Uma micro-orquídea ameaçada


Micro-orquídea Masdevallia discoidea
Masdevallia discoidea

Tenho uma confissão a fazer: evito mostrar as orquídeas cujas fotos não ficam boas. Esta pequena orquídea de cores contrastantes, que eu amo de paixão, foi vítima deste tipo de atitude. Embora ela floresça em profusão, ao longo de todos os meses do ano, eu nunca havia apresentado esta preciosidade, simplesmente porque acho dificílimo fotografá-la.

A Masdevallia discoidea é uma miniatura de orquídea, tipicamente encontrada no sudeste brasileiro. Eu a ganhei de presente dos meus tios, Hiroko e Takashi Matsumoto, há pouco mais de um ano. Sou muito grato a eles, que estão sempre à procura de novidades para me apresentar e presentear.

Apesar de sua aparência frágil e delicada, esta micro-orquídea é uma planta vigorosa. Cresce e floresce ininterruptamente, ao logo do ano todo. Um espetáculo para os olhos. As flores são um capítulo à parte. Sua tridimensionalidade exótica torna árdua a tarefa de fotografá-las, já que é difícil encontrar um ângulo que represente de maneira fidedigna toda sua beleza. As cores são marcantes e contrastantes. Devo dizer que esta orquídea é muito mais bonita e interessante ao vivo. Aqui, fiz o que pude para dar uma ideia da aparência exótica desta pequena.

Tanta beleza esconde um fato triste sobre esta orquídea. Ela é endêmica do estado do Espírito Santo, o que significa que, em todo o mundo, é encontrada exclusivamente neste local. Esta particularidade coloca a Masdevallia discoidea na categoria das espécies ameaçadas de extinção, em seu habitat natural. Infelizmente, muitas outras orquídeas encontram-se nesta situação. Por isso, é sempre importante não coletar orquídeas da natureza.