas flores quase azuladas. O Dendrobium victoria-reginae foi assim batizado em homenagem à Rainha Victoria, que ocupou o trono do Reino Unido de 1837 até a sua morte, em 1901.

Orquídea Dendrobium kingianum


Orquídea Dendrobium kingianum
Dendrobium kingianum

O Dendrobium kingianum é uma orquídea tipicamente australiana. A ocorrência desta espécie, em particular, encontra-se restrita a uma faixa litorânea, situada na costa leste do país. Esta orquídea é endêmica das florestas tropicais desta pequena região da Austrália, não sendo encontrada naturalmente em nenhum outro local do mundo.

A orquídea com aroma de coco - Maxillaria tenuifolia


Orquídea Maxillaria tenuifolia
Maxillaria tenuifolia

Esta é uma orquídea cuja floração eu aguardava há alguns anos. Não tanto pela aparência, que eu acabei descobrindo ser belíssima, mas muito pelo curioso perfume que suas flores exalam. Famosa no exterior, onde é conhecida como the coconut orchid, a Maxillaria tenuifolia, de fato, produz uma floração delicadamente perfumada, com um aroma que lembra o coco queimado.


Arundina, a orquídea bambu


Orquídea bambu - Arundina graminifolia
Arundina graminifolia

A orquídea bambu, também conhecida como orquídea da terra ou orquídea de jardim, é a única representante do gênero botânico Arundina. Trata-se de uma orquídea terrestre. O nome é derivado da palavra arundo, que em latim significa cana. Seu nome científico é Arundina graminifolia (folhas semelhantes às da grama), mas também pode ser encontrada como Arundina bambusifolia (folhas semelhantes às do bambu). É comum que as pessoas se enganem, achando que se tratam de duas espécias diferentes. Na verdade, ambas as designações são aceitas, sendo consideradas sinonímias.

Masdevallia discoidea - Discretamente exótica


Micro-orquídea Masdevallia discoidea
Masdevallia discoidea

Esta é uma micro orquídea do gênero Masdevallia, cujas flores lembram pequenas esculturas abstratas. Se ampliadas, poderiam ser exibidas no Guggenheim de Nova Iorque. Mas trata-se de uma orquídea brasileiríssima, que ocorre exclusivamente no estado do Espírito Santo. Embora o habitat da Masdevallia discoidea esteja oficialmente preservado pela criação da Estação Biológica de Santa Lúcia, esta pequena orquídea de forma e colorido exóticos encontra-se, infelizmente, sob risco de extinção em seu habitat de origem.

10 mitos sobre o cultivo de orquídeas


Orquídea azul colorida artificialmente
Orquídea azul colorida artificialmente

Comprei sementes de orquídeas, como faço para plantar? Minha orquídea está florida, posso adubar? Existe orquídea azul? Estas são algumas das perguntas que recebo com frequência aqui no blog, em relação ao cultivo de orquídeas. Em alguns casos, são apenas curiosidades. Em outros, são dúvidas cujos esclarecimentos poderiam evitar perdas financeiras. Portanto, resolvi compilar aqui as informações para que todos possam consultar.

Cuidando de orquídeas: 5 erros a serem evitados


Dendrobium Stardust
Dendrobium Stardust

Como cuidar de orquídeas da melhor maneira possível? Mesmo com anos de experiência, muitos cultivadores acabam deixando passar alguns detalhes importantes. O principal ponto a ser destacado é que cada orquídea, cada cultivador e cada clima pedem cuidados diferenciados. É comum ouvirmos perguntas de iniciantes sobre o melhor vaso ou a adubação perfeita. Infelizmente, não há uma resposta única para todos. Para a maioria dos orquidófilos, que estuda e pesquisa sobre o cultivo de orquídeas, os erros listados a seguir podem parecer primários. Mas, surpreendentemente, muitos ainda incorrem em alguns destes equívocos. A seguir, listo os cinco principais erros no cultivo de orquídeas, frequentemente cometidos por quem está iniciando.

Orquídea floco de neve


Orquídea Oncidium Speckled Spire 'Snowflake'
Oncidium Speckled Spire 'Snowflake'

Eis uma orquídea que faz jus ao nome. Este Oncidium híbrido produz uma cascata de delicadas flores brancas salpicadas de um vermelho amarronzado. Batizada de Oncidium Speckled Spire 'Snowflake', esta mini-orquídea foi o tema de um artigo recente aqui no blog, no qual mostrei apenas uma das flores em close up.

Orquídea Vanilla, a mãe da baunilha


Livro Vanilla Orchids, de Ken Cameron
Livro Vanilla Orchids, de Ken Cameron

Ainda é comum que a muitos passe despercebido o fato de que a especiaria baunilha, há séculos utilizada na gastronomia mundial, é na verdade produzida por orquídeas do gênero Vanilla. Recentemente, tive o prazer de ser presenteado com um belíssimo livro sobre esta planta, intitulado Vanilla Orchids - Natural History and Cultivation, escrito por Ken Cameron, renomado botânico da Universidade de Wisconsin-Madison, que comanda um grupo de pesquisa com foco na família Orchidaceae. O livro é da editora Timber Press, especializada em títulos voltados às áreas de botânica, história natural, jardinagem e paisagismo.

Oncidium Snowflake


Mini-orquídea Oncidium Speckled Spire 'Snowflake'
Oncidium Speckled Spire 'Snowflake'

Contrariando o senso comum, é durante o outono que a maioria das Orquídeas no Apê costumam florescer com mais generosidade, aqui na varanda. Ao menos, esta tem sido minha experiência, com a coleção que possuo atualmente.

Hoje, trago uma orquídea que faz seu début aqui no blog, o Oncidium Speckled Spire 'Snowflake'. Trata-se de um híbrido resultante do cruzamento entre o Oncidium Rex Van Delden e o Oncidium trilobum. A despeito da profusão de nomes compridos e complicados, esta orquídea é de uma singeleza única.

Orquídea Tutankamen 'Pop'


Orquídea Sophrolaeliocattleya Tutankamen 'Pop'
Sophrolaeliocattleya Tutankamen 'Pop'

Sempre que lia o nome desta orquídea, sentia um certo desconforto, como se algo estivesse errado. Já a apresentei aqui no blog, como a Orquídea do Faraó. Por estarmos mais habituados a ler seu nome com a grafia Tutancâmon ou Tutankhamon, acabamos estranhando o modo como esta orquídea foi batizada, 'Tutankamen Pop'. O fato é que este é um registro oficial, realizado pelo criador da orquídea híbrida, na Royal Horticultural Society (RHS), entidade britânica responsável por catalogar todos os novos cultivares desenvolvidos no mundo.

Orquídea Cattleya bicolor


Orquídea Cattleya bicolor
Cattleya bicolor

Dentre as mais de cem espécies pertencentes ao belo e diversificado gênero de orquídeas Cattleya, esta espécie bicolor costuma apresentar um dos coloridos mais exóticos e contrastantes, com seu labelo magenta intenso destacando-se sobre as folhas verdes acobreadas. Embora não seja tão cultuada pelos orquidófilos, como acontece com a Cattleya walkeriana ou até mesmo a Cattleya labiata, no passado, a Cattleya bicolor possui um lugar especial no meu coração. Um dos motivos é o fato de suas flores serem lisas, sem o pintalgado que pode ocorrer nesta espécie. É uma orquídea única, de beleza minimalista.

Dicas para cuidar das orquídeas no verão


Orquídea Potinara Burana Beauty 'Burana'
Potinara Burana Beauty 'Burana'

Infelizmente, tenho recebido vários relatos de pessoas consternadas com as perdas das orquídeas de suas coleções. De fato, com o calor saárico que tem assolado este verão, muitas plantas acabam não resistindo. A seguir, dou algumas orientações de como evitar ou ao menos amenizar este drama. Não sou dono da verdade, até porque costumo perder orquídeas nesta e em outras épocas do ano. Mas acredito que estas dicas de cultivo possam ser úteis para quem está começando a cuidar de orquídeas.

A orquídea do faraó


Orquídea Sophrolaeliocattleya Tutankamen 'Pop'
Sophrolaeliocattleya Tutankamen 'Pop'

Neste momento em que o Egito Antigo está em voga, eis que me floresce, pela primeira vez aqui no apartamento, uma orquídea que em tudo assemelha-se a um tesouro digno de um faraó. Confesso que não assisto à maioria dos programas de televisão, mas fico sabendo do que acontece através da internet.

Orquídea Tolumnia para aquecer o inverno


Orquídea Tolumnia híbrida
Tolumnia híbrida

Há muito tempo, quando estava começando a conhecer as orquídeas, li em algum lugar que o Oncidium equitante, hoje classificado como Tolumnia, era uma planta de difícil cultivo. Fiquei com isso na cabeça e nunca adquiri uma, por medo de perdê-la.

Como ter orquídeas jovens por mais tempo


Orquídea Potinara Burana Beauty 'Burana'
Potinara Burana Beauty 'Burana'

Assim como nós, infelizmente, as orquídeas também envelhecem. Embora a planta tenha a capacidade de reflorescer por décadas, a flor propriamente dita tem um tempo de vida definido. Algumas duram mais, outras menos, dependendo da espécie ou do híbrido.

Há, contudo, alguns cuidados que podemos tomar para prolongar o período áureo de uma floração. Vamos listar, nos tópicos a seguir, algumas dicas para termos orquídeas floridas e bonitas por mais tempo.

Orquídea Sophronitis cernua


Orquídea Sophronitis cernua
Sophronitis cernua

Esta pequena orquídea alaranjada, de nome científico Sophronitis cernua, é bastante pontual. Todo final de verão, começo de outono, ela dá início aos preparativos para uma bela floração, a cada ano mais abundante. Durante a época em que não está florida, ela se dedica ao crescimento vegetativo, emitindo novos pseudobulbos. Estas estruturas se esparramam pelo substrato, criando uma touceira de grandes proporções, em forma de tapete. Quando a floração acontece, o conjunto todo nos proporciona um espetáculo memorável.

A volta da orquídea Golden Chain


Micro-orquídea Dendrochilum filiforme
Dendrochilum filiforme

Após um ano de ausência, eis que ressurge esta curiosa orquídea da corrente dourada, the golden chain orchid. Há dois anos, ela florescia pela primeira vez no apartamento, envolta em um clima de mistério e perplexidade. Este Dendrochilum filiforme pode ser enquadrado naquele populoso grupo de plantas que nem parecem orquídeas.

Orquídea Dendrobium purpureum


Orquídea Dendrobium purpureum album
Dendrobium purpureum album

Após muita demora e suspense, finalmente trago para vocês a floração completa desta curiosa orquídea asiática, o Dendrobium purpureum album. Vocês podem relembrar as etapas anteriores neste primeiro artigo, sobre o surgimento dos botões florais, nesta postagem com uma etapa intermediária e na última matéria, com os momentos finais que antecederam o desabrochar.

Haste da orquídea - Corto ou não corto?


Laeliocattleya Pink Favourite
Laeliocattleya Pink Favourite

Devo cortar a haste da orquídea? Como cortar a haste da orquídea? Estas são questões que costumo receber com bastante frequência, aqui no blog. Após o término da floração das orquídeas, muitos ficam em dúvida sobre o que fazer com as hastes florais, que podem se manter verdes ou começar a secar. Cortar ou não cortar? Parece uma questão banal para o cultivador experiente, mas confesso que também tinha esta dificuldade, no começo.