Botões florais da orquídea sapatinho


Orquídea Phragmipedium Sedenii
Phragmipedium Sedenii

Oi, Pessoal, tudo bem? Nesta sexta-feira não muito auspiciosa, trago para vocês a imagem que marca o início da temporada dos sapatinhos aqui no orquidário. Esta é a única orquídea do gênero Phragmipedium que tenho por aqui, mas ela vale por várias. Isto porque sua floração, que começa pontualmente no final do outono, costuma se prolongar até o final da primavera. São aproximadamente 5 meses ininterruptos de flores.

Esta proeza só é possível porque trata-se de uma orquídea que floresce de forma sequencial. Como podemos ver na foto, à medida que o primeiro botão floral amadurece, outro já começa a se formar. Esta sucessão de sapatinhos rosados perdura ao longo de meses. Por conta desta característica, acabo mostrando esta orquídea com bastante frequência aqui no blog. Embora seja repetitivo, não consigo me abster de postá-la, todos os anos em que me brinda com sua presença.

Tenho bastante vontade de adquirir outras espécies, para dar uma diversificada, mas esbarro em algumas dificuldades. A primeira refere-se ao espaço. São plantas que atingem um grande porte, para meus padrões limitados. Além disso, não é muito comum encontrar este gênero à venda. Existem alguns produtores especializados, mas os preços ainda são elevados. 

Sempre me perguntam onde comprar orquídeas sapatinho, principalmente este exemplar rosado, mas sinceramente não sei responder. Demorei muito para encontrá-lo e percebo que sua disponibilidade no mercado é bem pontual. Depois de uma péssima compra pela internet, acabei adquirindo esta orquídea da foto em uma exposição da Associação Orquidófila de São Paulo. De qualquer forma, vale a pena procurar. Para mim, tem sido uma agradabilíssima companhia durante os meses de inverno e primavera, ano após ano.

20 comentários:

  1. Que bela foto! Não lembro de vê-la por aqui, por isso vou esperar, ansiosa, por esta flor aberta. Que maravilha essa sequencia de botões... Que venham, lindos e abundantes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! Que bom saber que gostou! Tomara que goste da flor, eu particularmente adoro. Muito obrigado pelo carinho da visita e do comentário, sempre nos apoiando!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Eu amo esse seu sapatinho rosa, ainda não encontrei pra comprar nessa cor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Debbie! Pois é, uma pena que seja tão difícil encontrar. Mas que bom, muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Amo os sapatinhos!!!! Todo ano na ocasião da chegada de suas lflores festejamos aqui em casa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivani, que bom saber! Também gosto bastante, minha mãe adora o rosado. Que ótimo recebê-la aqui, muito obrigado pela visita e carinho!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Angelo Marcos Oliveira13 de junho de 2014 23:57

    Sergio, como vai? Espero que bem.
    Esses botões sempre nos enchem de alegria, esperança e expectativa, principalmente para quem só possui 7 orquídeas, como eu :(. Minha catasetum macrocarpum soltou uma haste floral com 11 botões, tomara que eles continuem saudáveis.
    Espero anciosamente ver esse sapatinho formado para contempla-lo.
    Abraço amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angelo, tudo bem? Por aqui, tudo certo! Que ótima notícia, parabéns pela floração do seu Catasetum! Com certeza, dará tudo certo, estou torcendo!

      Muito obrigado pela visita e pelo interesse! Prometo mostrar o sapatinho em breve!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Muy bella, te felicito. A mì me pasa lo mismo, con respecto al espacio, Sergio. Te puedo decir que he colocado algunas colgadas del techo y tambièn comprè un aparato que es como un tubo colgante donde se pueden colocar 5 orquìdeas, y asì voy ahorrando espacio. Yo pienso que siempre hay espacio para una orqùidea màs (jeje). Un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Elizabeth, que ótimas ideias! Concordo com você, sempre há espaço para mais uma orquídea! Muito obrigado pelas sugestões e pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Interessante Sérgio! Tem gente q gosta dessas orquídeas que florescem em sequência, tem gente q não gosta!
    Eu particularmente acho formidável!
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! Pois é, eu também gosto bastante! Que ótimo ler sua opinião, muito obrigado pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. E sem contar que ele tem mais que uma flor não é mesmo Sergio Oyama ! nunca tinha visto esse normalmente só da uma flor por haste . lindo lindo meu querido . bjs e bom fim de semana meu amigo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivete, é verdade! Vamos ver se dará para fotografar as duas juntas. Que ótimo receber sua visita e ler seu comentário, muito obrigado pelo carinho!

      Bjos e um ótimo fim de semana para você também!

      Excluir
  8. Sergio, td bem? primeiro parabenizá-lo pela bela orquídea, e sua floração em "feitiço de áquila" (rsrs). Pesquisando, li num post seu de 2012, ao responder uma pergunta sobre a sedenii, sobre luminosidade adequada, disse, você, que a sua recebe o sol da trade com o sombrite 50%, aqui em casa eu poderia cultivar uma recebendo o sol da manhã filtrado por outras plantas ? e mais uma pergunta, qual clima, temperatura ela suporta, pois moro em Niterói(RJ) e estou muito motivado a ir à caça de uma P. sedinii, mas se ela "for de frio" ..terei que desisitir. abraço e parabéns por tudo. AH! hoje notei o botão despontando de uma C. Walkeriana que comprei ano passado (já florida, por R$40,00 !!! claro a flor dela não é uma perfeição para concursos, mas o rosa e o perfume , é que importam para mim) e dá uma satisfação, um sentimento de dever cumprido, de "opa! acertei a mão!" , espero que ele vingue.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Henry, tudo bem? Por aqui, tudo ótimo! Hehehe, muito obrigado!

      O Phragmipedium Sedenii é uma orquídea que gosta de bastante luminosidade. Portanto, acho que não haverá problema em cultivá-la sob o sol da manhã, filtrado por outras plantas. Ela não é uma orquídea de frio, acho que não haverá problema cultivá-la em Niterói. Trata-se de um híbrido que gosta de bastante umidade.

      Parabéns pelo botão de walkeriana, acho esta orquídea fantástica!

      Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  9. Boa tarde, Sérgio! Primeiramente, parabens pelo blog..estou apaixonada pelas fotos!! Vim até aqui 'na cara de pau' pedir a sua ajuda. Ganhei de presente de dia dos namorados um arranjo com duas orquídeas (acho que são duas, pois elas são diferentes). O arranjo tem quase um metro e foi comprado numa floricultura. Lá, meu namorado foi informado de que a planta deve ser regada 2 vezes por semana e não deve ficar muito exposta ao sol. Deixei o arranjo na mesinha de centro da minha sala, onde é arejado e o sol qur bate é o da manhã, por um tempo satisfatório. A minha dúvida é se daqui um tempo ou agora será necessário replantar as orquídeas em outro vaso ou se eu posso manter no arranjo mesmo. Ganhei na sexta-feira e percebi que algumas flores estão meio murchinhas e estou sem saber o que fazer. Será que eu poderia mandar uma foto do arranjo para vc ver e me ajudar? Ficaria imensamente grata, visto que essa é a primeira vez que recebo flores de presente em 5 anos de namoro e não queria que as flores morressem tão rápido. Muito obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ingrid, boa tarde! Que ótimo saber que está gostando das fotos, muito obrigado pelo apoio!

      Imagine, fique à vontade para perguntar, sempre! A princípio, o que você pode fazer é desmontar o arranjo. É importante que elas respirem, recebendo ventilação nas raízes. Provavelmente, estão plantadas em vasos de plástico, com furos embaixo Não precisa colocar pratinho sob os vasos, é bom que eles não fiquem encharcados. A rega, nesta época mais fria do ano, pode ser mais espaçada. O ideal é regar apenas quando o substrato estiver seco (e o vaso leve).

      Acho que não há necessidade de enviar a foto, mas fique à vontade. Caso queira, peço que envie uma curta mensagem pelo formulário de contato, aqui no blog, e eu retorno com meu e-mail particular.

      Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  10. Olá Sérgio!! Adorei seu blog, muito bom e prático. A minha flor já murchou e não sei o que tenho que fazer a seguir. Curto o caule, adubo a planta?... Obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isabel, tudo bem? Que bom saber que gostou do blog, muito obrigado pelo apoio! Seja muito bem-vinda!

      Para saber o que fazer, é importante descobrirmos o nome da sua orquídea. Cada uma requer cuidados especiais. No caso da Phalaenopsis, por exemplo, alguns preferem não cortar a haste floral, que pode dar flores novamente. Em outras espécies, ela pode ser cortada, já que não florescerá mais. De qualquer modo, é importante colocar a planta em um local com boa luminosidade, ventilação e umidade ambiente. A adubação pode continuar a ser feita normalmente. Boa sorte!

      Um grande abraço!

      Excluir