Entrevista para a 'Como Cultivar Orquídeas'


Revista 'Como Cultivar Orquídeas', edição 77
Revista 'Como Cultivar Orquídeas', edição 77

Oi, Pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje, venho contar uma novidade especial. Acaba de ser publicada a entrevista que concedi à jornalista Cristina Tavelin, da tradicional revista Como Cultivar Orquídeas, em sua edição nº 77, já nas bancas.

Em julho deste ano, tive a surpresa de ser contactado pela jornalista Carolina Pera, que me convidou para conceder uma entrevista que seria publicada em uma seção especial da revista, que eu já acompanhava e admirava há algum tempo. Esta seção é chamada 'História' e conta a trajetória de orquidófilos e sua relação com estas plantas fascinantes.

Nunca sonhei que, um dia, eu faria parte desta área nobre da revista. A Carol acertou os detalhes para que o fotógrafo Hamilton viesse fazer fotos para a matéria. Os que cultivam orquídeas sabem que, apesar de termos um bom número de plantas, não é sempre que temos várias abertas ao mesmo tempo. Foi o que aconteceu na ocasião. Ainda assim o Hamilton, extremamente gentil e talentoso, conseguiu fazer algumas boas tomadas da varanda e das orquídeas.

Enfim, só tenho a agradecer a esta experiente equipe da Editora CasaDois, à Cristina Tavelin, Carolina Pera e Hamilton, pela alegria e honra de participar desta belíssima edição, como entrevistado. Vocês encontram a revista nas bancas.

20 comentários:

  1. Que beleza!! Cheia de expectativas! Parabéns a ti e aos editores. Tenho certeza que a matéria ficou interessante e rica. Buscando um exemplar... Grande abraço e parabéns pelo reconhecimento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Confesso que eu ainda não li a matéria! Mas fico muito feliz por ler seu comentário, você sempre um amor de pessoa. Muito obrigado pelo apoio e interesse, espero que encontre um exemplar!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Parabéns Sérgio... você merece todo e qualquer destaque, e este muito merecido, mesmo porque sei que contribuiu bastante também!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Jalo? Que alegria ler sua mensagem! É verdade, eu já havia escrito um artigo para esta revista, bem lembrado. Muito obrigado pelo apoio e consideração, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Sérgio querido amigo!

    Que honra! um exemplar com todas as informações que voce costumeiramente nos repassa. Parabéns! Voce merece esse prestigio todo! vou comprar logo um exemplar!

    Grande abraço e continue fazendo sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dinda! Imagine, bondade sua! Nesta entrevista, contei um pouco sobre minha trajetória, sobre os motivos que me levaram a cultivar orquídeas, a escrever o blog. Espero que goste! Muito obrigado pelo carinho, pelo interesse e por todo o apoio!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  4. Parabéns, Sérgio! Vou correndo comprar a revista. Isso é um merecido reconhecimento pelo seu trabalho. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Suzana? Imagine, bondade sua! Que legal, espero que goste da matéria. Muito obrigado pelo carinho e por acompanhar este trabalho!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Ola primeiramente parabens, adorei conhecer seu blog, :D e apaixonada por estas orquideas cada 1 mais linda que a outra.
    .
    Tenho umas duvidas sobre algumas orquideas.
    o caso são 3 phalaenopsis.

    1 (minha dica branca de pintas roxas) , comprei florida, e reguei muito e apodreceu as raizes, cortei elas e sobrou apenas 1 sadia verde gordinha, o superthive é bom pra ajudar criar novas raizes ? devo esperar acabar a floração para aplica-lo? pois as flores ja estao murchas (mas não secam logo).
    .
    orquidea 2 tbm com poucas raizes , folhas murchas e eu cortei acima do 3 nó , pra tentar recuperar.
    .
    vi que muitas pessoas fazem uti , colocando em garrafa pet, eu fiz mas em 2 dias percebi mofo bolor branco e retirei.
    ..
    estou triste e com medo de perder minhas preciosas. como faço agora ?
    obrigada




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Que alegria saber que está gostando do blog! Muito obrigado pelo apoio!

      No caso da orquídea 1, como ela está debilitada, sem raízes, você pode cortar a haste com as flores. Isso vai ajudar na recuperação. Dizem que o superthrive contém hormônios que ajudam o enraizamento, não sei se é verdade. Mas se você tem, vale a pena tentar.

      O mesmo conselho vale para a orquídea 2. Eu não tenho boa experiência com UTI, acho que no seu caso não será necessário. Basta mantê-las em local sombreado, bem ventilado, de modo que o substrato seque rápido. Evite molhar as folhas, principalmente o miolo.

      Grande abraço!

      Excluir
  6. Sergio, que honra amigo!
    Creio que você já esteja se tornando uma celebridade, pois é muito, muito incrível ser convidado para uma entrevista deste porte para uma revista tão recomendada e requisitada no mundo das orquídeas!

    Fiquei encantada e mais ainda, que você tenha apreciado a entrevista e se sentido bem, tanto com a entrevistadora e o fotógrafo que deve ter captado ângulos incríveis seus e das suas belas orquídeas.
    Aliás, você está muito bonito e elegante na imagem! Parabéns!!
    Vou ter que adquirir a revista, é uma edição histórica, sem sombra de dúvida!
    Parabéns amigo!!
    Desejo um fim de semana maravilhoso!
    E saiba que sua amiga aqui, mesmo distante no território, mas perto do coração, está muito orgulhosa de você!!!
    Beijos!! :)))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana! Imagine, quem sou eu! Ainda estou aprendendo, mas sou muito grato por tudo que tem acontecido nos últimos meses. Uma destas bênçãos é ter a amizade e o apoio de pessoas queridas como você! Muito obrigado, de coração, por todo o carinho e por acompanhar de perto esta trajetória!

      Um grande beijo e tudo de bom!

      Excluir
  7. Como é bom encontrar um bolg assim cheio de informaçoes, principalmente para os iniciantes como eu.
    ja aprendi com meus erros.
    em casa tenho uma phala e reguei demais, me aconselharam a cortar as raizes podres.
    restaram algumas, porem secaram,
    Por fim minha phal esta sem raiz nenhuma, ela pode voltar a brotar raizes ou ja é caso perdido ?
    obrigada e parabens pelo blog e pelo reconhecimento
    att luiza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza, tudo bem? Fico feliz por saber que gostou do blog! Que pena, sinto muito sobre o que aconteceu com a sua Phalaenopsis. Sim, ela pode emitir novas raízes. Basta deixá-la em um local sombreado, com boa ventilação e umidade ambiente, sem contudo encharcá-la. Você também pode tentar um método chamado UTI para orquídeas, talvez ajude.

      Um grande abraço e muito obrigado pela visita!

      Excluir
  8. Oi Sérgio. ...boa noite....adorei seu blog!!! parabéns pela entrevista ... amanhã mesmo vou na banca bjos ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabiana! Boa noite! Que alegria receber sua visita, que bom saber que gostou do blog! Muito obrigado pelo apoio, espero que goste da entrevista!

      Bjos e tudo de bom!

      Excluir
  9. Ola Sergio boa noite, tenho uma duvida, axo que em parte tenho culpa,
    comprei uma phalaenopsis no ceasa (elas sempre estao com plastico cozinhando)
    e percebi que alem dela estar super encharcada, algumas raizes estavam podres, e o substrato estava embolorando, felpudinho sabe
    **ela esta com flores e 2 botoes timidos.
    quarta feira ontem (dia da compra) ja tirei ela do substrato e deixei ela secar, cortei umas 3 raizes podres, e coloquei ela num substrato novo e sequinho.
    não cobri muito as raizes, hj coloquei um pouco mais de pinus e fibra , cobrindo a raiz , e não molhei,
    apenas borrifei a raiz com uma mistura bemm fraquinha de superthive.
    ela esta na sombra e om luz.
    porem as folhas deram uma leve murchada e a ponta de todas as folhas estao começando a secar.
    algumas folhas estao ficando levemente marrom, como se eu tivesse esturricado as pontas com ferro de passar.
    o que acontece ?! e oq devo fazer ?
    .
    E toda orquidea nova antes de entrar em casa eu borrifo oleo de Nim a noite.
    muito obrigada
    boa noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Boa noite! Que pena, acho que você fez tudo certo. O único porém é que seria aconselhável evitar mudar o substrato enquanto ela estiver florida. Neste período, a planta requer mais energia e fica mais fragilizada. Uma coisa que você pode tentar para ajudar seria cortar a haste floral, dando mais chance para a planta se recuperar.

      Outra coisa que pode ajudar é colocar um recipiente raso (pratinho, bandeja) embaixo do vaso, com pedrisco e uma lâmina de água, sem tocar o fundo do vaso. Vai ajudar a manter a umidade. Boa sorte!

      Um grande abraço!

      Excluir
  10. Oi Sergio,parabéns pelo blog! eu gostaria de saber, como faço para recuperar uma orquidea que está quase morta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudia, tudo bem? Que bom que está gostando, muito obrigado pela visita! Neste caso, o pessoal costuma utilizar uma técnica chamada UTI para orquídeas. Há vários métodos, que você encontra no Google. Nem sempre funciona, mas vale a pena tentar.

      Um grande abraço!

      Excluir