Laelia Adrienne - Expectativa em um botão


Botão floral da mini-orquídea Laelia Adrienne
Laelia Adrienne

Fui surpreendido novamente. Adquiri esta mini-orquídea, Laelia Adrienne, no começo do ano. Devido à longa viagem, todas as orquídeas do lote sofreram um pouco. Algumas estão sem dar sinal de vida até hoje. Acreditei que, devido ao stress, não veria flores tão cedo, inclusive por parte deste belo híbrido.

A Laelia Adrienne é considerada um híbrido primário natural, resultante do cruzamento entre Laelia pumila e Laelia jongheana. É primário porque envolve apenas duas espécies. E é natural porque esta miscigenação ocorre de forma espontânea no habitat destas orquídeas, sem a interferência do homem. Pesquisando na internet, encontrei apenas uma foto de um exemplar resultante deste cruzamento. Achei a flor belíssima e, após muita procura, consegui comprá-la.

Felizmente, a agonia da minha curiosidade vai durar pouco. Antes mesmo do término do desenvolvimento de um novo pseudobulbo, a folha incipiente já se abriu, revelando um belo botão floral. Não consigo parar de me perguntar se a flor será igual àquela que tanto me impressionou. Espero trazer novidades em breve!

15 comentários:

  1. 0i Sergio, com certeza vc terá uma bela surpresa! Abç.





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flávia! Que ótimo, espero que sim! Mal vejo a hora deste botão se abrir. Muito obrigado pelo apoio e interesse!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Vamos torcer por essa bela "menina"!...
    abs
    Suely

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, com certeza, Suely! Muito obrigado pela força!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Olha só: mais uma que se projeta, felicidade ao ver suas flores! Mt boa sorte nos teus cultivos! Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalon! Que ótimo receber sua visita e apoio, muito obrigado por tudo! Tomara que eu possa mostrar a flor em breve!

      Um grande abraço e tudo de bom!

      Excluir
  4. Mais um se preparando para um show
    belo cultivo.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bete! Assim espero, vamos ver no que vai dar! Que bom, muito obrigado pela força!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Que alegria Sérgio!!!
    Estou curiosa pra descobrir também.
    Interessante saber que a natureza faz estes cruzamentos.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Pois é, há híbridos belíssimos que a própria natureza produz. Inspirado nela, o homem reproduz estes cruzamentos em laboratório. Que bom que gostou! Prometo que trago a foto da flor, assim que abrir!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Boa Tarde, Sérgio
    Eu estou realmente curiosa para ver o "despertar" destas flores. Quero que saiba que seu blog tem sido para mim uma inspiração, estou lendo suas postagens eles são bábaras, o modo como você descreve cada descoberta tem me deixado ainda mais fascinada pelas orquideas e isso tem me feito muito bem.
    Iniciei minha coleção à alguns meses, as coisas aqui ainda estão meio "cruas", mas estou realmente muito animada com esta nova paixão.
    Contiue inspirado e inspirador
    Beijos,
    Vanilda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanilda, boa tarde! Que ótimo ler sua mensagem. Fico muito feliz por saber que o blog tem servido de motivação e inspiração para sua coleção de orquídeas!

      Muito obrigado pelo retorno e carinho, torço para que sua paixão transforme sua vida, assim como fez com a minha.

      Bjos e tudo de bom!

      Excluir
  7. Sergio,

    Fantastica a expectativa de ver a flor magnifica surgir!

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sissym! É verdade, acho este momento mágico! Nem sempre tudo corre como desejamos, mas vale a pena a expectativa!

      Muito obrigado pela visita e pelo carinho!

      Bjos e tudo de bom!

      Excluir