Mini-orquídea branca de neve


Mini-orquídea Laelia alaorii
Laelia alaorii

Esta pequena orquídea branca, Laelia alaorii albescens, já apareceu várias vezes aqui no blog. Não sem um bom motivo. Extremamente produtiva, é uma mini-orquídea que chega a florescer três vezes ao longo do ano. A cada nova aparição, não consigo me conter e acabo mostrando-a novamente para vocês.

Trata-se de uma orquídea que está em constante transformação. A cada novo desabrochar, há sempre uma pequena surpresa. Ela já surgiu bem pequena, do tamanho de um dedal, alvíssima. Para relembrar o figurino, vocês podem acessar este artigo. Com o tempo, a flor vem aumentando de tamanho.

Desta vez, este prodígio de mini-orquídea veio fazendo jus ao nome. Ela é filha de Laelia alaorii alba ‘Snow Flakes’ e Laelia alaorii alba ‘SC’. Suas pétalas e sépalas completamente brancas contrastam com o labelo rosado. O interessante é que a palavra labelo vem do latim labellum, que significa pequeno lábio.

Como a famosa princesa da Disney, esta delicada orquídea exibe sua tez alva como a neve e os lábios rosados (infelizmente, não são vermelhos como o sangue). Na falta dos cabelos negros como o ébano, contentemo-nos com o fundo do veludo preto.

14 comentários:

  1. Marilia Ventadorn15 de maio de 2015 21:53

    Lindo! A orquídea é maravilhosa, delicada. Parabéns pelo artigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marilia, tudo bem? Que bom que gostou da orquídea e do artigo, fico feliz! Muito obrigado pela visita e pelo carinho do comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Oi Sergio. Parece haver uma unanimidade em torno das walkerianas, falam que a feiticeira é a orquídea mais perfeita do mundo, mas pra mim o prêmio de + perfeita vai pra essa baianinha, que elegância hein ? e também pra uma prima dela mexicana a Laelia furfuracea.
    Parabéns.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Vinicius? Pois é, concordo plenamente com você! Apesar de admirar as walkerianas, escolheria com certeza esta delicada alaorii. A furfuracea eu não conheço, vou pesquisar! Muito obrigado pela visita e pelo comentário, que vem a enriquecer o artigo!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. É mesmo uma bela planta; a flor, então dispensa comentários! Por favor, não se canse de mostrá-la (sempre que possível), a gente vai agradecer continuadamente!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! Que bom saber que não se cansa de ver esta flor! Fico feliz e prometo mostrá-la sempre que ela aparecer por aqui! Você sempre muito gentil, agradeço pela visita e apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. um espetáculo! ela se mostra cada vez mais bonita, está crescendo também? Esta veio com que tamanho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Sim, a cada floração ela vem um pouco maior. Esta está com uns 4 cm de diâmetro. Que bom que gostou, muito obrigado pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Américo Pereira15 de maio de 2015 21:55

    Olá Sérgio,
    Estou deliciado com esta maravilha e nunca me canso de ver suas novas florações. Muita delicadeza, suavidade e perfeição de formas.
    Aproveito para lhe comunicar que, na minha lista de blogs favoritos, já atualizei o seu novo endereço.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Américo! Tudo bem?

      Que ótimo receber a sua visita, fico muito contente! É uma alegria saber que está gostando das florações desta pequena!

      Muito obrigado pela gentileza de atualizar o endereço, peço desculpas pelo transtorno. Também agradeço imensamente pelo prestígio da sua visita e do seu comentário, sempre muito importante para mim!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Teresa S. Esteves15 de maio de 2015 21:56

    Simplesmente uma pequenina jóia, branquinha e delicada como a neve!!! Achei-a belíssima e cheia de encanto!!! Pois é, amigo Sérgio, não é à toa que sempre ela retorne aqui ao blog, nos trazendo aquela sensação de paz, suavidade e beleza tão especial…Ela é mesmo muito linda e charmosa!!! Muito obrigada por compartilhar toda esta delicadeza conosco, e que ela ainda nos alegre muitas vezes mais com suas maravilhosas e delicadas florações!!!
    Tudo de muito bom pra ti e um abraço grande das flores daqui!!!
    Teresa
    (“Se essa lua fosse minha”)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teresa! Pois é, eu também gosto bastante desta miniatura branca! Fico feliz por saber que apreciou esta singela floração. Muito obrigado pela participação, sempre muito importante para mim!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Caro Sergio,
    Espetacular essa mini orquidea.Mudei para um apartamento e teria o máximo prazer de cultivar as mini em minha varanda ,porém não sei onde e como adquirir estas maravilhas .Seria possível você me orientar?
    Quero ainda parabeniza-lo pelo seu trabalho que ao meu ver eh único .
    Muito obrigada.
    Dorothy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dorothy, tudo bem? Que bom saber que está gostando do blog, muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio!

      Infelizmente, não é muito fácil encontrar estas miniaturas. É preciso ir garimpando, geralmente em exposições de orquídeas. Também é possível encontrá-las em orquidários, tanto em lojas físicas como aqueles que vendem pela internet. Neste último caso, é importante tomar cuidado com a qualidade do vendedor. Espero que consiga encontrá-las e iniciar a sua coleção!

      Um grande abraço!

      Excluir