Denphal: Uma orquídea bela e polêmica


Orquídea Denphal
Dendrobium híbrido - Denphal

Estas exuberantes flores, dispostas em torno de elegantes hastes que nascem acima de pseudobulbos em forma de cana, fazem desta orquídea híbrida, popularmente conhecida como Denphal, um sucesso de vendas junto ao público em geral. Ela pode ser encontrada em uma grande variedade de cores e sua floração apresenta uma boa durabilidade. Sua popularização tornou possível encontrar esta orquídea em todos os lugares, de elegantes floriculturas a feiras e supermercados.


1. O mito da orquídea Denphal


O único porém, dentre todas estas características positivas, é o seu nome. Conhecida por todos como Denphal, esta pobre orquídea é vítima de uma série de equívocos e polêmicas. A junção dos prefixos 'Den' e 'Phal' leva muitos a acreditarem que se trata de um híbrido resultante do cruzamento entre Dendrobium e Phalaenopsis. No entanto, isto não é verdade. Devido às grandes diferenças entre estes dois gêneros de orquídeas, jamais poderia haver um descendente viável desta mistura.

O apelido infeliz surgiu devido ao fato de a Denphal ser uma orquídea com o porte vegetativo de um Dendrobium típico, com os pseudobulbos em forma de cana, e produzir uma floração que lembra bastante à da orquídea Phalaenopsis, composta por uma longa haste portando flores em forma de borboleta.


Orquídea Denphal
Dendrobium híbrido - Denphal


2. A verdade sobre a orquídea Denphal


O grande problema é que algumas pessoas não respondem delicadamente às dúvidas dos novatos. Ninguém, fora do meio, é obrigado a saber que é impossível cruzar Dendrobium com Phalaenopsis. E o nome 'Denphal' não ajuda muito a esclarecer esta polêmica.

O fato é que esta orquídea é simplesmente um Dendrobium híbrido. Para aumentar a confusão, a principal espécie de Dendrobium a compor a maioria dos híbridos conhecidos como Denphal é o Dendrobium phalaenopsis, descrito em 1880. Sim, existe uma espécie nativa com este nome! Posteriormente, alteraram sua classificação para Dendrobium bigibbum.


3. Conclusão


Para resumir toda esta confusão, o importante é saber que Denphal não é resultado do cruzamento entre Dendrobium e Phalaenopsis. Também não se refere à espécie Dendrobium phalaenopsis, descrita no século XIX. 

Trata-se apenas de um híbrido de Dendrobium, mistura de várias espécies, em cuja composição há uma forte participação do Dendrobium bigibbum.


Orquídea Denphal
Dendrobium híbrido - Denphal


As flores das orquídeas que ilustram este artigo são resultado da abertura dos botões que apresentei há alguns meses, neste artigo sobre botões florais de Dendrobium. Ao contrário da maioria das orquídeas, cujos botões lembram bolas de futebol americano, os do gênero Dendrobium apresentam um formato peculiar, que remete a uma escultura abstrata.

Aos meus leitores não orquidófilos, peço desculpas por este artigo mais técnico, repleto de nomes científicos. Ao final de tudo, espero que fique a beleza das flores desta interessante orquídea Denphal, de fácil cultivo, porte altivo e abundante floração. Nas sugestões de leitura, abaixo, mais exemplos da fascinante variedade de formas e cores das orquídeas Dendrobium.



98 comentários:

  1. Ei, querido Sérgio. Até que enfim alguém nos esclarece essa dúvida cruel. Que maravilha e tinha que ser você a elucidar a nós iniciantes com tamanha clareza a denominação dessa planta tão graciosa. Tenho alguns exemplares que me enchem de alegrias e realmente a gama de cores desse híbrido é imensa e enche qualquer orquidário com beleza estupenda. Obrigada mais uma vez e o artigo está maravilhoso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roseana, tudo bem? Fico feliz por saber que o artigo foi útil! E que bom saber que cultiva este Dendrobium, de fato, também gosto bastante. Você sempre generosa, eu que agradeço pelo carinho do seu comentário, muito obrigado pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Putz! Sempre pensei que a Denphal era fruto de um casamento entre Dendrobium e Phalaenopsis... E sempre disse, a quem me perguntava, qual a origem do nome!!! Bah! Preciso aumentar meus conhecimentos, com urgência... Obrigada por esta bela explicação!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Imagine, não se preocupe. De fato, esta informação vai se propagando e as pessoas não se dão conta. Que bom saber que gostou da explicação, eu que agradeço a você pelo apoio da sua visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Obrigada pelo esclarecimento, eu mesma tinha essa ideia errada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Debora, tudo bem? Que bom que gostou! Imagine, eu que agradeço a você por ler e comentar o artigo!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Oi Sérgio!
    Praticamente um mito popular! Rsrs
    Tenho algumas Dendobrium que não me deram flores ainda... Mas tenho dúvida no cultivo: devo retirar o que secou? Alguns perpetram as folhas mas não secaram. Porque tem um que secou que ela vai gerando algumas mudinhas (!) ... Aí não sei o que faço.

    Obrigada!
    Maria Carolina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Carolina! Não precisa se preocupar em cortar os pseudobulbos secos, pois eles podem dar flores ou mudas. Além disso, servem como reserva de nutrientes para os próximos brotos. Tomara que floresçam em breve, a época está se aproximando!

      Imagine, eu que agradeço pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Olá Sérgio! Estou muito feliz em aprender neste espaço. Sou uma novata entusiasmada, com vontade de encher às árvores da minha chácara com orquídeas.
    A minha dúvida é: a denphal é uma boa opção para ser transplantada em árvores? Quais são as melhores opções para plantio em árvores?
    Abraço, Bianca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bianca, tudo bem? Que bom, seja muito bem-vinda!

      Sim, a grande maioria das orquídeas é epífita e vive naturalmente sobre as árvores. A orquídea Denphal pode ser colocada lá, sem problema algum. Dendrobium, Laelia, Cattleya, Oncidium, todos estes gêneros podem ser alocados nos troncos. Desejo boa sorte, muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Ola, adoro encontrar pessoas como todos vocês que gostam e cultivam orquídeas,que são plantas que com muito carinho expressam o amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Concordo plenamente, que ótimo receber sua visita e ler seu comentário! Seja muito bem-vindo, muito obrigado pela linda mensagem!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Mariana Beltrame15 de maio de 2015 08:03

    Olá Sergio, tudo bom?
    Adoro seus posts, sempre bom lê-los, aprendo muito!
    Me interesso por orquídeas há alguns meses apenas e hoje tenho quatro gêneros.
    Mas estou numa confusão por conta da minha primeira planta. Não consigo descobrir qual é.
    Os bulbos e folhas se parecem muito com a Dephal. Mas as flores são magrinhas, pontudas e pequenas, crescendo ao longo de uma únca haste. É possível que seja uma Denphal?
    Se você puder me esclarecer ficarei imensamente feliz.
    Obrigada pelo belo site.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariana! Tudo bem? Por aqui, tudo certo!

      Que ótimo saber que está gostando dos posts, fico feliz! Parabéns pela sua coleção de orquídeas, que bom saber que está começando tão bem.

      Para identificarmos sua orquídea, seria preciso ver uma foto das flores. Existem orquídeas do gênero Dendrobium com esta característica. Caso você possa postar uma foto em alguma rede social, eu poderia tentar identificar.

      Imagine, eu que agradeço pela visita e pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Mariana Beltrame15 de maio de 2015 08:03

    Ei Sergio, obrigada pela resposta. Assim que tirar e postar alguma foto te envio pra você me ajudar. Infelizmente ela está sem flores no momento, talvez dificulte um pouco a identificação.
    Mas muito obrigada pelo retorno.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariana! Imagine, de nada! Vamos aguardar, então. Tomara que sua orquídea floresça em breve!

      Um grande abraço!

      Excluir
  9. Oi Sergio, tudo bem?
    Tenho 3 orquídeas Denphal em meu apartamento, elas ficam na sacada que e bem clara, mas não pega sol, moro em Salvador, e aqui é bem quente. Porém, mesmo assim depois que as flores caíram tenho notado que elas estão meio tristonhas.
    Elas deram brotinhos novos e as folhas cresceram, mas, tem uma delas que as folhas parecem estar enrugadas, isso é normal? Geralmente coloco um pouco de água 2 vezes por semana. A outra está com as folhas amarelando e algumas manchinhas pretas. Não sei como trata-las. O que devo fazer?
    Desde já agradeço.
    Abraços. Helen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Helen, tudo bem? Por aqui, tudo em ordem! Se as suas orquídeas estão emitindo novos brotos, é um bom sinal. No caso da Denphal, é comum que as folhas fiquem amarelas, com algumas manchas. No final, elas vão cair, mas isso não é problema. Quanto à água, é importante regar apenas quando o substrato secar, independentemente de uma periodicidade fixa.

      Muito obrigado pela visita e pela participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  10. Olá tudo bem ?ganhei uma muda de Denphal e não sei como planta-lá pelo o que li no seu artigo o cultivo dela e igual as denodarias.?. Desde já agradeço ,um abraço deus abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ilma, tudo bem? Por aqui, tudo certo! A Denphal é um tipo de Dendrobium e pode ser plantada do mesmo modo. Você pode usar musgo sphagnum ou substrato para orquídeas, já vem misturado com casca de pinus, carvão vegetal e fibra de coco. Boa sorte e muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  11. olá, boa tarde!
    Sergio possua uma orquídea Denphal, dela nasceu lindas flores, mas agora estou com uma grande dúvida. As flores secaram, cairam, mas o galho permaneceu e ficou amarelado, o que devo fazer? devo retira-lo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline, boa tarde!

      Tudo bem? Este processo é normal. O cabinho que ligava a flor ao pseudobulbo pode ser cortado, depois de seco. O pseudobulbo, aquela estrutura em forma de cana, deve ser mantido. Ele servirá de base para o crescimento de um novo broto, que florescerá no ano que vem.

      Um grande abraço!

      Excluir
  12. Boa noite, Sérgio!
    Me interessei por orquideas há pouco tempo e tenho 4. Uma delas veio identificada como “denphalaen mini”, trata-se de uma denphal? As flores caíram, a haste floral secou e as folhas amarelaram e caíram também. Uma senhora em uma floricultura me disse que isso não é comum, que normalmente as folhas não caem e que elas ganham alguma altura, mas apesar disso, ela parece saudável, inclusive surgiu um novo broto assim que a última flor caiu. Pode me esclarecer sobre isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, João Xavier, boa tarde!

      Tudo bem? Sim, trata-se de uma Denphal! Como a maioria das orquídeas do gênero Dendrobium, com os pseudobulbos em forma de cana, chega um momento em que as folhas amarelam e caem. Isso é normal. Apesar disso, estas estruturas antigas ainda são importantes, pois agem como reserva de nutrientes para o crescimento dos novos brotos. O seu novo broto é o que florescerá no ano que vem. Portanto, está tudo certo!

      Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  13. Maria Ildete de Lima15 de maio de 2015 08:06

    Olá boa noite!!! Gosto muito de seus artigos. Acho que esta acontecendo alguma coisa com minha Denphal, pois ela da flor o ano todo. No mesmo pseudobulbo do lado da haste que já floriu, e as flores ficam bonitas por mais ou menos uns 3 meses, essas caem e outras nascem. Isso e normal? Tenho essa planta mais ou menos 4 anos, faz pouco tempo que estou colecionando, tenho mais ou menos uns 30 vasos, aproveito todas as dicas no cultivo das orquídeas.Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Ildete, boa noite!

      Tudo bem? Peço desculpas pela demora em responder. Que interessante, de fato, as orquídeas costumam florescer a partir dos novos pseudobulbos. Mas algumas do gênero Dendrobium, incluindo a Denphal, podem florescer a partir dos pseudobulbos antigos, mais de uma vez. No seu caso, é sinal de que elas estão bem adaptadas ao local, parabéns pelo cultivo e pelas florações!

      Muito obrigado pelo comentário, que bom saber que está gostando dos artigos!

      Um grande abraço!

      Excluir
  14. Oi sergio, td bem??
    Adoro as denphal. Este eh meu primeiro ano q elas brotam e ja estao com mts flores, porem estou achando o vaso de plastico meio apertado pra elas. Sera q posso transplanta-las para os de barro com furinho?? Ou sem furinho?? Me de uma luz pq as raizes estao fugindo do vaso e estou com medo fe perde-las.
    Parabens pelo carinho e dedicacao com as orquideas!!
    Um abç
    Kelly

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kelly! Tudo bem? Por aqui, tudo certo!

      Parabéns pelas florações, que legal! O melhor momento para replantar é quando a orquídea está emitindo novos brotos e raízes. É bom evitar realizar o processo durante a floração. O transplante é necessário quando o substrato está velho demais ou quando a orquídea está saindo do vaso, sem espaço para emitir novos pseudobulbos. Se apenas as raízes estiverem para fora, não precisa se preocupar. O vaso com furos é mais apropriado para as orquídeas, pois permite um arejamento melhor do substrato.

      Muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  15. Boa tarde!
    Tenho cerca de 100 Denphal, de várias cores, que florescem pontualmente todos os anos.
    Gostei do artigo e do esclarecimento sobre o nome desta orquídea, pois até em exposição de orquídeas já ouvi expositores dizerem que esta orquídea é um hibrido de Dendrobium com Phalaenopsis.
    Minha dificuldade é fazer com que os Dendrobiuns floresçam. Os pés ficam viçosos, mas flores, nem pensar. Acredito que seja devido ao clima quente do Rio de Janeiro.

    Parabéns pelo artigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Marcos, boa tarde!

      Tudo bem? Que ótimo, deve ser linda sua coleção de Denphal! Parabéns! Fico feliz por saber que gostou do artigo, muito obrigado pela visita e pelo comentário! De fato, o gênero Dendrobium é mais complicado para florescer. Eu também tenho dificuldade, aqui em São Paulo. Além do frio, eles também apreciam um período mais seco, de menos regas, a partir do outono.

      Muito obrigado pelo apoio! Um grande abraço!

      Excluir
  16. Ola, tudo bem.
    Ganhei do meu esposo uma linda denphal sua haste esta bem grande cerca d uns 60 cm e a parte d baixo onde parece brotos d cana bem grandes tambem , queria saber o q devi fazer sera necessario podar ou elas caem sozinha tem varios brotos juntos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nayara, tudo bem? Que legal, belíssimo presente! Por enquanto, não é preciso fazer nada. Quando as flores murcharem e caírem, você pode cortar a haste seca, na parte superior. Os pseudobulbos em forma de cana, mesmo secos e sem folhas, servem como armazenamento de nutrientes para os novos brotos, que irão florescer quando estiverem maduros. Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  17. Ganhei uma Denphal em 19/03 linda com flores roxas, mais venho percebendo que suas folhas estão ficando amareladas. Onde a coloquei não bate sol, mais é bem claro. Não quero que minha linda orquidia morra. O que devo fazer para que continue linda. Ela continua no vasinho de plástico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Carla? As orquídeas do gênero Dendrobium, como a Denphal, costumam mesmo perder as folhas. Portanto, não precisa se preocupar. Os pseudobulbos em forma de cana vão ficando com as folhas amareladas, que secam e caem. É normal. Mesmo secos e enrugados, eles ainda têm utilidade, portanto não é preciso podá-los. Muito obrigado pela visita e participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  18. Oi Sérgio!
    Tudo bem? Parabéns pela matéria. Simples e didática, excelente.
    Estou montando um orquidário e gostaria de saber como é feita a propagação da Denphal, tentei polinizar mas não houve fecundação. É somente por clonagem?
    Desde já agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Daniele, tudo bem? Que legal saber que gostou da matéria, muito obrigado pelos elogios! Bondade sua!

      Sim, a Denphal é uma orquídea híbrida que costuma ser reproduzida por propagação de meristema. Desta forma, todas saem com as flores iguais. Mas a polinização também pode funcionar. Porém, o resultado será variável.

      Imagine, eu que agradeço pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  19. Buscando identificar uma orquídea que ganhei, caí neste artigo maravilhoso. Bom que, além de conseguir identificar a bichinha, já aprendi a origem da espécie e do nome da mesma.

    Melhor, impossível.

    Muito esclarecedor.

    Beijos e sucesso!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sabrina! Tudo bem? Que bom saber disso, fico muito contente! Muito obrigado pelo carinho da sua mensagem, seja muito bem-vinda!

      Beijos e tudo de bom!

      Excluir
  20. Olá Sergio!
    Admito que sempre pensei que a Denphal fosse um híbrido de Dendrobium e Phalaenopsis. Obrigada por esclarecer!

    Tenho uma orquídea que ganhei como Denphal, mas ela é um pouco diferente dessa daí. Ela tem as flores com pétalas (é pétala mesmo?) mais finas. Será que é mesmo uma Denphal? Você poderia me ajudar a identificar? Marquei seu Face em uma foto dela no meu Facebook, ok?

    Venho tendo problemas para entender essa orquídea. Tudo começou quando ganhei ela, já florida, faz mais de 10 anos. Ela sempre deu bastante flor, geralmente duas hastes no mesmo pseudobulbo e duas vezes ao ano (mesmo pseudobulbos antigos e secos chegavam a dar flor, mas não tão viçosas). Mas em 2012 notei que ela estava diferente, ela não deu flor, parecia fraca, doente. Apareceram umas manchas e pintas diferentes nas folhas. Cheguei a colocar adubo, mas em vão. No final desse mesmo ano, ela começou a dar keikis de pseudobulbos velhos. Com medo de que ela estivesse morrendo (e ainda sem muita experiência com orquídeas) decidi salvar pelo menos os keikis e fiz algo meio drástico. Esperei os keikis lançarem pelo menos algumas raízes e os tirei da planta-mãe (eles eram keikis “aéreos”) cortando o pseudobulbo onde eles estavam e colocando em outro vaso. Milagrosamente, deu certo e agora tenho mais três orquídeas. Desde então, os keikis cresceram e já deram até suas flores, mas a planta-mãe não morreu e nem melhorou. Notei que nos keikis também começaram a aparecer as machas e pintas, mas eles parecem que estão bem e dando flores, diferente da planta-mãe, que ainda parece “adormecida”. Sabe o que pode estar acontecendo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Evelise! Tudo bem? Imagine, de nada, que bom saber que esclareci sua dúvida!

      Sim, a orquídea tem sépalas e pétalas. Infelizmente, não consegui ver a foto da sua. Mas é bem provável que seja Denphal, existe uma grande variedade de cores e formas.

      Pelo seu relato, vejo que fez tudo certinho, parabéns pelas novas mudas! Seria bom vermos uma foto destas folhas com manchas, para termos uma ideia do que seria. De qualquer forma, elas são comuns no gênero Dendrobium, já que as folhas acabam secando e caindo. Durante o processo, costumam ser acometidas por fungos, mas sem prejuízo à saúde da planta. Neste caso, acho que o jeito é aguardar pela recuperação da planta mãe. O fato de ter cópias saudáveis já é um conforto!

      Muito obrigado pela visita e por compartilhar sua experiência conosco.

      Um grande abraço!

      Excluir
  21. Cristiane Cabral15 de maio de 2015 08:12

    Olá Sérgio! É uma prazer visitar o seu blog, que sempre traz informações úteis e imagens belíssimas…Obrigada pela informação útil sobre a Denphal, de fato nãp sabia sua origem. Tenho duas orquídeas dessa espécie, uma branca e outra roxa que não florescem por nada. Já tentei adubação NPK para floração, mudo de lugar para ver se ocorre adaptação, mas nada! Ajude-me por favor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cristiane! Que bom saber que está gostando do blog e das fotos! Muito obrigado pela visita e apoio! De fato, a Denphal é um pouco mais problemática para florescer. Um fator que ajuda bastante é a luminosidade. Quanto mais luz você puder fornecer, sem queimar as folhas, maiores as chances de floração. Ela pode inclusive pegar as primeiras horas de sol da manhã e as últimas do final da tarde. Torço para que suas orquídeas deem flores, em breve!

      Um grande abraço!

      Excluir
  22. Nilza Soares da Silva15 de maio de 2015 08:13

    Comprei 3 vasos de denphal e tenho cuidado de todas a orquiedeas que tenho , e nãotive problmas até agora, mas depois que elas ficaram na sala começaram a
    murchar e sem razão porque estavam bem viçosas, olhei dentro do vaso e estava seca, então molhei deixei escorrer toda água e coloquei novamente na sala. Mas sinto qu não esta bem e tem muito pouco tempo. Tenho medo de perde-las. Não encontrei muita explicação a respeito de como se trata esta orquidea. Gostaria que me orientasse a respeito desta orquidea. ” DENPHAL”.
    Desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nilza! Tudo bem? Talvez não esteja acontecendo nada de grave com as suas orquídeas. A Denphal é um tipo de Dendrobium. Como tal, as folhas vão amarelando e secando, até caírem. É um processo normal. De qualquer forma, para sabermos ao certo o que está acontecendo. precisaríamos ver uma foto da sua planta. O principal cuidado é não regar demais, fazendo com que as raízes fiquem úmidas por muito tempo. Muito obrigado pela visita e pelo contato!

      Um grande abraço!

      Excluir
  23. Adriano Cordovil15 de maio de 2015 08:13

    Prezado Sergio,

    Gostei muito do seu artigo, estou começando a cultivar orquídeas no meu jardim, tenho uma área com arvores. Tenho lido alguns sites e verificado as especies de orquídeas aptas para clima quente e úmido, moro no Amazonas.
    Gostaria de sua orientação para relacionar algunas especies que eu possa adquerir e que sejam se fácil cultivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriano, tudo bem? Que bom saber que gostou do artigo! Infelizmente, não tenho experiência no cultivo de orquídeas amazônicas, ou outras apropriadas para o clima da sua região. Vou dar uma pesquisada e procurarei informá-lo a respeito. Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  24. Oi Sérgio, estou adorando as dicas deste site! Minha experiência com orquídeas começou quinta feira passada. Comprei logo duas do tipo Denphal! O problema é que só quando cheguei em casa reparei duas coisas estranhas em uma delas: 2 folhas ainda verdes estavam praticamente soltas do pseudobulbo e por último tinham umas 3 com várias pequenas pintinhas cinza/pretas (mas a textura da folha estava uniforme) será que já veio com alguma doença? O sr. poderia de orientar? Grata.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luana! Tudo bem? Fico muito feliz por saber que está gostando do site! Parabéns pelas novas orquídeas, que legal!

      A Denphal, assim como outras orquídeas do gênero Dendrobium, costuma perder as folhas mais antigas, nos pseudobulbos mais velhos. É um processo normal, durante o qual as folhas acabam atacadas por alguns fungos, que ocasionam estas pintas. Depois, amarelam e caem. Não precisa se preocupar. Muito obrigado pela visita e pela participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  25. Olá Sergio. Parabéns pela ideia genial que foi a criação desse site. É uma forma inteligente e prazerosa de difundir o amor às orquídeas na "selva de pedra".

    Tenho um site sobre aves (minha paixão), mas também gosto muito de orquídeas (parece que Charles Darwin também gostava, e ficava intrigado com a "personalidade" delas).

    Em casa tenho já há três anos uma Denphal que nunca floresceu no meu apê. Quando comprei ela veio grande, mas "apertada" em um vaso de plástico pequeno.

    Como eu ainda era ignorante no assunto, transferi para um vaso de barro com furo embaixo e substrato próprio. Ocorre que ela ficou meio "frouxa" no novo vaso (com muito espaço para crescer). Você acredita que isso pode estar impedindo a floração? Ou depois da transferência é normal demorar alguns anos para florir? (os pseudobulbos que têm saído são de tamanho menor que a haste original quando comprei). O vaso é mais baixo, achatado e largo, e pouco comprido na altura. As raízes crescem mais para baixo ou para os lados? A Denphal também exige um período de dormência no inverno? Devo borrifar as folhas todos os dias como faço com uma Mini Phalaenopsis?

    Desculpe tantas perguntas, mas no que puder me esclarecer já estarei bastante satisfeito. E, mais uma vez, parabéns! Excelente o seu site.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cristiano, tudo bem? Que ótimo saber que está gostando do site, fico feliz! Muito obrigado pelo apoio!

      De fato, tanto a Denphal como a maioria das orquídeas precisam estar bem firmes no vaso. Isto pode ser obtido com o auxílio de tutores (de madeira ou arame). Se a orquídea balança, as raízes não se desenvolvem, devido ao atrito com o substrato.

      O vaso não pode ser muito grande. Ele precisa ser bem justo, de modo que a planta fique a apenas dois dedos de distância da borda. Isto grosseiramente falando, não precisa ser exato. O vaso muito grande acumula umidade por muito tempo, fazendo com que as raízes apodreçam.

      Elas crescem para todos os lados. Como todo Dendrobium, a Denphal aprecia um período mais seco no inverno. A queda de temperatura e a menor umidade favorecem a floração. Portanto, não é necessário borrifar todos os dias, a rega ocorre apenas quando o substrato estiver seco.

      Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  26. Sérgio bom dia,

    Ganhei uma Denphal de aniversário no dia 18 de maio, veio com uns 20 brotos mais ou menos, ela floresceu muito rápido tanto que falta apenas 3, entretanto as flores mais antigas estão apresentando uma manchinha marrom nas pétalas, não sei o que pode ser. Pode ser alguma espécie de pulgão?, o pseudobulbo e as folhas estão verde oliva escuro, e eu rego sempre quando está seco. E ela fica próxima da janela pegando iluminação indireta e ventilação.

    Desculpe tantas perguntas é que estou um pouco preocupado.
    Fico no aguardo
    Um Grande abraço obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thadeu, bom dia!

      Que belíssimo presente, parabéns pelo aniversário! Existe uma doença causada por um fungo chamado Botrytis cinerea. Não é grave, mas causa pequenas manchas amarronzadas nas flores. É um problema apenas estético. Para prevenir, o melhor é evitar molhar as flores, durante as regas, principalmente agora no outono e inverno.

      Imagine, fique sempre à vontade para perguntar! Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  27. Sérgio bom dia sou eu novamente rs,

    Você acha que precisa retirar as flores infectadas ou não á necessidade?

    E percebi que nesses dias mais frios a minha denphal está muito úmida na raiz, é normal nesses dias ?. E não é necessário a rega correto ?

    Acho muito interessante o seu trabalho aqui nesse blog.
    Um abraço
    Thadeu Hansen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thadeu, bom dia!

      Eu costumo retirar as flores já murchas ou manchadas, mas é uma mania. Não é necessário.

      De fato, no inverno e nos dias úmidos é bom reduzir a frequência das regas. Apenas regamos quando o substrato estiver seco.

      Que bom saber que está gostando, muito obrigado pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  28. Sonia Macedo Osawa15 de junho de 2015 11:34

    Muito esclarecedor o seu artigo, Serginho! Gostei muito! Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sonia! Tudo bem? Que alegria receber sua visita, fico muito feliz! Adorei saber que gostou do artigo, muito obrigado pelo carinho e apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  29. Sergio meu nome é Geovane, hojo ganhei uma demphalean Branca como faço para cuidar dela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Geovane, tudo bem? Que legal, parabéns pelo belo presente! Enquanto ela estiver com flor, você pode mantê-la dentro de casa, apenas observando o material contido dentro do vaso (substrato). Quando ele estiver bem seco, você pode regar, tomando cuidado para não molhar as flores.

      Depois que as flores acabarem, basta encontrar um local bem iluminado, sem sol direto e sem muito vento. Existem adubos próprios para orquídeas, você pode aplicá-los semanal ou quinzenalmente, dependendo da composição.

      Muito obrigado pela visita, na seção 'Dicas de Cultivo' tem outras informações que podem ser úteis!

      Um grande abraço!

      Excluir
  30. Oi, Sérgio, importantes informações ( uma verdadeira aula). Aliás gosto muito de seus posts. Tenho uma dúvida: as espécies Denphalen, Denphalen Max são a mesma Denphal? adquiri alguns exemplares ora com o nome de Denphal, ora Denphalen Max e já vi somente com o nome Denphalen. Comparei seu porte com as fotos de seus post e não vejo diferença quanto às flores e aos pseudobulbos. Com abç,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Enock, tudo bem? Imagine, bondade sua! Que bom que gostou! Sim, são todas denominações para a mesma planta, que é um Dendrobium híbrido. Pode haver variações quanto à forma e cor das flores, mas sempre nascem em hastes a partir do topo do pseudobulbo.

      Muito obrigado pela visita, um grande abraço!

      Excluir
  31. Gostei do artigo.
    Gostaria que alguns vendedores lessem essa matéria para repassar para os clientes. Percebo que a maioria não sabem o que estão vendendo, e as vezes mesmo eu sendo um leigo no assunto ainda tenho que questionar e explicar que estão vendendo gato por lebre.
    Parabéns pela a matéria em um pequeno conteúdo bem resumido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Que bom saber que gostou do artigo! De fato, é uma pena que ainda exista esta falta de informação no comércio de orquídeas. Mas muito obrigado pela visita e pela contribuição quanto ao conteúdo desta matéria!

      Um grande abraço!

      Excluir
  32. Oi Sergio, tudo bom? ... guanhei uma Denphal (agora sei o nome pq vi aqui ) de presente de aniversario, semana passada. Fiquei super feliz né, pra mim ganhar é uma orquídea sempre é sinônimo de muita alegria. Que legal saber da história dela. E que bom que tomei conhecimento através de você. Sempre aprendo muito. Obrigado e excelente artigo. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Denis, tudo bem? Por aqui, tudo certo! Que legal saber que ganhou uma Denphal! Parabéns, lindo presente! Imagine, eu que agradeço a você por visitar o blog e acompanhar este trabalho. Muito obrigado pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  33. Amei as informações ganhei uma muda e não sabia muito sobre ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem? Que bom saber disso, muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  34. Olá, tudo bem? gostaria de saber qual a razão de as flores roxas não terem a cor tão viva como é quando compramos a orquídea florida. As floradas das minhas orquídeas também não duram mais q 10 dias. Onde moro faz bastante calor, com temperatura de cerca de 40 graus praticamente o ano todo. Agradeço pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? De fato, algumas orquídeas, principalmente as híbridas, podem florescer com cores um pouco diferentes, quando cultivadas em casa. Os produtores cultivam em estufas, com um ambiente controlado e nutrientes balanceados. Em casa, é difícil reproduzir estas condições.

      Em climas mais quentes, as flores tendem a durar menos. O frio ajuda na conservação. Mas a duração da flor varia bastante, de orquídea para orquídea.

      Um grande abraço!

      Excluir
  35. Olá, mto obg por responder! Tenho Dendrobium e Phalaenopsis, sendo estas últimas as que não florescem da mesma cor de qdo compradas e tbm não duram. Qdo compramos, as flores duram 2, 3 meses, qdo florescem em casa, não duram nada.Estou desanimada, pensando em me livrar delas. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagine, de nada! Não desanime, sempre vale a pena. Aqui na lateral do blog, tem um link para o canal do Youtube. Lá tem um slideshow com dicas para que as flores durem mais tempo. Talvez sejam úteis!

      Excluir
  36. Mesmo bastante atrasado, tinha que comentar esta postagem, afinal ela é especial, não só pelas fotos das flores, mas pelo conteúdo esclarecedor; eu mesmo já fiz esta confusão e o que é pior, parece que publiquei esta confusão (risos)...
    Mas graças a postagens como esta sua, a gente vai aprendendo!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo, tudo bem? Imagine, estamos todos sempre aprendendo! De fato, é uma confusão que costumamos fazer, por causa dos nomes populares. Mas que bom saber que gostou do artigo, muito obrigado pelo gentil comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  37. PARABÉNS! que ótimo texto muito esclarecedor.eu tenho uma aqui em casa uma DENPHAL branca e parece que esta saindo um broto em baixa.sera que quando ele desenvolver posso plantar em outro jarro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kleberson! Que bom saber que gostou do texto, muito obrigado pelo apoio!

      Sim, este novo broto vai crescer e desenvolver raízes. Quando estiver maior, com raízes longas, você pode destacar da planta mãe e plantar separadamente.

      Um grande abraço!

      Excluir
  38. Obrigado! que bom vou ter outra orquídea.

    ResponderExcluir
  39. Oi Sergio!!! Ganhei DENPHALEN MINI (era o que veio escrito na etiqueta), não entendo nada de flores, sejam elas orquídeas ou outras, portanto, queria saber o básico para cuidar da minha.
    Ela esta num vaso de plastico escuro, já ouvi dizer que devem ser colocada em vasos transparentes. Isso é verdade?
    Moro em apartamento e não bate muito sol, devo deixa-la proximo a janelas ou pode ficar num lugar mais escurinho? devo molha-la de quanto em quanto tempo? Obrigada, Samiria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, Samiria? Pessoalmente, não vejo muita diferença em relação ao uso do vaso transparente. Pode deixar onde está, já que o transplanta costuma estressar um pouco mais a orquídea. O ideal é que ela fique bem próxima à janela, mas sem pegar sol direto. Quanto mais luminosidade, melhor. A rega só precisa ser feita quando o substrato estiver bem seco, independentemente da periodicidade.

      Um grande abraço!

      Excluir
  40. Olá! tudo bom?!
    Gostaria de saber se posso manter minha Denphal em um vaso onde conprei, se posso deixa-la perto da minha porta de vidro, molha-la todos os dias... se preciso comprar nutrientes especiais para ela e afofa-la!

    Se for possivel me responder ficarei muito agradecia, estou com medo de ela morrer, e gosto tanto dela.

    Obrigada novamente!

    Lorena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lorena! Sim, pode deixá-la no mesmo vaso. A troca só é necessária quando o substrato fica muito velho ou a planta muito grande. Ela pode ficar em um local bem iluminado, mas sem sol direto. Não é preciso regar todos os dias, apenas quando o substrato secar. Aqui na seção Dicas de Cultivo, há outros artigos que podem ser úteis. Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  41. Minha ta ficando c folhas amarelas uma de cada vez o que faço? ela está c flores?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciano! Sim, é normal que a Denphal vá perdendo as folhas, ao longo do tempo. Novos brotos surgirão a partir da base. É normal, sim!

      Um grande abraço!

      Excluir
  42. Bom dia grato por seus artigos...
    Me perguntaram outro dia sobre uma orquídea chamada Denphalem... será um nome errado ou alguma novidade?
    Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fabio, bom dia! Imagine, eu que agradeço a você pela visita! Sim, algumas pessoas chamam a orquídea Denphal de Denphalem. Ambos são nomes populares, portanto há variações.

      Um grande abraço!

      Excluir
  43. Respostas
    1. Imagine, de nada! Eu que agradeço pelo apoio!

      Excluir
  44. Como faço para te mandar uma foto da minha estou na dúvida sobre o nome dela?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Você poderia enviar uma pequena mensagem pelo formulário de contato, aqui do blog? Assim, eu retorno com meu e-mail pessoal. Muito obrigado!

      Um grande abraço!

      Excluir
  45. Oi Sérgio tudo bem?
    tenho dúvidas sobre o cultivo da denphal, tenho 3 vasos e não estão bem. Tbm estão com pragas.
    Como devo plantar? em substrato ou terra? quanto as regas e se gostam de sol? Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Magali, tudo bem? Por aqui, tudo em ordem! A Denphal não gosta de terra, ela precisa ser plantada em substrato próprio para orquídeas. A rega deve ser espaçada, apenas quando o substrato estiver seco. Agora, no inverno, ela pode receber poucas regas, para estimular a floração. O sol não pode ser direto, mas precisa haver bastante luminosidade.

      Um grande abraço!

      Excluir
  46. Olá Sérgio!
    Gostei do seu post e também das perguntas que algumas pessoas fizeram e das respostas. Serviram para esclarecer algumas dúvidas que eu tinha em relação a Denphal. Ganhei uma branca e fiquei encantada com ela. Pretendo adquirir espécies de outras cores, são encantadoras.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ellen, tudo bem? Que legal, fico muito feliz em saber que o post e as perguntas lhe foram úteis! Muito obrigado por este importante feedback. Espero que tenha uma belíssima coleção de Denphal, as cores são de fato variadas e muito bonitas!

      Um grande abraço!

      Excluir
  47. Oi Sérgio,
    Há diferença entre orquídea Denphal e Denphalen?
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Não há diferença, ambos referem-se à mesma planta. Como são nomes populares, existem estas variações.

      Um grande abraço!

      Excluir
  48. Tenho várias denphal da cor branca, estou tentando polinizá-las, mas não sei o tempo certo para poder fazer isso? Existe o tempo certo para realizar a polinização?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fernando! De fato, a polinização feita manualmente tem uma grande dose de tentativa e erro. Alguns associam estágios de maturação das flores envolvidas, até mesmo fases da lua, mas não há nada comprovado. Espero que dê certo seu experimento, boa sorte!

      Um grande abraço!

      Excluir
  49. Boa noite Sérgio , tudo bem com você ? Parabéns pelo site , muito bom. Gostaria de fazer algumas perguntinhas.
    Comprei uma denphal há 20 dias e como não sei cuidar muito bem estou lendo o que posso . Minha plantinha veio e alguns lugares dizia que podemos água a vontade que é mito q não gosta de água então molhei bastante notei que começou amarelar as folhas ,então tirei do vaso e estava com varias raizes apodrecendo retirei coloquei canela esperei passar 1 dia sem substrato pra ver se dava uma secada e voltei pro vaso . Achei que resolveria , mas não agora as canas estão enrugadas e amarelando , ela esta na sala próxima da janela minha sala bate muito sol é bem quente e claro mas não pega sol na rack onxe coloquei ela. Ela esta com flores porém 2 murcharam e te algumas pra abrir . O que eu devo fazer ? Não faço nem idéia! Obrigada desculpe pelo testamento 😆

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Boa noite! Tudo bem? Por aqui, tudo certo! Que bom, muito obrigado pela visita!

      Não se preocupe, sua Denphal vai ficar bem. É normal que as folhas mais antigas amarelem e caiam. No fim, as canas ficarão sem folhas e enrugadas, mas é normal para esta orquídea. Novos brotos nascerão e florescerão.

      De fato, você pode regar à vontade, mas é preciso esperar que o substrato seque entre uma rega e outra. Você percebe colocando o dedo e afundando levemente no material que preenche o vaso. Espero que corra tudo bem!

      Um grande abraço!

      Excluir