Uma micro-orquídea brilhante


Micro-orquídea Octomeria palmyrabellae
Octomeria palmyrabellae

Esta micro-orquídea Octomeria palmyrabellae apresenta um belíssimo arranjo de folhas roliças e cilíndricas, que pendem a partir do rizoma, não havendo formação de pseudobulbos. Tanto a planta quanto as flores são de pequeno porte.

As orquídeas do gênero Octomeria foram assim batizadas devido ao fato de suas flores apresentarem oito políneas, as estruturas que abrigam o pólen da planta.

Neste artigo, trago a floração completa de um botão solitário, fruto de um renascimento após a devastação das flores anteriores. A história desta micro-orquídea guerreira foi contada neste artigo.

Para a composição da foto, um brinco solitário com um diamante de 0,15 quilates, na lapidação brilhante, foi fixado próximo à base do pedúnculo, com fita adesiva transparente. Minha maior dificuldade, neste tipo de cena, foi conseguir focar simultaneamente a orquídea e a joia. Nesta ocasião, fiz ao menos 20 tomadas até conseguir uma satisfatória. A luz utilizada foi a natural, vinda de uma janela na lateral esquerda. A pedra está avermelhada devido ao reflexo da minha câmera fotográfica.

Talvez como consequência do stress pelo qual esta micro-orquídea passou, a floração durou poucos dias. Após o fenecer da flor, transferi a planta para um pequeno vaso de plástico, com musgo sphagnum puro. A melhora foi rápida e visível, de forma que a planta já está emitindo novos brotos. Agora, resta esperar pela floração do ano que vem. Imagino que os cuidados dispensados à planta convertam-se em uma floração mais abundante. Por ora, estou mais que feliz e satisfeito com esta pequena e solitária demonstração de carinho.