Um Dendrobium solitário


Dendrobium loddigesii

Conforme prometido, e com um pouco de atraso, trago hoje a flor desta delicada orquídea, Dendrobium loddigesii, cujo botão floral apresentei há algumas semanas.

Esta é uma orquídea típica do Laos, Vietnam e China, que costuma florescer no início da primavera. Quando tudo corre bem, é comum vermos inúmeros pseudobulbos enrugados e sem folhas repletos de flores. Eu nunca tive o privilégio de presenciar esta cena. Por aqui, o máximo que obtenho é uma flor por ano. E olhe lá.

A vantagem desta tímida floração é que sou praticamente obrigado a apreciá-la em seus mínimos detalhes. Na ausência da exuberância do conjunto, a flor solitária nos convida a admirar sua insólita paleta de cores, a textura da pétala e da sépala contrastando com o labelo felpudo. Até mesmo suas delicadas franjas, que nunca reparo a olho nu, tornam-se um exótico adereço.

Desta feita, fotografada sob um ângulo menos convencional, esta pequena orquídea revela a beleza de sua tridimensionalidade, com formas quase aerodinâmicas. Um convite para um delicado voo solitário.