Um Dendrobium solitário


Dendrobium loddigesii

Conforme prometido, e com um pouco de atraso, trago hoje a flor desta delicada orquídea, Dendrobium loddigesii, cujo botão floral apresentei há algumas semanas.

Esta é uma orquídea típica do Laos, Vietnam e China, que costuma florescer no início da primavera. Quando tudo corre bem, é comum vermos inúmeros pseudobulbos enrugados e sem folhas repletos de flores. Eu nunca tive o privilégio de presenciar esta cena. Por aqui, o máximo que obtenho é uma flor por ano. E olhe lá.

A vantagem desta tímida floração é que sou praticamente obrigado a apreciá-la em seus mínimos detalhes. Na ausência da exuberância do conjunto, a flor solitária nos convida a admirar sua insólita paleta de cores, a textura da pétala e da sépala contrastando com o labelo felpudo. Até mesmo suas delicadas franjas, que nunca reparo a olho nu, tornam-se um exótico adereço.

Desta feita, fotografada sob um ângulo menos convencional, esta pequena orquídea revela a beleza de sua tridimensionalidade, com formas quase aerodinâmicas. Um convite para um delicado voo solitário.

12 comentários:

  1. Esta franjinha é linda!! Me encantei quando a vi pela primeira vez… Suas cores são lindas, também. Pena que economize nas flores. Parabéns pelo cultivo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Também gostou bastante! Que ótimo receber sua visita, muito obrigado pelo comentário e pelo apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Olá Sérgio…às vezes a natureza nos prega peças: o fato de ser apenas uma flor solitária a torna ainda mais admirada e digna de atenção, como vc “disse”, se fosse um conjunto de flores talvez não lhe fosse permitido observar detalhes em minúcias.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo, tudo bem? É verdade, tudo acaba tendo seu lado bom. Fico feliz por receber seu comentário, você sempre apoiando este trabalho. Muito obrigado por tudo!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Nossa como e linda a natureza e vendo as sua orquideas me deixa ainda mais apaixonada por plantas, parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Marly? Que bom saber que está gostando das orquídeas! Muito obrigado pelo comentário e pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Parece que vem solitaria só para te contar um segredo. Veja como parece que ela quer dizer algo. Assim magestosa em suas cores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pérola! Que linda a sua mensagem! É verdade, a seu modo ela diz bastante coisa! Que bom que gostou, muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Como vai Sergio?
    Deve estar ótimo, pois ao lado de uma orquídea desse porte tão majestoso vencemos todas as dificuldades não é?
    Que encanto, que maravilha da natureza!
    Seu post está perfeito a a frase que usou para descrever as características da orquídea está tão bela que fiz questão de compartilhá-la nas minhas redes sociais exatamente como mencionou, pois foi de uma intensidade inenarrável!!

    Obrigada por sempre nos trazer maravilhas e encantos amigo querido!!
    Hoje é apreciar e sonhar!!
    Beijos e uma semana muito, muito linda! :)))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana, tudo bem? De fato, esta orquídea é uma guerreira! Mas que bom saber que gostou do post! Imagine, muitíssimo obrigado pelo carinho e consideração de compartilhá-lo em suas redes sociais! Você sempre generosa.

      Que ótimo vê-la por aqui, agradeço de coração por todo o apoio, sempre!

      Um grande beijo e uma ótima semana para você também!

      Excluir
  6. miriam marta de souza15 de maio de 2015 20:32

    Eu amo orquidea depaixao tenho um pequeno orquidario onde passo.meu tempo contemplando tanta beleza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miriam Marta! Tudo bem? Que ótimo saber disso, fico contente!

      Muito obrigado pela visita e pelo comentário, adorei!

      Um grande abraço!

      Excluir