Reflorescer no Hospital das Orquídeas


Cymbidium híbrido
Cymbidium híbrido

O cultivo de orquídeas é uma atividade que vem se popularizando a cada dia. No entanto, ainda hoje, é comum vermos orquídeas sendo descartadas após o término de suas florações. Algumas pessoas simplesmente não sabem que a planta é capaz de florescer novamente. Outras não têm tempo ou paciência para cultivar a orquídea por um ano ou mais, até que ela refloresça.

Felizmente, têm sido cada vez mais frequentes as iniciativas que visam a reciclagem destas plantas, salvando-as do triste fim na lixeira. Em São Paulo, é bastante comum encontrarmos orquídeas amarradas aos troncos das árvores, nas calçadas ou nos jardins dos condomínios. No entanto, na primavera de 2012, um projeto pioneiro tornou-se realidade em um local inusitado: a Igreja Metodista Livre da Saúde. Com o apoio e incentivo de seus pastores, Kodo Nakahara e Ziel Machado, um grupo multidisciplinar de amantes das orquídeas criou um espaço para recuperar plantas que seriam jogadas fora.


Cymbidium híbrido
Cymbidium híbrido

O local de cultivo, nas dependências da Igreja, vem sendo carinhosamente chamado de Hospital das Orquídeas. O projeto foi batizado de Reflorescer e a equipe é composta por Timóteo Iamamoto (engenheiro agrônomo), Irene Iamamoto, Lila Hanashiro (arquiteta), Daniel Katayama (médico), Massaru Nanya e este blogueiro que vos escreve. Além do orquidário, a equipe vem cuidando da manutenção de todos os aspectos ligados à jardinagem e ao paisagismo da Igreja. 

Junto com o lado lúdico e repousante, o cultivo de orquídeas traz consigo o despertar de um senso de responsabilidade ambiental, podendo tornar-se uma importante ferramenta educativa neste sentido. Periodicamente, são realizadas oficinas de cultivo e replante de orquídeas, no espaço do orquidário. Além de aprender sobre os principais cuidados, os participantes podem trazer suas plantas problemáticas. As orquídeas recuperadas, uma vez floridas, recebem uma placa de identificação, já que dificilmente chegam com nome.


Cymbidium híbrido
Cymbidium híbrido

A maioria das orquídeas que participam do projeto é composta por exemplares híbridos, comumente encontrados em floriculturas e até supermercados. Há muitas orquídeas dos gêneros Phalaenopsis, Dendrobium e Cymbidium. Este último floresceu bastante neste inverno e já foi utilizado por diversas vezes na ornamentação do salão de culto. As fotos que ilustram este artigo são de orquídeas que refloresceram no hospital.


Cymbidium híbrido
Cymbidium híbrido

Agora, além das Orquídeas no Apê, vocês poderão acompanhar as florações do Hospital das Orquídeas aqui no blog, ao longo dos próximos artigos. Os locais e as condições de cultivo são completamente diferentes e será uma boa oportunidade para aprendermos a lidar com estas variáveis.

Mais do que um local para recuperar plantas, este projeto Reflorescer tem exercido um papel muito importante nas vidas de todos que dele participam. O renascimento das orquídeas traz consigo um sopro de esperança, uma alegria de viver. Tem sido extremamente gratificante fazer parte deste processo. Aos pastores, aos membros da equipe e da comunidade da Imel Saúde, deixo meu muito obrigado pela companhia, apoio e carinho.

37 comentários:

  1. Que bela iniciativa! Atitudes assim, surpreendentes, fazem a gente ter esperanças num mundo mais sensível e mais humano, onde as pessoas se envolvam em proteger e criar condições para o renascimento. Pode ser de plantas, de orquídeas, de animais de rua... Muito bom poder acompanhar esse trabalho, mesmo de longe. Parabéns a todos os envolvidos e meu desejo de muito sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Que alegria e que honra contar com a sua companhia e apoio nesta jornada! O projeto é pequeno, mas tem sido um importante espaço de convívio e aprendizado.

      Muito obrigado pelo carinho e incentivo, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Adorei essa iniciativa. Muita gente ama orquídea mas nao tem noção de cuidar delas e acabam prejudicando as coitadinhas ao invés de deixá-las bonitas. O jeito é deixar nas mãos de especialistas...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivani, tudo bem? Para mim é sempre um prazer recebê-la neste espaço! Admiro muito seu trabalho e sinto-me honrado com o seu apoio! Que bom saber que gostou, muito obrigado pelas palavras de incentivo!

      Um grande abraço!

      Excluir

  3. Sergio,que legal!..?Adorei essa sua idéia de falar desse espaço de recuperação!...Muito bom!...ansiosa aqui pelas novas postagens!..Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Suely! Fico feliz por saber que gostou! Já deveria ter abordado este tema há mais tempo, somente agora consegui umas fotos decentes. Muito obrigado pelo apoio, carinho e interesse. Prometo mantê-la informada sobre o andamento do projeto!

      Beijo grande e tudo de bom!

      Excluir
  4. Bela iniciativa , quem sabe quando estiver cheia demais elas não possam ir para os parques da cidade pra dar uma embelezada a mais rs , e belas fotos , parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bruno, tudo bem? Eu espero, de coração, que isto possa acontecer! Excelente a sua sugestão! E que bom saber que gostou das fotos, fico contente! Muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Olá Sérgio! Que bela iniciativa! Parabéns para a equipe! Quando acontecerá a próxima oficina de cultivo e replante? Gostaria de participar, se possivel Bja

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vânia! Fico feliz por saber que gostou, muito obrigado pelo apoio! A próxima oficina está programada para setembro, no início da primavera! Assim que estiver tudo confirmado, eu lhe aviso!

      Um grande abraço!

      Excluir
    2. Obrigada, Sergio! Fico no aguardo! Bjs

      Excluir
  6. O que é um projeto fantástico! Parabéns por essa atividade e voltar a florescer estas belas plantas. Parabéns. Nós convidamos você a enviar post para a Comunidade se se sente bem. Obrigado Sergio. https://plus.google.com/communities/107803819979254791215?hl=es&partnerid=gplp0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angel, que ótimo receber a sua mensagem! Muito obrigado pelo apoio, vou visitar sua comunidade, sim!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Puxa que fantástico Sérgio; é incrível que existam atitudes e projetos como esses...a lixeira nunca deve ser o final de uma orquídea, seja ela qual for!
    Agradecemos esta postagem exemplar!
    Abraço e boa sorte no "Renascer"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo, tudo bem? Que bela mensagem, adorei! Muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio! Fico feliz por saber que gostou!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Olá Sérgio, boa tarde amigo!
    Que coisa linda, que projeto maravilhoso!

    Nossa, como as pessoas podem ser más não é? Fazem com as orquídeas o mesmo que fazem com os animais.. Os abandonam, à certa altura da vida, depois que não possuem mais "serventia".
    No caso das orquídeas ,por não mais florescerem mais : isso foi chocante. Um nível de crueldade sem fim!

    Mas ainda bem que existem pessoas do bem como você e os demais que apoiam e fazem este maravilhoso projeto crescer e tomar uma dimensão maravilhosa!
    Projeto lindo e louvável: Hospital das Orquídeas! Puxa, não poderia ser mais apropriada a denominação!
    E as imagens das orquídeas recuperadas impressionam de tão belas amigo!
    Estou impressionada!!

    Parabéns, mais uma vez!
    Encantada com tanta generosidade da sua parte!
    Beijos e uma semana maravilhosa, com muitos salvamentos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana! Pois é, concordo com você. No caso dos animais, esta atitude é ainda mais grave. No caso das orquídeas, muitos as abandonam por não saberem que podem florescer novamente.

      Mas que bom saber que gostou deste projeto! Muito obrigado pela visita e pelas carinhosas palavras de apoio! Sou sempre muito grato pelas suas mensagens aqui no blog!

      Beijo grande e uma ótima semana para você também!

      Excluir
  9. Amigo, esse sentimento de salvar as orquídeas depois que terminam a floração me ocorreu quando soube que um Shopping Center da zona sul do RJ, descartava as coitadas no lixo. Fui lá e catei várias. A minha fama de Dedo Verde na família não é segredo pra ninguém, sempre dou um UP nas plantas da minha mãe que não mora comigo e agora o meu filho que foi morar sozinho já adiantou que ao terminar a floração de suas orquídeas (ele aprendeu comigo a gostar de plantas) vai trazê-las pra mim. Realmente me identifico muito com as pessoas que pensam na manutenção da vida. Parabéns e sucesso nessa nova empreitada. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Lucia, que ótimo saber desta sua atitude! Parabéns! Também fico feliz por receber a sua visita e o seu apoio, muito obrigado pelas palavras de incentivo!

      Beijos e tudo de bom!

      Excluir
  10. Olá,Sérgio!
    Sei que ando bem sumida, mas nunca me esqueço deste teu cantinho tão especial e florido. E hoje, confesso que fiquei daqui até emocionada ao saber desse projeto original e maravilhoso da igreja metodista,do qual você tão carinhosamente participa...Que idéia mais linda e tão edificante, unindo a força da palavra de Deus à beleza de Sua Criação! Parabéns à todos os participantes e aos incentivadores deste adorável projeto! Se mais projetos como esse se espalhassem pelas outras igrejas e comunidades, imagine a diferença que iriam fazer, distribuindo a beleza e o encanto das orquídeas e ao mesmo tempo, uma visão maior sobre a educação ambiental. Meus parabéns novamente à todos e muito sucesso para esse admirável e com certeza, abençoado, "hospital das orquídeas"!!! Deus abençoe vocês sempre!!!
    Meu abraço carinhoso e tudo de muito bom pra ti!!!
    Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teresa, tudo bem? Que ótimo receber a sua visita! Fico muito feliz por saber que gostou do projeto! Concordo plenamente com você, seria ótimo que outras comunidades fizessem o mesmo! Seus comentários são sempre muito importantes para mim, muito obrigado pelo carinho e apoio, sempre! Amém!

      Um grande abraço e tudo de melhor para você também!

      Excluir
  11. Maria Socorro de Sá Liberato7 de agosto de 2014 03:03

    Não conhecia esse projeto mas gostei muito. Já a algum tempo cuido das orquídeas de uma amiga, ela ganhou uma e não sabia como cuidar, pediu para que eu ficasse com ela, quando floriu novamente eu levei pra ela. Está linda já na terceira florada depois ela ganhou outra e me trouxe, ela fala que são minhas filhas adotivas, quando estão bonitas e florida vai para a casa dela, quando as flores acabam elas voltam. Outro dia uma amiga ficou sabendo e me trouxe uma quase morta, depois de alguns cuidados já apareceu novos brotos e parece que também uns botões, vou esperar para contar-lhe a novidade. Estou feliz em saber da iniciativa do "hospital das orquídeas" que mais pessoas possam também seguir esse exemplo. O seu artigos tem me ajudado muito a conhecer mais e cuidar da minha pequena coleção. Obrigada e um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Socorro, que legal! Parabéns pelos cuidados com as orquídeas da sua amiga, que belo gesto! E que bom saber que gostou desta iniciativa, muito obrigado pelo comentário e pelas palavras de apoio! Fico feliz por saber que os artigos estão sendo úteis!

      Imagine, eu que agradeço pelo carinho e consideração! Um grande abraço!

      Excluir
  12. Olá Sergio! Tudo bem? Me chamo Grazielly. Parabéns pelo seu trabalho! Lindo! E mais parabéns por essa matéria sobre o projeto Reflorescer! Exemplar! Sou formada em Direito, mas estou pensando seriamente em trabalhar com plantas aqui na minha cidade (flora, floricultura ou viveiro de mudas). As plantas aqui são caras, temos que comprar fora mesmo ou pela net, mas mesmo assim muitas orquídeas ainda são muito caras. Minha mãe tem algumas orquídeas e vários outros tipos de plantas. Ela está me ensinando a cuidar de todas. Eu estou amando! Completamente apaixonada! Fiz algumas mudas de frutíferas (eu fiz o cultivo das sementes e consegui a germinação com sucesso). Fiquei radiante! Até hoje me sinto! Uma das minhas mudas foi plantada em um clube da minha cidade. Esse Projeto Reflorescer podia ser implantado em todos os Estados com a ajuda das associações orquidófilas e profissionais (orquidófilos, biólogos, botânicos, agrônomos, etc). Eles podiam divulgar no facebook o projeto e ampliar a atuação em todo o território nacional. Parabéns pelo seu belíssimo trabalho! Tudo de bom! E conte sempre conosco admiradores, fãs e protetores das plantas, da vida em geral (seja ela humana, animal ou vegetal). Parabéns! Abraços! Tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Grazielly, tudo bem? Por aqui, tudo certo! Que alegria receber a sua visita e ler o seu comentário! É graças a leitores entusiasmados como você que continuo com este trabalho. Parabéns pelas plantas e pelo interesse em aprender a cuidar delas!

      Sim, tenho este sonho de que o projeto seja implantado em outros locais. Seria maravilhoso! Aos poucos, vamos tornando esta ideia mais difundida.

      Muito obrigado pelo carinho e apoio! Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  13. Oi Sergio. É Grazielly novamente. E esqueci de dizer vou fazer os suportes e jardins verticais nas paredes do jardim de inverno e do quintal aqui de casa. A casa é toda feita de tijolinhos. Vou encher de orquídeas, assim espero. Vou ter apenas uma de cada exemplar. Pra ter várias e todas diferentes uma da outra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Grazielly! Mas que ótima notícia! Parabéns pela ideia, torço para que seu orquidário vertical fique belíssimo!

      Um grande abraço!

      Excluir
  14. Que legal! Belo projeto e iniciativa. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tida, tudo bem? Que bom saber que gostou do projeto! Muito obrigado pela visita e pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  15. Oi Sergio, ainda existe o hospital? Gostaria de doar algumas orquideas que estao morrendo aqui em casa. Como faço?
    Obrigada
    Juliana
    jupestana@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana, existe sim! Que pena saber que suas orquídeas não estão bem. Mas muito obrigado por se lembrar do hospital, vou enviar o endereço para o seu e-mail.

      Um grande abraço!

      Excluir
  16. Fantástica iniciativa! É uma boa ideia. Pensei em propor algo parecido na associação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luis Renato, que bom que gostou! Seria ótimo se vocês implementassem um projeto do tipo. Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  17. Olá .. caso eu vá até São Paulo, como faço para conhecer o local e as orquídeas ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maurício! Você poderia enviar uma pequena mensagem através do Contato, aqui do blog? Então poderemos retornar com as informações do local. Muito obrigado pelo interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir
  18. Olá boa tarde!!! Adorei seu poste e sua iniciativa, minha vontade é de fazer um grande jardim, mas minhas condições não permitem, eu e minha mãe temos uma orquídea da msm espécie mas de cores diferentes porém a dela parece estar morrendo quase sem folhas já a minha está com as folhas lindas e cheias de brotinhos saindo da terra mas em ambas não sei oque fazer, já temos elas a mais de um ano e nao floresceu mais, vc pode me ajudar? Um abraço é muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline, boa tarde! Que bom que gostou, muito obrigado pela visita!

      O ideal seria vermos uma foto da sua orquídea, assim saberemos como tratá-la. Caso você possa enviar uma mensagem aqui pelo Contado do blog, poderei responder com mais detalhes.

      Um grande abraço!

      Excluir