Uma orquídea zumbi


Potinara Love Dressy 'Apple Pie'
Potinara Love Dressy 'Apple Pie'

Calma, Pessoal. Esta belíssima foto é da época em que a orquídea estava viva, durante a floração do ano passado. Resolvi poupá-los do terror de ver o estado em que ela se encontra atualmente. Após a primeira e única vez em que floresceu aqui no apartamento, esta radiante orquídea de porte compacto começou a regredir, dia após dia.

Estava plantada em substrato composto por casca de pinus e carvão vegetal, em vaso de plástico. Como os pseudobulbos começaram a enrugar, achei melhor transferir a orquídea para um vaso menor, com sphagnum puro. Ao que tudo indica, a desidratação foi controlada. No entanto, ela nunca mais emitiu um novo broto, nem uma raiz sequer. Isto já faz mais de um ano. Chamo a coitada de orquídea zumbi porque não sei ao certo se ela está viva ou morta. O que me parece é que ela morreu e esqueceu-se de deitar.

Existem técnicas que ajudam na recuperação de plantas debilitadas. A mais famosa é a UTI de orquídeas. Trata-se de uma mini estufa, que pode ser improvisada em um saco de plástico inflado ou uma garrafa pet cortada ao meio. Outros ainda usam a semi-hidroponia. Eu não estou com ânimo para tentar, já que os processos são muito demorados, de resultados variáveis. Para alguns funcionam, para outros, não. O que mais me aflige em toda esta situação é a lenta agonia da espera, ou pela morte ou pela recuperação da planta. Enquanto não sabemos o que acontecerá, deixo vocês com a imagem dos tempos de glória desta orquídea, pela qual tenho bastante apreço.