Renascendo a cada ano


Orquídeas no Apê desejam um Feliz Natal!


Tudo bem, Pessoal? Peço desculpas pelo sumiço. Apesar do cansaço e do desânimo que costumam me acometer nesta época do ano, não poderia deixar de vir aqui conversar com vocês mais uma vez, antes que o ano se encerre.

Sabemos que 2015 não foi fácil para ninguém. Chega a ser difícil e doloroso recordar todas as tragédias humanas, políticas e ambientais pelas quais passamos e com as quais continuamos a conviver. Mas sendo egoísta e olhando para o próprio umbigo, devo admitir que tive um ano abençoado. 

Através das entrevistas e palestras que dei ao longo dos últimos meses, tive a sensação de ter passado a minha vida a limpo. Pela primeira vez, após ter desistido da carreira acadêmica, de pesquisador científico, senti que fiz a coisa certa. Jamais sonhei que minha relação com as orquídeas, que começou por acaso, pudesse me trazer a satisfação e o reconhecimento que jamais tive em outras atividades que exerci. Foi, sem dúvida, uma grata surpresa e um presente de Deus.

Esta transformação de um limão em limonada não teria acontecido sem o apoio de milhares de pessoas, muitas das quais eu sequer conheço pessoalmente. Meus pais, irmãos, tios, primos, pastores e muitos amigos, alguns recentes, outros de longa data. Foi graças a todos vocês que cheguei aonde jamais sonharia chegar. Não estou rico nem famoso, muito pelo contrário. Mas estou em paz comigo mesmo, com a trajetória que percorri e com os resultados alcançados. Por tudo isso, deixo aqui registrada a minha gratidão a todos que me ajudaram.

Encerro desejando tudo de bom a cada um que tem acompanhado este trabalho, esperando que tenham um final de ano abençoado, repleto de paz, alegria e esperança. Um grande abraço e até o ano que vem!