Guia Completo para Cuidar de Plantas dentro de Casas e Apartamentos

Início

Sergio Oyama Junior


Orquídeas no Apê
Orquídeas no Apê
Mostrando postagens com marcador Cactos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Cactos. Mostrar todas as postagens

Cacto San Pedro - Echinopsis pachanoi


Cacto Echinopsis pachanoi
Echinopsis pachanoi |

Este belíssimo e imponente cacto colunar, de aspecto minimalista, tem uma importância que vai muito além da questão ornamental. O cacto San Pedro, também conhecido como cacto São Pedro ou wachuma, é tradicionalmente consumido com fins medicinais, há milhares de anos, em diversas culturas, principalmente no continente sul americano. Além disso, em alguns países, o cacto San Pedro tem um papel religioso, sendo considerado sagrado.

Cacto Xique Xique - Pilosocereus gounellei


Cacto Pilosocereus gounellei
| Pilosocereus gounellei |

Ainda que tenha uma aparência pouco amistosa, esta cactácea coberta por numerosos e longos espinhos tem um dos apelidos mais simpáticos dentro do universo botânico. A espécie Pilosocereus gounellei é popularmente conhecida como cacto xique xique ou cacto xiquexique. Não por acaso, esta é uma planta tipicamente brasileira, ocorrendo naturalmente nos estados da região nordeste do país, em áreas de clima semiárido. 

Cacto Palma - Opuntia cochenillifera


Opuntia cochenillifera
Opuntia cochenillifera |

O nome científico deste cacto sempre me causou aflição. Sim, ele refere-se àquele inseto que é o pesadelo de todos os colecionadores de plantas, particularmente suculentas e cactáceas. Popularmente conhecida como cacto palma, palma forrageira ou simplesmente palma, a espécie botânica Opuntia cochenillifera é bastante cultivada no Brasil, tendo uma grande importância econômica.

Cacto Ouriço - Echinopsis werdermannii


Cacto Echinopsis werdermannii
Echinopsis werdermannii |

Ainda que os cactos mais famosos sejam aqueles típicos de desenhos animados, colunares, existem belíssimas espécies cujo formato predominante é o globular ou globoso. É o caso do cacto ouriço, que recebe este apelido justamente devido a esta característica esférica marcante. O interessante é que a espécie botânica Echinopsis werdermannii pode, com o tempo, assumir um aspecto mais colunar, à medida que o cacto vai se desenvolvendo. Adicionalmente, o cacto ouriço é bastante apreciado graças às avantajadas e vistosas florações que costuma produzir.

Figueira da Índia - Opuntia ficus-indica


Cacto Opuntia ficus-indica
Opuntia ficus-indica |

Este é um cacto cuja importância transcende o universo das plantas ornamentais. Ainda que seja belíssima, a Opuntia ficus-indica, popularmente conhecida como figueira da Índia, representa uma importante fonte de nutrientes na alimentação de diversos seres vivos, incluindo humanos. Muito além do seu importante uso paisagístico, esta cactácea do tipo palma vem sendo utilizada há séculos na culinária de populações que habitam regiões de clima árido e semiárido, no Oriente Médio e nordeste brasileiro, por exemplo.

Cacto Almofada de Alfinetes - Mammillaria


Cacto Mammillaria
Mammillaria sp |

Dentre os diversos apelidos que os membros da família botânica Cactaceae costumam receber, a denominação do cacto almofada de alfinetes é uma das mais criativas e eloquentes. De forma sucinta, este nome popular descreve com perfeição a aparência de várias espécies pertencentes ao gênero Mammillaria. Ao contrário do que possamos imaginar, em um primeiro momento, não existe apenas uma cactácea conhecida como almofada de alfinetes. Vários espécimes de aparência arredondada e espinhenta entram nesta classificação informal.

Cacto Samambaia - Selenicereus validus


Cacto Selenicereus validus
Selenicereus validus |

Este é mais um belíssimo cacto pendente cujo nome popular, cacto samambaia, pode gerar dúvidas e confusões. Afinal, obviamente, não se trata de uma cactácea que possua qualquer parentesco com as milenares pteridófitas. No universo das plantas suculentas, este é um fenômeno bastante comum. Frequentemente, temos representantes que recebem o apelido de cactos, sem, necessariamente, pertencerem a esta família botânica. O inverso também costuma acontecer, com cactáceas sendo apelidadas com termos que nos remetem a outras plantas não correlacionadas.

Espécies de Cactos: Nomes Populares e Científicos


| Espécies de Cactos |

Dentre os apelidos frequentemente atribuídos à maioria das plantas ornamentais, aqueles relacionados aos membros da família Cactaceae são, sem dúvida, os mais curiosos e engraçados. Talvez devido ao fato de as espécies de cactos possuírem nomes científicos quilométricos e impronunciáveis, os nomes populares sejam muito mais frequentemente lembrados e utilizados.

Cacto Rabo de Rato - Disocactus flagelliformis


Cacto Disocactus flagelliformis
Disocactus flagelliformis |

Os cactos pendentes, particularmente aqueles que se assemelham a caudas de animais, estão bastante em voga e fazem sucesso junto aos apreciadores de plantas. O cacto rabo de rato, cujo nome científico é Disocactus flagelliformis, apresenta a vantagem de requerer pouca manutenção, ser bastante resistente, de fácil cultivo e se desenvolver rapidamente. Além disso, ainda que aprecie ambientes com luminosidade em abundância, esta é uma cactácea que pode ser cultivada dentro de casas e apartamentos, não requerendo muitas horas diárias de sol direto para um bom crescimento.

Cacto Monstro - Cereus peruvianus monstruosus


Cacto Cereus peruvianus monstruosus
Cereus peruvianus monstruosus |

Não se trata de bullying. O apelido do cacto monstro encontra respaldo em seu nome científico. No mundo botânico, uma mesma espécie pode apresentar anatomias completamente distintas, causadas por mutações que levam ao surgimento de formas anômalas de crescimento. A espécie Cereus peruvianus é bastante didática, neste quesito. Em sua forma tipo, ela é conhecida como cacto do Peru e apresenta a aparência padrão de uma cactácea colunar. Quando algumas alterações ocorrem em seu DNA, esta mesma espécie pode apresentar uma forma tortuosa, originando o cacto parafuso, ou monstruosa, resultando no cacto monstro.

Cacto Rabo de Gato - Cleistocactus winteri


Cacto Cleistocactus winteri
Cleistocactus winteri |

Os nomes populares das plantas, particularmente dos cactos e suculentas, costumam ser bastante confusos e, frequentemente, sobreposições ocorrem. É o caso do cacto rabo de gato, cujo nome científico é Cleistocactus winteri. Este último é bastante importante para termos certeza quanto à identidade da planta em questão. Outras espécies de cactos podem ser popularmente chamadas de rabo de gato. Há, ainda, a possibilidade de que os animais se misturem, sendo que muitas pessoas se confundem quanto aos diversos rabos existentes no mercado, de gato, rato ou macaco.

Cacto Coral - Rhipsalis cereuscula


Cacto Rhipsalis cereuscula
| Rhipsalis cereuscula |

Confesso que costumo me divertir com a expressão de espanto das pessoas, quando lhes digo que esta simpática e inofensiva planta suculenta, Rhipsalis cereuscula, apresentada na foto de abertura deste artigo, é, na realidade, um cacto. Com efeito, seu apelido mais conhecido é cacto coral. O universo botânico costuma nos trazer estas surpresas. O oposto também costuma ser verdadeiro, quando diversas plantas repletas de espinhos, muito parecidas com cactáceas, na verdade, pertencem a outras famílias botânicas. Para simplificar, todos os cactos são plantas suculentas, mas nem todas as suculentas são cactos.

A Quarentena com Suculentas, Orquídeas e Outras Plantas



A calamidade que assola todo o planeta parece estar muito longe de um final feliz, uma volta à normalidade, assumindo contornos cada vez mais dramáticos e imprevisíveis, dia após dia. Neste contexto, em que devemos permanecer em nossas casas, por uma questão de responsabilidade e respeito ao próximo, restringindo a propagação da covid-19, podemos lançar mão de diversos recursos capazes de tornar este período difícil de confinamento o mais agradável e proveitoso possível. Uma vez que o assunto principal deste blog é o cultivo de plantas em interiores, nada mais apropriado do que abordar alguns benefícios que estes seres fotossintetizantes podem trazer aos nossos lares.

Cactos e Suculentas para o Dia das Mães


Suculenta Pachyphytum compactum
| Pachyphytum compactum |

É quase um lugar comum que nós nos lembremos das flores, quando se trata de presentear nossas queridas no Dia das Mães. No entanto, infelizmente, as tradicionais flores de corte são extremamente efêmeras, durando poucos dias, mesmo quando cuidadas com carinho. Cactos e suculentas, por outro lado, são excelentes alternativas porque vêm plantados em vasos, bacias ou terrários, podendo durar vários anos. Caso você ache esta ideia interessante, deixo o convite para ler este artigo e salvá-lo em uma pasta do Pinterest. Basta seguir o perfil das Orquídeas no Apê e ter acesso a um índice visual com todas as matérias do blog. Anteriormente, já publicamos sugestões de orquídeas para esta data.

Cacto Cérebro - Mammillaria elongata cristata


Cacto Mammillaria elongata cristata
| Mammillaria elongata cristata |

Infelizmente, o exemplar de cacto cérebro que ilustra este artigo não pertence à minha coleção. Evidentemente, trata-se de uma forma rara de cactácea, difícil de ser encontrada no mercado. Há tempos, ando à procura de uma pequena muda desta exótica escultura viva, mas nunca encontrei uma à venda. Este é o tipo de planta que costuma fazer sucesso nas exposições, dada a sua raridade e aparência única.

Top 10 Cactos e Suculentas Pendentes


Cacto Macarrão
| Cacto Macarrão |

Quando pensamos em cactos e suculentas, é comum que nos venham à mente imagens de plantas rechonchudas torrando sob o sol pleno, tais como as opúncias ou rosas de pedra. Há, contudo, uma grande gama de plantas suculentas pendentes, cuja aparência e hábito de vida diferem completamente das clássicas versões com as quais estamos acostumados. É o caso das dez espécies selecionadas para este artigo. Nesta compilação, elencamos cactos e suculentas que podem ser cultivados sob a forma suspensa, frequentemente em ambientes mais sombreados, dentro de casas e apartamentos.

Cacto Rabo de Macaco - Hildewintera colademononis


Cacto Rabo de Macaco - Hildewintera colademononis
| Hildewintera colademononis |

Os apreciadores de plantas suculentas, particularmente as cactáceas, costumam ter adoração por estes longos cactos colunares em forma de caudas de animais. Dentre eles, o cacto rabo de macaco é, sem dúvida, o mais popular. Trata-se da espécie botânica Hildewintera colademononis, que também pode ser encontrada como Cleistocactus colademononis. Sua característica mais marcante é a superfície coberta por espinhos longos, finos e macios, cuja aparência nos remete à cauda de um animal peludo. Apesar da grande quantidade de espinhos, estas estruturas não são agressivas, de modo que o cacto rabo de macaco pode ser manuseado sem maiores problemas. 

Cacto Sianinha - Selenicereus anthonyanus


Cacto Selenicereus anthonyanus
| Selenicereus anthonyanus |

Nem todos os cactos são seres finos, compridos e repletos de espinhos. Também não são todas as cactáceas que adoram torrar sob o sol escaldante de áreas desérticas, como frequentemente visto nos desenhos animados. A estrela do artigo de hoje, por exemplo, Selenicereus anthonyanus, mais conhecida como cacto sianinha ou cacto zig zag, vai contra todos estes estereótipos. Trata-se de uma planta pendente, de hábito epífito, que adora sombra e não possui espinhos agressivos. Sendo assim, este é um cacto perfeito para ser cultivado dentro de casas e apartamentos.

Cacto Mandacaru - Cereus jamacaru


Cacto Cereus jamacaru
| Cereus jamacaru |

Confesso que, até recentemente, eu costumava prestar pouca atenção às cactáceas. Aliás, durante o período em que cultivava apenas orquídeas, jamais me passou pela cabeça ter um ser espinhento dentro do apartamento. Hoje, após inúmeras perdas de orquídeas divas e geniosas, cultivo uma grande simpatia pelos cactos, graças à sua beleza escultural, aliada à incrível resistência e facilidade de cultivo. A estrela do artigo de hoje, o conhecidíssimo cacto mandacaru, é um clássico exemplo desta categoria quase indestrutível de plantas.

Cacto Parafuso - Cereus peruvianus tortuosus


Cacto Cereus peruvianus tortuosus
| Cereus peruvianus tortuosus |

Ao contrário do que muitos costumam imaginar, não existem diferentes espécies botânicas para todos os cactos de formato exótico, encontrados na natureza. Em sua grande maioria, tratam-se de diferentes variedades que uma mesma espécie pode assumir, a partir de uma forma anômala de crescimento. É o caso do cacto parafuso, que nada mais é do que uma variação da espécie Cereus repandus, popularmente conhecida como cacto do Peru. Neste caso, a forma é denominada tortuosa. Sendo assim, a designação científica do cacto parafuso é Cereus peruvianus tortuosus.