Micro-orquídeas - Cultivando joias


Micro-orquídea Phymatidium delicatulum
Phymatidium delicatulum

Embora eu não seja especialista no cultivo de micro-orquídeas, tendo inclusive dificuldade em mantê-las vivas em meu ambiente, percebo um grande interesse por parte dos leitores acerca destas pequenas obras-primas da natureza. Até hoje, as entrevistas com a Maria Rita Cabral e o Masuji Kayasima, estes sim orquidófilos renomados, estão entre os artigos mais acessados e comentados do blog. 

Como já mencionei em outras ocasiões, apesar de adorá-las, as micro-orquídeas não vão muito com a minha cara. Perdi várias, principalmente devido à insistência em cultivar seres pertencentes aos ambientes úmidos e sombreados da Mata Atlântica em uma árida varanda de concreto no 10º andar.

Neste contexto, foi uma grande alegria ter presenciado a floração deste Phymatidium delicatulum, presente da minha amiga Elza Kurauchi, uma das poucas micro-orquídeas que ainda sobrevivem por aqui. Eu já havia contado sobre a saga que vivi para fotografar estas minúsculas flores de frente, neste artigo. Hoje, trago uma foto mais espontânea, com a pequena orquídea cabisbaixa e de costas, como gosta de ficar. Para não perder o costume, plantei uma outra joia ao lado dela, para dar uma noção de seu tamanho.


Video: Orquídeas e joias, uma rara combinação

Coletânea de fotos de orquídeas com joias, publicadas no blog Orquídeas no Apê. Audiovisual com imagens em alta definição e trilha sonora. Novas orquídeas a cada semana.

18 comentários:

  1. Linda e delicada.
    Ontem estava lendo a matéria sobre micros na revista Orquideas da Natureza, e fiquei fascinada. Não conheço quase nada sobre elas, mas deu uma vontade de cultivar algumas por aqui. :)

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Francine, tudo bem? Que bom que gostou! De fato, estas pequenas são fascinantes. Muito legal saber sobre a matéria, torço para que comece logo a sua coleção!

      Muito obrigado pela visita, um grande abraço para você!

      Excluir
  2. Bela orquídea Sergio. Muito delicada, como seu nome botânico. Parabéns por essa jóia que enfeitam e dão cor ao seu apartamento. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angel, é verdade! Bem observado, o nome botânico é bastante apropriado a esta pequena orquídea! Que bom ler seu comentário, muito obrigado pela participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Que doce delicadeza, amigo Sérgio! Sem dúvida é uma espécie belíssima e que nos aparece ainda mais preciosa devido ao seu tamanho tão reduzido... É um daqueles lindos caprichos da natureza!!! Tão adorável...Impossível mesmo a gente não se emocionar sendo testemunha do desabrochar de tão delicadas, frágeis e belas flores! E a imagem delas está tão linda!!! Mas sabe de uma coisa? Acho que essas "micro-orquídeas" gostam muito de você sim,pois mesmo enfrentando condições adversas, essas belezinhas se esforçaram para te ver feliz...Um verdadeiro presente para os olhos da gente!!!
    Já aqui em casa, as plantinhas andam mais contentes com a chegada das famosas "chuvas de março". Depois desse verão tão quente e seco, elas e nós mesmos,seres humanos, já estamos nos sentindo mais aliviados, e esperando por um outono suave e bem iluminado para todos nós.
    Meu abraço grande pra ti e pras tuas belas orquídeas!!!
    Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teresa, tudo bem? Que ótimo receber a sua visita, fico muito feliz! Acho que tem razão, ao menos esta está gostando um pouquinho de mim. De fato, foi um presente especial poder assistir ao surgimento destas flores, tão aguardadas!

      Fico muito contente por saber que seu jardim está se beneficiando deste tempo mais úmido. Aqui também, foi um alívio!

      Muito obrigado pelo carinho das suas palavras, também desejo a você e suas plantas especiais um abençoado outono!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  4. Ficou ótima a composição e suas observações a respeito das orquídeas micros! Boa vertente!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalo, que bom saber que gostou! Sua opinião é sempre muito valiosa, super obrigado pela visita e pelo apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Boa noite, Sérgio. Ando meio desanimada com as minhas micro... Elas também não vão muito com a minha cara e a minha peleja está grande. Hoje deparei-me com uma Madesvallia infracta toda desmilinguida, com um monte de folhas caídas... Aquilo me aniquilou o coração... Mas sou persistente e não vou desistir delas que também são minha paixão! Ótimo artigo, como sempre. Paz e bem, querido...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roseana, boa noite! Poxa, que pena, sinto muito pela sua Masdevallia. Este é um gênero que desaba apenas com o meu olhar. Acho o cultivo muito difícil para as minhas condições.

      Mas faz muito bem em não desistir! Torço para que sua coleção se aprimore e aumente, sempre!

      Muito obrigado pelo carinho, adorei a visita! Um grande abraço!

      Excluir
  6. Boa noite Sergio! Gostei bastante do artigo e da referencia a uma joia na foto. Uma pena que não exista muito material a respeito das micro orquídeas.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ricardo, boa noite! Que bom saber que gostou do artigo, fico contente! De fato, infelizmente ainda não dispomos de muito material para consulta e aprendizado. Há tempos o Sr. Masuji tenta publicar um livro a respeito, sem sucesso.

      Muito obrigado pela visita e pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Tenho algumas micro, sobreviventes do tórrido calor seco da região onde vivo. Já perdi uma infinidade, pela teimosia em cultivá-las. Agora estou na fase da resignação e passarei a cultivar apenas as que se adaptam ao clima de onde moro. Não se pode brigar com a natureza. Me identifiquei plenamente com teu texto. Estas tuas estão maravilhosas, verdadeiras joias! Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alexia, que pena! Imagino o seu desgosto, de fato, estas pequenas são bastante geniosas. Eu também estou me dedicando mais àquelas que se adaptam ao meu ambiente. Que bom que gostou, muito obrigado pelo carinho do comentário! E boa sorte com as suas orquídeas, micro ou não!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Que pequena joia preciosa Sergio..
    É tão linda a pequenina orquídea cabisbaixa e despretensiosa...
    A timidez dela faz que o nosso interesse seja maior!
    Afinal, adoramos mistérios!!!

    Parabéns amigo, você é um artista! Empolgado e compenetrado com o que faz!
    Consegue nos trazer a beleza daquele momento sublime: do preparo da linda imagem para que nos encantemos... E sempre consegue captar a "alma" da preciosa mini-orquídea!
    Linda mesmo!!

    Obrigada, mais uma vez!
    Que nunca perca esse entusiasmo, para sempre nos proporcionar esse show de beleza amigo!
    Beijos e uma grande e especial semana!! :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana, tudo bem? Adorei sua descrição desta pequena orquídea, eu não poderia fazer melhor.

      Imagine, eu que agradeço a você pelo carinho do comentário, sempre inteligente e alto astral. Fico contente por saber que gostou da imagem, muito obrigado pelas palavras de apoio!

      Beijos e uma ótima semana para você também! :)

      Excluir
  9. Gostaria de ter uma joia dessa...mas nao acho...dificil essa lindeza :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nandra, que bom que gostou! De fato, esta é mais difícil encontrar. Eu mesmo já a perdi, infelizmente. Muito obrigado pelo comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir