O desabrochar de uma orquídea exótica


Dendrobium purpureum album
Dendrobium purpureum album

Oi, Pessoal, tudo bem? Estamos a poucos passos da floração completa desta bela orquídea asiática, o Dendrobium purpureum album. Caso queiram rever os estágios anteriores destes curiosos botões florais, basta acessar estes links para o primeiro artigo, mostrando o início do desenvolvimento, e o segundo post, com a imagem de uma etapa intermediária.

Os botões florais desta orquídea tornam-se mais brancos com o passar dos dias. Concomitantemente, a inflorescência vai se expandindo e mudando de forma. Na imagem em destaque, já é possível observar as primeiras flores abertas, na parte inferior do conjunto floral. É impressionante como esta orquídea vai se transformando, dia após dia.

Devo confessar, no entanto, que todo este mise-en-scéne não reflete a realidade da floração desta orquídea. A frequência com que mostro as etapas não corresponde à velocidade do processo em tempo real. Na verdade, as flores já estão até murchas, neste exato momento. Prometi que não faria muito suspense, mas não resisto em mostrar cada detalhe deste belíssimo e delicado desabrochar, ausente por tantos anos aqui no apartamento.

Como de costume, prometo voltar em breve com a foto das flores completamente abertas. A surpresa que fiquei de contar pode ser antevista na imagem acima. Na floração deste ano, excepcionalmente, esta orquídea nos presenteou com inúmeras inflorescências, mais de uma dúzia delas. Aos poucos, vou mostrando a evolução das outras flores e botões florais, está ficando muito bonito.

10 comentários:

  1. Está linda!! Que maravilha, esse desabrochar! No aguardo… Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Que bom, prometo trazer novidades, em breve! Muito obrigado pela visita e por acompanhar o processo!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Sérgio, querido amigo!

    Que imagem impressionante essa do desabrochar de inúmeras e delicadas flores. Deve ter sido um sonho para voce acompanhar dia a dia, o desenvolvimento desses tufos brancos. E agora, nos presenteia com algo tão bonito….perfeitas!
    Parabéns pelo maravilhoso resultado. A natureza é sábia e….bela.

    Um grande e afetuoso abraço,

    Dinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dinda, tudo bem? De fato, foi uma experiência incrível. A cada dia, temos uma orquídea diferente. Fico feliz por saber que gostou, muito obrigado pelo carinho da mensagem, sempre gentil e construtiva!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  3. OLA SERGIO …. AH … QUE LINDA !!!!
    NÃO VEJO A HORA DE VÊ-LA COMPLETAMENTE ABERTA.
    E QTO TEMPO ELA PERMANECEU ABERTA?
    NO AGUARDO DA PRÓXIMA POSTAGEM ….DESEJO QUE
    TENHA UM BOM DESCANSO .BJK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leila! Que bom que gostou desta orquídea! Infelizmente, estas pequenas flores não duram muito tempo. À medida que os botões vão abrindo, as flores mais antigas já começam a murchar. Existe um curto período em que todas ficam belas e abertas. Vou mostrar o resultado, em breve! Muito obrigado pela visita e pelo interesse!

      Um grande beijo e até mais!

      Excluir
  4. De tanta beleza nesta orquídea, pouco importa o seu tamanho pequeno, pois se trata de desenvolver uma forma bastante apreciável!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! Pois é, concordo com você! Apesar do tamanho, esta orquídea chama bastante a atenção. Que bom que gostou, muito obrigado pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Parabéns pela postagem. Tenho muitos Dendrobiuns, mas esta é difícil de encontrar. Esta flor desta espécie é muito cativante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sussumu! Tudo bem? Que bom que gostou, muito obrigado! De fato, esta é um pouco mais difícil de ser encontrada. Eu já vi em alguns orquidários e em exposições. Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir