Botão de uma inédita orquídea vermelha


Mini-orquídea Sophronitis Arizona
Sophronitis Arizona

Sinto que, com o tempo, vou reduzir o número de postagens sobre botões florais de orquídeas, aqui no blog. Isto porque, se já é maçante repetir orquídeas, imaginem reapresentar várias vezes o mesmo botão! Particularmente, confesso que não me canso de admirá-los. Mas sei que a paciência dos meus leitores tem limites.

Hoje, trago um instantâneo dos momentos que antecedem o desabrochar de uma orquídea inédita, que floresce pela primeira vez aqui no apartamento. Trata-se da Sophronitis Arizona, cuja muda eu comprei no final do ano passado, em uma exposição. Esta mini orquídea vermelha é um híbrido primário resultante do cruzamento entre Sophronitis coccinea e Sophronitis brevipedunculata. Embora os pais sejam geniosos, famosos pela dificuldade de seu cultivo, este descendente é de índole mais dócil.

Assim que esta orquídea chegou em casa, já começou a emitir dois novos pseudobulbos, que cresceram rapidamente. Antes mesmo de completarem seu desenvolvimento, já revelaram pequenos botões florais, emergindo dentre as folhas incipientes. Fiquei extasiado, já que adoro o gênero Sophronitis e tenho dificuldade para manter estas plantas vivas.

Infelizmente, um dos botões florais abortou. Parou de crescer e começou a secar. O outro, este da foto, parece ter vingado. Como de costume, trarei novidades em breve, com a foto da floração completa desta orquídea que já mora no meu coração, por não ter feito a desfeita de morrer, como seus antepassados.

10 comentários:

  1. Querido Sérgio, pela primeira vez tenho que discordar dos seus apontamentos!!! Sério... Nunca pensei chegar a esta conclusão: você está errado!... Nós adoramos as fotos dos botões florais! Nos aguça, nos atiça a querer ler o próximo artigo e ver se vingou, se abortou, se emergiu uma floração espetacular... Portanto, não nos impeça de acompanhar todo desenvolvimento floral... Bem diante dos pais dessa sua orquídea deve vir coisa boa por aí, hein... Curiosa... Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roseana, tudo bem? Que alegria saber da sua discordância! Sinceramente, não imaginava que os botões estavam sendo tão apreciados! Muito obrigado pela sua valiosa opinião, sempre muito importante para mim! Neste caso, vou continuar a apresentá-los!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Uau!! Uma nova moradora nesse paraíso!! Ansiosíssima, aqui! Que ela desabroche linda e maravilhosa, é o meu desejo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Pois é, esta é estreante! Tomara que dê tudo certo e eu volte com a foto dela aberta! Muito obrigado pelo carinho e pela torcida!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Não deixe de nos mostrar seus botões, eu estou começando a mostrar minhas filhas no Face, confesso que não gosto, pois minhas colegas de trabalho vivem a me pedir mudas. Mas sua exposição e seus comentários são maravilhosos. Me sinto empolgada demais acompanhando tudo o que vc faz. Não mude nada, só se for pra somar, diminuir jamais. Você não me aborrece e acho que a ninguém. So te acessa quem curte o que vc faz. Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Lucia! De fato, esta questão de receber pedidos de mudas é um problema na vida do orquidófilo! Mas fico muito feliz por saber que está gostando dos artigos e comentários! Muito obrigado pelo carinho e pelas palavras de apoio! Neste caso, vou seguir publicando os botões florais.

      Beijos e tudo de bom!

      Excluir
  4. Caro Sérgio,
    poderia me tirar uma dúvida?

    Quando encontramos nos nomes das espécies de orquídeas, variações como Alba ou Caerulea, essas variações tratam-se de hibridações ou de espécies naturais encontradas em seu habitat?

    Um abraço e parabéns pelo blog!\
    Sempre aprendo muito por aqui. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leandro, tudo bem? Muito boa a sua pergunta! Estas são variedades ou formas encontradas na natureza. Quando uma espécie é descrita, ela é baseada na forma 'tipo', a mais comumente encontrada. Todas as outras são variações naturais desta mesma espécie.

      Que bom saber que está gostando, muito obrigado pela visita e pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Não se preocupa Sérgio: a gente gosta! Um botão é uma excelente antecipação de beleza e gera, também, certa curiosidade!
    Mais uma vez vc conseguiu uma tomada impressionante, parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo, que bom! Você sempre gentil, muito obrigado pela opinião, sempre muito importante para mim! Que bom que gostou da foto, agradeço pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir