Dendrobium purpureum album 2017


Orquídea Dendrobium purpureum album
Dendrobium purpureum álbum

Esta orquídea do gênero Dendrobium já viveu dias melhores. Após um começo tímido, há cinco anos, atingiu seu ápice em 2015, quando emitiu diversas inflorescências em forma de pompons brancos ao longo de praticamente todos os pseudobulbos da planta.

No ano seguinte, 2016, este Dendrobium purpureum album decidiu abster-se de florescer. Talvez estivesse tentando se recuperar da intensa floração do ano anterior. O stress parece ter sido acentuado, a ponto de os pseudobulbos da orquídea terem crescido menos em relação aos anos anteriores.

Em 2017, em abril passado, mostrei para vocês aqui no blog o surgimento de diversos botões florais, bastante promissores. Hoje, conforme prometido, trago a floração completa desta exótica orquídea originária do continente asiático.

Como podem observar na foto acima, há mais pseudobulbos secos do que flores. Isto acontece porque a touceira está se tornando cada vez maior e, no entanto, as estruturas antigas não voltam a florescer. Apesar disso, a presença delas não é de todo inútil. Os pseudobulbos mais velhos funcionam como uma reserva de água e nutrientes para o crescimento de novos brotos. Além disso, podem eventualmente emitir keikis.

Esta é uma orquídea Dendrobium que não está sujeita àquela velha regrinha de se reduzir as regas durante o outono/inverno, o famoso stress hídrico. Isso porque ela costuma florescer antes disso. Ao menos aqui em São Paulo, os botões florais tendem a despontar no início do ano. A floração demora meses para atingir seu ápice, que geralmente acontece entre abril e maio. As flores duram bastante.

Apesar de belíssima, esta orquídea infelizmente não é perfumada. Antes difícil de ser vista em coleções, tem se tornado cada vez mais popular entre os orquidófilos.




16 comentários:

  1. As flores parecem pequenos buquês de noiva, delicados, perfeitos, fazendo um contraste intrigante com os pseudobulbos que até parecem mortos! A natureza é fantástica, revelando beleza num cenário que parece hostil. Que encanto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Alexia! Também acho este contraste fascinante. Que linda sua mensagem, sou sempre grato pelo carinho da sua participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Olá, Sergio, grata por compartilhar conosco os seus conhecimentos. Já 'matei' um dendrobio desses tentando 'revitalizar' os pseudobulbos... agora vi que fiz tudo errado! rs Parabéns por seu trabalho, me esclarece muito! abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Mas que pena! Imagine, eu que agradeço a você pela visita e participação! Desejo um ótimo cultivo para suas orquídeas!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. é uma linda planta! Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Suzana, que bom que gostou! Muito obrigado por comentar!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Boa tarde Sergio, tudo bem?
    Que linda esta Dendrobium Purpureum Album! Dá gosto de ver os brotinhos saindo dos pseudobulbos. Eu sempre fico feliz quando vejo alguma dando brotinhos aqui em casa, pode ser de folha mesmo e quando é uma espata então nem se fala. É pura alegria!
    Esse tipo de Dendrobium eu ainda não tenho, mas quem sabe um dia?
    O vídeo também está muito bonito. Parabéns!
    Um grande abraço e Deus te abençoe.
    Cláudia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudia, boa tarde! Tudo bem? Com certeza, também tenho esta alegria quando vejo algo novo nascendo!

      Que bom saber que gostou do vídeo, muito obrigado pelo carinho da sua visita e participação!

      Amém, a você também! Um grande abraço!

      Excluir
  5. Boa noite Sérgio!
    A natureza é sábia e perfeita,é o colírio para nossos olhos esta beleza de orquídea.Alegro-me com todas que você posta para nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Genésio, boa noite! É verdade, belas e sábias palavras as suas. Que alegria saber que está gostando das orquídeas, muito obrigado pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Sergio,parabéns pela sua paciência.Adoro ver cada postagem de sua orquídeas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Dalva? Fico feliz em saber que tem gostado das postagens, muito obrigado pelo gentil comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Oi Sergio, como vai amigo?
    Nossa, fiquei encantada com a beleza da captação do florescimento da orquídea "Dendrobium". ( Nome difícil né? rsrs)

    Estou totalmente boquiaberta como você consegue combinar a beleza do nascimento dos botões desta bela orquídea nativa do continente asiático com a música que o acompanha!! Trabalho de mestre!!!!
    Parabéns amigo, está chegando ao nível da perfeição, se é que já não a atingiu não é? rsrs Impossível ser mais lindo do que isso! Mas você surpreende a cada post e a cada novo vídeo!!
    Parabéns amigo!!

    Aproveito para desejar um final de semana maravilhoso!!
    Beijos! :))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana, tudo bem? Por aqui, tudo em ordem!

      Imagine, você sempre um amor de pessoa! Meu sonho é conseguir fazer aquelas sequências contínuas do desabrochar, mas dão um trabalho imenso. Por enquanto, apenas vou enganando!

      Bondade sua, muito obrigado pelo carinho de sempre com que acompanha este trabalho! Para mim é uma alegria e uma honra ter o seu apoio!

      Um grande beijo e um excelente fim de semana!

      Excluir
  8. É mesmo assim Sérgio, vivemos momentos os mais variados possíveis, ora bons, ora tumultuados com as nossas orquídea! O importante é saber desfrutar os bons momentos, como floradas por exemplo e contornar os tempos de dificuldade em nosso cultivo! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo, tudo bem? É verdade, belas e sábias palavras as suas! Que ótimo receber sua visita e ler seu comentário, muito obrigado pela gentileza!

      Um grande abraço!

      Excluir