Orquídeas e o significado das flores


Micro-orquídea Sophronitis cernua
Sophronitis cernua

Oi, Pessoal, tudo bem? Hoje, que deveria ser o dia dos botões florais, trago excepcionalmente esta radiante mini-orquídea laranja, Sophronitis cernua, para contar uma novidade que me deixou bastante feliz.

Graças ao generoso convite da Thais e Maria Emília Senna, colunistas da Casa Vogue e autoras do blog Vamos Receber, tive a oportunidade de participar da elaboração de um artigo especial para o Dia dos Namorados, que acaba de ser publicado no site desta conceituada revista. A matéria traz os diferentes significados relacionados ao ato de presentearmos com flores. A arte impecável é da designer Karen Hofstetter.

O antigo significado das flores


Muitas vezes, ao darmos flores a alguém, somos guiados puramente pelo gosto pessoal. No entanto, existe uma tradição e uma simbologia relacionadas a cada espécie de flor, que vêm sendo transmitidas desde a era Vitoriana. As cores e a quantidade de flores em um bouquet também têm seu significado próprio.

No artigo, destacamos sete das flores mais frequentemente utilizadas para presentear, principalmente no Dia dos Namorados. Como não poderia deixar de ser, as orquídeas fazem parte desta relação, já que transmitem os mais diferentes valores, desde a Grécia antiga, passando pelo Japão feudal, até os dias de hoje.

Convido vocês a acessarem o artigo, através do link acima. Espero que gostem e desde já agradeço pela visita!

6 comentários:

  1. Este seria um mini-bouquet?? Me encantaria um bouquet de Sophronitis, como esse da foto! ;)
    Já tô indo pro artigo! Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia! É verdade, bem observado, parece um mini bouquet natural! Que ótimo receber sua visita e apoio, espero que goste do artigo! Muito obrigado pelo interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Angelo Marcos Oliveira31 de maio de 2014 00:58

    Flores são ótimas opções de presentes. Eu concerteza ficaria lisongeado em receber uma orquídea. Gosto sempre de salientar que não precisamos esperar a chegada de datas específicas para presentear alguém que amamos, claro que é sempre bom sermos presenteados nessas ocasiões, mas é melhor ainda quando nem esperamos e somos agraciados com esses tesouros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ângelo, concordo com você! Também adoro receber flores, ainda mais orquídeas! E, de fato, o melhor é quando somos surpreendidos. Que ótimo ler seu comentário, muito obrigado pela visita e participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Oi Sérgio, Adoro receber flores e também adoro presentear pessoas queridas com flores. Recentemente recolhi algumas orquídeas que iam para o lixo e presenteei minha cunhada com elas. Eu as prendi em árvores no pátio da casa onde ela mora com o namorado. Algumas das orquídeas, que eram todas do gênero phalaenopsis, ficaram aqui em casa em vasos como minhas outras plantas. Qual não foi minha surpresa quando um mês depois visitei minha cunhada e me deparei com todas as plantas soltando raízes, folhas novas e hastes florais já de bom tamanho. As minhas não se mexeram um centímetro, não aconteceu nada, elas só não morreram, hehehe. E isso que as phalaenopsis são orquídeas que gostam de calor se eu não me engano e por aqui já está um frio de rachar. A natureza sempre supera orquidófilos ansiosos, mesmo com as cochonilhas, os fungos, as temperaturas extremas etc etc etc. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jade, que legal! Parabéns pela linda atitude de salvar orquídeas e presenteá-las! E que bom saber que as das árvores prosperaram. De fato, lá é o local delas, por excelência. Espero que as suas deem sinal de vida, também tenho algumas orquídeas nesta situação.

      Muito obrigado pelo belo relato, sempre enriquecendo os temas abordados no blog!

      Um grande abraço!

      Excluir