O retorno da orquídea amarela


Sophrolaeliocattleya Golden Acclaim 'Richella'
Sophrolaeliocattleya Golden Acclaim 'Richella'

As orquídeas amarelas costumam ter uma posição de destaque no amplo leque de opções de cores e estampas que esta vasta família botânica costuma exibir. São, por exemplo, as preferidas da jornalista Ananda Apple. Eu também gosto bastante e percebo que, involuntariamente, acabo colecionando diversas orquídeas com os mais diferentes tons e combinações de amarelo.

O gênero Oncidium é o mais famoso por suas orquídeas amarelas. Pertence a esta categoria a popular orquídea chuva de ouro, Oncidium Aloha Iwanaga, híbrido conspícuo entre o público consumidor. Outra orquídea amarela bastante procurada é o Oncidium Twinkle 'Yellow Fantasy'. A Lophiaris pumila, que já foi Oncidium pumilum, também apresenta uma coloração dourada espetacular.

Um Dendrobium amarelo que aprecio bastante é o híbrido Stardust 'Chiyomi', fácil de cultivar e de ser encontrado no mercado. Existem muitos outros, mais temperamentais. A lista de orquídeas amarelas é bastante extensa. Apresentei aqui apenas alguns exemplares que já passaram por minhas mãos.

A orquídea amarela da foto em destaque, neste artigo, é a Sophrolaeliocattleya Golden Acclaim 'Richella', uma das poucas descendentes amarelas da vermelhíssima Sophronitis coccinea.

Após florescer pela primeira vez aqui no apartamento, no início deste ano, esta pequena e radiante orquídea amarela volta a dar o ar da graça, menos de seis meses depois. Ao que tudo indica, esta é uma daquelas orquídeas generosas, capazes de florescer mais de uma vez por ano.

Na verdade, venho observando que esta Cattleya híbrida, de porte compacto, é workaholic. Mal termina de florescer e já começa a emitir um novo broto. Assim que amadurece, o pseudobulbo já revela os botões florais protegidos no interior da jovem folha. Ao longo do ano, está sempre ocupada fazendo alguma coisa. Não descansa no inverno, como algumas de suas colegas de bancada.

Dentre tantas qualidades, saliento ainda a belíssima e improvável combinação de cores, amarelo e vermelho, com direito a pequenas pinceladas nas pontas das pétalas. Como se não bastasse, o perfume é agradabilíssimo, suave e cítrico. Sem dúvida alguma, uma companheira que vale a pena ter em casa.