Ludisia discolor - Close da pipoca


Orquídea Ludisia discolor
Ludisia discolor

Embora pertencente a um grupo de plantas conhecidas como orquídeas joia, devido ao aspecto sofisticado de suas folhagens, as flores da Ludisia discolor, quando observadas bem de perto, assemelham-se bastante com a pipoca. Nesta foto, em close up, a similaridade é mais evidente. A coluna amarela, ao centro, lembra um grãozinho de milho.

Ambas as denominações, orquídea joia ou orquídea pipoca, são nomes populares, apelidos que usamos para designar os seres vivos que têm seus nomes científicos em latim, segundo as regras da taxonomia. Nem sempre é muito fácil memorizá-los.

A orquídea pipoca, Ludisia discolor, é uma planta terrestre, ao contrário da maioria das orquídeas, que costuma viver sobre as árvores. Trata-se de uma espécie proveniente do continente asiático, mais precisamente encontrada na Malásia, Indonésia e Burma.

É bastante fácil cultivar a orquídea pipoca, uma vez que a mesma pode ser plantada diretamente na terra, em um vaso de cerâmica ou plástico. Devido à característica de seu caule suculento, capaz de acumular água, ela não pode ser regada em excesso. A Ludisia discolor é uma orquídea ideal para quem dispõe de pequenos espaços, como apartamentos, uma vez que é de pequeno porte e não é exigente quanto à luminosidade. 

Este é um estágio bem inicial da abertura do botão. Depois de completamente aberto, a forma final é diferente, lembrando um ser alado. A flor desta orquídea fica com um formato aerodinâmico muito bonito.