Uma mini-orquídea que vale por duas


Mini-orquídea Laelia alaorii
Laelia alaorii

Já falei para vocês, algumas vezes, o quanto gosto desta delicada mini-orquídea, Laelia alaorii, de fácil cultivo e floração frequente. Possuo dois exemplares, que produzem flores brancas com leves nuances em rosa. Devido a este detalhe, não são consideradas formas albas, mas sim albescens.

O fato é que, há bastante tempo, venho procurando a forma tipo desta orquídea, que é rosada. Embora seja a coloração mais comumente encontrada, eu nunca havia conseguido adquirir um exemplar. Neste ano, para minha surpresa, eis que uma das orquídeas floresceu exatamente nesta coloração, totalmente diferente das florações anteriores.

Adorei a surpresa, embora não saiba o que desencadeou esta variabilidade. Como são orquídeas que crescem muito rápido, e já estavam saindo do vaso, fui obrigado a replantá-las. Elas o-di-a-ram. Ainda mais com este calor insuportável que está fazendo. As coitadas ficaram com as folhas e pseudobulbos enrugados. Temo que uma delas esteja a um passo do paraíso...

Mas sigamos em frente. Por ora, deixo vocês com a imagem desta bela e incomum floração rosada, da minha mini-orquídea de dupla personalidade. Vou mantê-los informados sobre o estado de saúde destas pequenas debilitadas.

14 comentários:

  1. Maravilhada… estou maravilhada!! Que delicadeza, que sutileza de cor! Parece algodão-doce… Espero, do fundo do coração, que elas se arrependam e se recuperem, prontamente. Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Parece mesmo, que bela comparação! Tomara que sim, muito obrigado pela preocupação e pelas palavras de apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Américo Pereira15 de maio de 2015 20:33

    Olá Sérgio,
    Sempre que vejo sua Laelia alaorii florida fico maravilhado com tanta beleza e que considero a mais especial neste género. Com certeza que suas mudas irão vingar, pois, apesar de por vezes termos que enfrentar alguns fracassos, as orquídeas sempre nos mostram grande capacidade de regeneração e de resistência.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Américo? Que alegria receber sua visita! Pois é, também gosto bastante desta espécie, espero que sobrevivam! Muito obrigado pelas palavras de apoio e pelo prestígio do seu comentário aqui no blog!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Francine Lacerda15 de maio de 2015 20:34

    Aqui aconteceu o contrário. Comprei como tipo, mas a flor nasceu quase branca. :)
    De qualquer cor essa menina é linda demais. Uma das minhas favoritas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Francine, que legal! Parabéns, afinal a branca é mais rara! Mas concordo com você, ela é sempre muito bonita! Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. maria de jesus silva delima15 de maio de 2015 20:34

    COMO COMPRA NÃO ACHO A PAGINA DE COM PRA NÃO PREÇO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria de Jesus! Infelizmente, nós não vendemos orquídeas. As plantas que mostro aqui no blog são de uma coleção particular, são cultivadas em apartamento! Muito obrigado pela visita e pelo interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Oi Sergio. Essa baianinha é mesmo incrível, seja de qualquer cor né ?. Sobre a mudança de coloração, eu já ouvi falar que quanto mais luz ela recebe mais escura, será que foi isso ?
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vinicius, tudo bem? Pois é, gosto bastante dela, independentemente da cor! Que interessante esta influência da luminosidade sobre a cor! Se bem que eu não a mudei de local, mas é um ponto a se averiguar. Muito obrigado pela visita e pela informação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Realmente linda.

    Para esta q está enrugada não dá p colocar no “CTI”?

    Bia sorte c ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andrea! Que bom que gostou! Sim, acho que vou acabar fazendo isso! Muito obrigado pela visita e pela ajuda!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. OLA QUERIDO !!!!

    DESEJO QUE AS SUAS MENINAS SE RECUPEREM E TE SURPREENDEM SEMPRE.
    FORTE ABRAÇO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leila! Que bom, tomara que sim! Muito obrigado pelo carinho e apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir