Metas para as Orquídeas no Apê em 2016


Orquídea Sophrocattleya Mini Collins 'Pink Sherbet'
Sophrocattleya Mini Collins 'Pink Sherbet'

Oi, Pessoal! Apesar de estarmos em pleno verão, parece-me que o dono deste blog hibernou por algumas semanas. Peço desculpas pela ausência e agradeço de coração a todos que sentiram falta das postagens. Estava com saudade, sinto um grande vazio quando fico privado desta interação saudável com os leitores.

Por falar em vazio, neste começo de ano, estive empenhado em realizar um processo de decluttering ou desentulhamento do meu espaço de trabalho, que por acaso é também onde durmo. Estive lendo sobre os benefícios, físicos e emocionais, que um ambiente minimalista e bem organizado pode trazer às nossas vidas. Livrei-me de bastante coisa e sinto que tirei um peso enorme das costas. 

É interessante notar que este comportamento está entranhado em parte da família. Dois dos meus irmãos escrevem blogs com esta temática minimalista, de desapego, almejando uma vida mais simples e plena. Um deles é o 365.me, escrito por Márcio Oyama, onde um novo projeto é colocado em prática a cada ano. Em 2016, o tema é o desapego. Outro blog é o Uma Simples Meta, cujo autor é Maurício Oyama, que escreve sobre sustentabilidade. Vale a pena conhecer estes trabalhos! 

Neste contexto, claro que sobrou para as orquídeas, que não ficaram impunes. Com esta questão do minimalismo, vem outro conceito associado, o lowsumerism, ou a redução do consumismo. Bem apropriado para o momento que vivemos. Sempre quis lotar a varanda de orquídeas, minha meta era ter 100, pelo menos. Mas qual o sentido disso? Percebo um viés acumulador neste objetivo, de ter por ter. Prova disso é que muitas das 70 orquídeas que habitam a varanda não deveriam estar lá. São plantas que não resistem ao ambiente, aos ventos e ao excesso de calor. Comprei por teimosia. Do que ter 100 orquídeas moribundas e infelizes, prefiro atualmente ter meia dúzia de plantas muito bem cuidadas, das quais possa me orgulhar.

Portanto, no que concerne às Orquídeas no Apê, minhas metas para 2016 resumem-se a menos compras de plantas aleatórias, menor quantidade e maior qualidade de orquídeas na varanda, menos entulhamento de vasos e objetos, tanto no orquidário como no quarto. Vamos ver se consigo! Além disso, prometo não ser minimalista na quantidade e frequência das postagens aqui no blog, farei de tudo para retomar o ritmo normal. Conto com a companhia de vocês!

34 comentários:

  1. Que no ano que vem eu leia o seu post assim:

    "Consegui alcançar a minha meta de 2016, não foi tão fácil a princípio, mas descobri que afinal, não foi um sacrifício :)"
    Ou qualquer coisa assim! :) Ganbarimashou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabi! Que os anjos digam amém! Adorei, muito obrigado pelo carinho da sua mensagem de incentivo, estou precisando! Agradeço de coração pela força!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Que bom que você se animou e voltou!! Sentimos sua falta na web!!! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Guto? Que alegria receber sua visita nesta reestreia! Muito obrigado pelo apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Sérgio, que bom ter você de volta! As propostas para o ano são sempre renovadoras e isso é muito legal. Que neste ano você continue nos prestigiando com suas postagens, sempre tão proveitosas. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Suzana! Que linda sua mensagem, adorei! Você sempre acompanhando e apoiando este trabalho, muito obrigado por tudo!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Ô saudade!! Muito bom saber de ti, dos teus propósitos e metas. Que o ano seja produtivo e bom. Estaremos à espera! Bom retorno, abç...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Alexia? Também estava com bastante saudade! Adorei ler sua mensagem, sou sempre muito grato pela sua companhia e pelas palavras de carinho e incentivo! Muito obrigado pela força!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Olá Sérgio! É bom revê-lo sim e ainda mais quando trazes reflexões tão profundas e necessárias; faz-nos repensar conceitos e práticas!
    Desejo sucesso no alcance das metas! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! Imagine, bondade sua! Você sempre generoso, muito obrigado pela mensagem. Que bom saber que gostou do texto! Para você também, desejo todo o sucesso, que seu trabalho continue brilhando e transmitindo conhecimento.

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Cada dia aprendo mais, obrigado amigo Sergio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paulo Celso, imagine! Eu que agradeço a você por acompanhar este trabalho, muito obrigado pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Muito honrado com a menção, Ju, obrigadíssimo! E muito feliz com a sua decisão pelo desapego em 2016. Tamo junto, irmão! E que delícia de texto, hein? ;) Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Má! Imagine, eu que agradeço a você por todo apoio a este projeto, desde o comecinho! Fico muito feliz e agradecido pelo elogio, ainda mais vindo de um profissional como você! Muito obrigado pela força, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. oi Sergio!!!!Sashiburi!!não some assim não,,,fiquei até preocupada!!!!penso como vc,por falta de espaço tento cuidar das minhas poucas plantas com o máximo de atenção possivel,,se eu tiver mais não dou conta..ah e contrariando todas as espectativas ,,estamos em pleno inverno,e a maioria das minhas phals estão soltando hastes florais!!!e pela primeira vez no meu ap,,estou numa ansiedade enorme,,pois so sei a espécie ,não sei as cores.tamanho etc!!!um grande abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Midori? Que alegria saber disso, muito obrigado pelo carinho da sua mensagem! Parabéns pelas hastes das suas Phals, que ótima notícia! Tenho certeza que serão belíssimas as flores.

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  9. Que bom Sérgio! Metas são importantes; focar na qualidade e não na quantidade sempre traz bons resultados. Bom ano!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Liza, que alegria receber sua visita! Adorei sua mensagem, muito obrigado pelo apoio!

      Um grande abraço e um excelente 2016!

      Excluir
  10. Querido amigo Sérgio,
    Que saudades! Além do ótimo texto nos remeter às metas necessárias e possiveis, voce nos brinda com um renovado entusiasmo. Vou pegar carona nesse seu otimismo e rever também minhas metas para esse ano. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dinda, querida! Tudo bem? Fico feliz por saber que gostou do texto, muito obrigado pelo carinho e pelas palavras de incentivo! Desejo que todas as suas metas para o ano sejam plenamente atingidas!

      Um grande abraço!

      Excluir
  11. Cultivar a simplicidade é uma excelente meta para 2016. Muito bom poder reler seus textos no ano que se inicia, Sergio. Um grande abraço, C.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cristiano! Imagine, você sempre generoso! Que bom receber sua mensagem, muito obrigado por prestigiar este trabalho, sempre!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  12. OLA QUERIDO AMIGO!!!!
    TENHO CERTEZA QUE CONSIGUIRÁ REALIZAR OS SEUS OBJETIVOS.
    ESTAVA C/ SAUDADES DE VC ...FEZ FALTA VIU ...
    O SEU TEXTO COMO SEMPRE , SENSACIONAL.
    ADOREI AS CORES DESTA MENINA ...É MARAVILHOSA.
    SEJA BEM VINDO .TU ÉS MUITO QUERIDO POR TODOS.
    FORTE ABRAÇO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Leila? Também estava com saudade, que alegria vê-la por aqui! Imagine, você sempre um amor de pessoa. Que bom que gostou do texto e da menina, muito obrigado pelo carinho da sua mensagem! Adorei!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  13. adorei o post, sergio! eu também sofria com uma compulsão por comprar orquideas aleatórias haha. as vezes ia ao supermercado e tinha umas tão baratinha e eu saia com mais plantas, mas fim do ano passado eu pensei "poxa, eu tenho tão pouco espaço na minha sacada, quero dedicar a orquídeas especiais aos meus olhos e que se adaptem melhor a esse ambiente", pois como você disse, as vezes compramos uma orquidea de teimosia e sabemos que ela não vai dar muito certo ali haha.
    seu blog é uma inspiração pra mim, pois ainda luto com minhas orquideas no decimo segundo andar. parabéns pelo seu trabalho!!
    grande abraço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Que legal, fico muito feliz por saber que se identificou com o texto! De fato, este é um processo lento e complicado, mas que traz muitos benefícios. Torço para que sua coleção fique cada vez melhor. Muito obrigado por compartilhar sua experiência!

      Um grande abraço!

      Excluir
  14. Sérgio, comecei 2016 com o mesmo propósito de desapegar, desentulhar meu espaço. Gostei muito do seu texto, e vou dar uma boa olhada nos blogs de seus irmãos. Tenho alguns vasos de orquideas, que precisam de mais dedicação de minha parte, porque também moro em apartamento. Vou me esforçar mais. É um prazer ler seus textos. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sandra, tudo bem? Fico muito feliz por saber que gostou do texto, muito obrigado pelas palavras de carinho e apoio! Espero que dê tudo certo, que seus objetivos sejam alcançados!

      Um grande abraço!

      Excluir
  15. Caramba, não me canso de olhar para a orquídea desta foto e sua fantástica coloração.

    Digna de quadro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luis Renato! Também gosto bastante desta orquídea, fico feliz por saber que apreciou! Muito obrigado por comentar!

      Um grande abraço!

      Excluir
  16. Verdade, quantidade? Se o melhor é qualidade?! Gostei... Posso até comprar, mas para presentear (rimou rs). Já sou fã da página. Amo orquídeas e gosto de aprender sobre elas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniel, tudo bem? Que legal saber que está gostando da página, muito obrigado pelo prestígio da sua visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  17. Bom dia Sergio, eu sou apaixonada por orquídea e queria saber se é possível ter algumas em apê pequeno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Lucia, bom dia! Sim, é possível! O importante é que haja uma janela com bastante luminosidade, sem sol direto. A ventilação também é importante. Mas sempre é possível cultivar alguma orquídea.

      Um grande abraço!

      Excluir