Laelia alaorii divando


Mini-orquídea Laelia alaorii
Laelia alaorii

Esta miniatura de orquídea é uma diva sui generis. A cada aparição, surpreende-nos com um colorido inédito. Já foi quase albina, conforme podemos ver neste artigo, quando surgiu pela primeira vez aqui no apartamento, alvíssima, com pequenos sopros em lilás. Também já desfilou em uma roupagem levemente rosada, como mostrado neste post. Hoje, surge em um tom pink mais intenso. Sempre belíssima, é uma prima donna camaleoa.

Como se não bastasse tanta versatilidade, esta mini-orquídea baiana, Laelia alaorii, ainda é bastante generosa. Quado bem cultivada, pode florescer várias vezes durante o ano. Por ser uma habitante da Mata Atlântica, endêmica de uma pequena região do litoral da Bahia, esta orquídea gosta de bastante umidade e luminosidade. Trata-se de uma planta de pequeno porte e de fácil cultivo, ideal para apartamentos e pequenos espaços.

Todas estas qualidades fazem com que esta orquídea seja bastante utilizada na produção de híbridos de pequeno porte e bastante floríferos. Um bom exemplo é a planta mostrada neste artigo, fruto do cruzamento com Laelia sincorana. Outro híbrido muito bonito, embora mais frágil, é a Sophrolaelia Coral Orb, fruto do cruzamento com a Sophronitis coccinea. Este coitado, por sinal, já não se encontra mais entre nós. Pretendo adquirir outro, só de teimosia.

Pura ou híbrida, esta é uma orquídea que sempre deixa saudade quando sua floração termina. Vale a pena ter alguns exemplares na coleção.

14 comentários:

  1. Maravilhosa! Quando vi um dos teus posts sobre ela, fiquei perdidamente apaixonada. Já tenho uma, que está comigo há pouco. Ainda é jovem e vai demorar para me brindar com flores. Mas está indo muito bem, com novas raízes e um novo e belo broto. Difícil escolher qual variante é a mais linda! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia, tudo bem? É verdade, também tenho vontade de colecionar variedades desta espécie. Mas torço para que veja flores em breve, ela é bem precoce. Muito obrigado pela visita e pelo carinho do seu comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Oi Sérgio, você esqueceu de falar do perfume, como tudo nela, elegantíssimo. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vinicius, é verdade. Bem lembrado! Acho que mencionei o perfume em um artigo anterior. Muito obrigado pela participação e contribuição!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Ei Sérgio! Parabéns por mais essa flor! Tenho uma que cultivo num leque de madeira. Ainda é novinha, mas espero vê-la florir em breve. Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Suzana? Que legal saber que também tem uma! Vale a pena, torço para que a sua floresça em breve. Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Olá Sérgio! Parabéns, é incrível como esta belezinha atrai nossa atenção! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! Pois é, tenho fascinação por estas miniaturas. Que bom que gostou, muito obrigado pela visita!

      Excluir
  5. Oi querido amigo Sergio!
    Como esta pequenina orquídea, a princípio muito delicada por ser quase translúcida chamou a minha atenção...
    Ela se parece muito com uma "fantasminha" e puxa, realmente tem uma delicadeza e uma fragilidade difícil de explicar!
    Fiquei encantada, pois não sabia que as orquídeas também tivessem suas irmãs albinas. Esta quase foi albina não é?
    Fico impressionada que mesmo pela aparência frágil conseguem ser tão resistentes! :))))
    E originária da Mata Atlântica, que é de uma biodiversidade inigualável!

    Adorei, é claro!!
    Aproveito para desejar um lindo fim de semana amigo!!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana! Sim, esta já foi quase albina! Pois é, esta orquídea é uma das minhas preferidas. Sempre digo isso sobre várias, mas é verdade. Fico feliz por receber sua visita e mais ainda por saber que gostou desta pequena! Muito obrigado pelo carinho e consideração, sempre!

      Um grande beijo e um ótimo fim de semana!

      Excluir
  6. Um encanto. Ela é maravilhosa. Não deve ser adepta da mesmice e da rotina. Gosta de te surpreender. mime bastante ela. bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Ana Lucia? Que bom que gostou dela! Fico feliz por receber sua visita, muito obrigado pelo carinho e apoio!

      Um grande beijo!

      Excluir
  7. Serginho, é linda demais. Muito perfeita. Que cor maravilhosa. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Ana Lucia! Fico feliz, muito obrigado pelo carinho da sua visita!

      Um grande abraço!

      Excluir