Mini-orquídea Orpetii


Mini-orquídea Sl. Orpetii
Sophrolaelia Orpetii

Comprei esta mini-orquídea púrpura no início do ano, já florida. Infelizmente, quando chegou às minhas mãos, sua flor apresentava-se levemente passada, durando poucos dias. Ainda assim, foi o suficiente para que eu me apaixonasse pela cor e forma deste interessante híbrido primário, fruto do cruzamento entre Sophronitis coccinea e Laelia pumila.

Quase um ano depois, tive a alegria de ver surgir, pela primeira vez aqui no apartamento, o botão floral desta miniatura de orquídea. Hoje, conforme prometido, trago para vocês a flor completamente aberta. Foi uma grata surpresa assistir a esta floração. Tive a impressão de que a forma desta orquídea melhorou bastante. A flor é bem plana e as pétalas apresentam um formato arredondado, lembrando as orelhinhas daquele famoso camundongo. A cor continua a mesma, um magenta espetacular.

Na mesma época em que adquiri esta orquídea, comprei também sua progenitora, a Sophronitis coccinea. Esta pequena criatura não esboçou sinal de vida, desde que chegou. É por isso que admiro tanto o vigor e facilidade de cultivo dos híbridos. Ao contrário de sua mãe, a Sophrolaelia Orpetii cresce e floresce vigorosamente, recompensando-nos com até duas florações no ano. Como a maioria das minhas orquídeas, esta é cultivada em sphagnum e vaso plástico, sobre uma camada de argila expandida. O substrato é mantido sempre úmido.

No momento em que fotografei esta floração, fui surpreendido pelo surgimento de um segundo botão, em um novo broto. Acredito que não haverá tempo hábil para que ambas as flores coexistam. Ainda assim, é para mim uma grande alegria ter a companhia desta generosa orquídea florida por mais algum tempo.