Sophronitis cernua acordando


Micro-orquídea Sophronitis cernua
Sophronitis cernua

Esta é uma orquídea cujos botões florais eu apresentei há algumas semanas, ilustrando o artigo sobre as dicas de cultivo para o outono. Hoje, trago o mesmo conjunto em um estágio mais avançado de desenvolvimento. A imagem inicial, que eu já considerava especial, ficou ainda mais bela, a meu ver. Parece-me um ikebana espontâneo, moldado pela natureza.

As flores desta micro-orquídea, Sophronitis cernua, costumam exibir uma grande gama de cores, geralmente concentrando-se em torno dos tons alaranjados. Existe uma variedade cujas flores são amarelas, considerada bastante rara e valiosa. O exemplar da foto tem as flores que tendem mais para o vermelho quando jovens, clareando à medida que envelhecem.

Esta pequena e delicada orquídea costuma florescer com a chegada do outono, enchendo a varanda do apartamento de cor e alegria. Trata-se de uma planta que aprecia bastante umidade e luminosidade. A princípio, tive dificuldade para cultivá-la, chegando a perder alguns exemplares. Com o tempo e a insistência, fui pegando o jeito.

Volto em breve com a foto da floração completa. Este é apenas um dos cachos de flores e botões florais que compõem uma grande touceira desta micro-orquídea. Oportunamente, apresentarei uma foto panorâmica do conjunto.

12 comentários:

  1. Que linda esta mocinha, Sérgio. Realmente fiquei impressionada com o valor que me cobraram pela planta na variedade amarela: uma pequena fortuna para meu bolso de bióloga...Mas estou tentando garimpar algum exemplar mais em conta porque realmente vale muito a pena, já que a planta é linda de viver!!! Como está a parte vegetativa de sua mocinha? Bem desenvolvida? Com ela você está usando a técnica do pratinho embaixo para aumentar a umidade do substrato também? Ótima matéria, como sempre... Parabéns! Paz e bem a todos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roseana, tudo bem? Pois é, também tenho uma paixão platônica pela Sophronitis amarela! Mas algo me diz que jamais a terei. Boa sorte na sua procura, acho que vale super a pena!

      Sim, eu ganhei esta touceira já bem formada. Meu mérito foi ter conseguido mantê-la viva. Estou usando a técnica do pratinho, sim!

      Que ótimo saber que gostou do artigo, muito obrigado pela visita e pelo comentário, sempre enriquecendo o assunto!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Sou grande admiradora da Sophonitis. Já tive duas plantas lindas, que floresciam em abundância, mas tive que abandonar, em razão de mudanças. Hoje tenho duas pequenas mudas, quase estagnadas, mas vivas! Tenho esperança de que se desenvolvam e me brindem com muitas flores, como as tuas. Elas são lindas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia, que pena! De fato, percebo que elas são um pouco mais exigentes. Também tenho uma muda que está sofrida, desenvolve um pseudobulbo por ano. Torço para que as suas floresçam em breve, sei que cuidado e amor não lhes faltará!

      Muito obrigado pela visita e pelo apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Olá Sérgio,
    Que delicadeza e que exuberância de floração, simultaneamente. Estas plantas são realmente micros fantásticas que tive, há pouco tempo atrás, oportunidade de apreciar numa exposição. Como sempre, a sua foto está excelente e realça ainda mais tanta beleza.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Américo! De fato, também aprecio bastante as orquídeas deste gênero. Somente há pouco tempo consegui cultivá-las de maneira mais apropriada. Que bom saber que gostou da foto, muito obrigado pelo apoio e incentivo, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Linda Sérgio, parabéns; e com essa boa quantidade de botões oferece mesmo um show de floração!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo! Pois é, espero que sim! Que bom saber que gostou, muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. FIQUEI ENCANTADA AMIGO QUERIDO GRATIDÃO SEMPRE POR SUAS EXPLICAÇÕES E COMPARTILHAMENTOS CONOSCO .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariza! Fico feliz em saber que está gostando! Muito obrigado pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Sergio quanto tempo duram as flores da S. cernua?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? As flores desta orquídea costumam durar cerca de duas semanas, com alguma variação, dependendo do clima e condições de cultivo. Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir