O recomeço de um Dendrobium


Orquídea Dendrobium Stardust 'Chiyomi'
Dendrobium Stardust 'Chiyomi'

Esta é uma orquídea que já teve seus dias de glória. Em sua primeira floração aqui no apartamento, produziu uma belíssima coluna repleta de flores amarelas, que vocês podem relembrar através deste post de 2012.

Trata-se do Dendrobium Stardust 'Chiyomi', um híbrido que faz bastante sucesso entre os amantes de orquídeas. Ele também pode ser encontrado nas versões laranja e pink, que estão na minha lista de compras. Ainda não adquiri estas outras variedades porque fiquei assustado com o decaimento acelerado que sofreu esta orquídea amarela.

Em 2013, um ano após aquela bela floração, este Dendrobium já não se saiu muito bem. As flores vieram tão desenxabidas que nem me animei a fotografá-las. Em 2014, ele simplesmente não floresceu. A orquídea ficou tão mirrada que mal se aguentava em pé. Por sorte, e para minha surpresa, um keiki que eu havia separado no ano anterior acabou florescendo antes da planta mãe.

Como é um clone da orquídea principal, este keiki poderá agora dar continuidade ao ciclo natural da vida, perpetuando seus genes através das próximas gerações. Além disso, há ainda a possibilidade da planta mãe se recuperar. De uma forma ou de outra, anseio pelo dia em que esta orquídea voltará a nos presentear com um espetáculo de floração.

12 comentários:

  1. É dessa que eu tenho! tenho nas 3 cores, mas preciso estudar mais e melhor, para cuidar direito delas…

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gabriela, que legal! Parabéns pela coleção, eu também preciso estudar mais para não perder estas orquídeas! Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Eu também estou meio triste com dois Dendrobiuns que não reagem já algum tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Lucia, que pena! De fato, eles são meio temperamentais. Desejo que os seus se recuperem em breve! Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Eita Sérgio, que história interessante hein!!
    Gostei bastante da trama e da narrativa; talvez seja uma característica de alguns dendrobiums: produzir keikes (muitos keikes), pois a vida será mais curta para a planta matriz….
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! É verdade, bem pensado! Fico feliz por saber que gostou, muito obrigado pela visita e pela valiosa contribuição!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Meu amigo,eu também tenho passado algumas tristezas,mas também algumas alegres surpresas com essas nossas queridas plantinhas do gênero “Dendrobium”. Mas no geral, posso dizer que aqui, em nosso singelo jardim carioca, elas são as orquídeas que costumam florescer mais, e algumas vezes nos dão flores até mais de uma vez no mesmo ano, fato que sempre me dá imensa alegria. Claro que também já tive tanta tristeza em vê-las desfalecerem e minguarem sem nenhuma explicação aparente… Coisas das orquídeas,né? Pois acredito mesmo que nem sempre essas plantas encantadas apreciem e se adaptem ao lugar que escolhemos pra elas como morada…E quantas vezes eu culpo este clima que anda tão calorento e seco aqui do Rio de Janeiro…Acho que nem eu e nem as orquídeas apreciamos muito…(Rs…) Mas eu espero realmente que esta tua nova e pequena “Dendrobium” possa mesmo se tornar uma bela e saudável planta adulta, e que possa te oferecer novamente este lindo espetáculo de floração amarela!
    Um abraço grande das flores daqui!!!!
    Teresa
    (“Se essa lua fosse minha”)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teresa! Que ótimo saber que suas orquídeas Dendrobium estão florescendo bem! Parabéns! Por aqui, as coisas vão mais devagar. Suas plantas são um sonho, seu jardim um lugar mágico. Admiro bastante este seu dom com as flores. Muito obrigado por compartilhar sua experiência conosco, adorei! Também agradeço pela visita, sempre tão carinhosa!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  5. Qué bella flor amarilla! pareciera que tuviera dibujadas las ramas de un árbol, es una exquisitez de orquìdea. Me gustan mucho los Dendrobiums. Fìjate Sergio, a mí me floreciò un D nobile con sólo dos florecitas, y cuando lo comprè traìa como 10!!! Sin embargo estas dos flores me conmovieron y nacieron de un pseudobulbo viejo, tù sabes que los Dendrobiums son de las pocas orquídeas que florecen de pseudobulbos viejos. Disfruta tu flor como yo disfruto las mías, siempre son un regalo para nuestro corazón .
    Un fuerte abrazo, amigo. Desde Venezuela :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elena! Que alegria receber sua mensagem! Com certeza, vou desfrutar de cada flor que aparecer por aqui, por menor que seja! Parabéns pela floração do seu Dendrobium e muito obrigado por compartilhar esta alegria conosco! Também agradeço de coração por este lindo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Karen Alexandra Monaco15 de maio de 2015 07:13

    Olá,Sergio!Queria te parabenizar pelo seu belo trabalho com as orquídeas,ainda sou novata na orquidofilia,e confesso que já aprendi bastante com seus comentários pertinentes e com as lindas fotos de suas flores!Ganhei minhas primeiras orquìdeas meio repentinamente,quando a mãe de uma grande amiga partiu deste mundo,e minha amiga teve que se desfazer das plantas pois aonde ela iria morar não teria espaço.Desde então,após perder várias delas,comecei a estudar para aprender como cuidá-las para evitar mais perdas. A partir daí,me apaixonei pelo novo hobbie!Hoje possuo 37 vasos,com diversas espécies:cattleyas,phalaenopsis,cymbidium,coelogyne,denphal,potinara,vanda…Cada dia aprendo mais,e seu trabalho me serve de inspiração!Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karen! Tudo bem? Que belo e emocionante relato, adorei conhecer o início da sua história com as orquídeas! Parabéns pelo sucesso e dedicação, muito obrigado pelo carinho de compartilhar sua experiência conosco! Que bom saber que está gostando do blog, agradeço pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir