Uma joia de micro-orquídea


Cápsula da micro-orquídea Phymatidium delicatulum
Phymatidium delicatulum

Recentemente, ganhei uma micro-orquídea de uma grande amiga, Elza Kurauchi. Orquidófila de mão cheia, a Elza possui exemplares belíssimos, todos muito bem cultivados. Frequentemente, sou surpreendido com presentes especiais, como o que mostro hoje.

Assim que vi a micro-orquídea, fiquei impressionado com as minúsculas esferas verdes que pendiam de seus finos ramos. Apenas com a ampliação de uma macrofotografia, pude observar que se tratam dos frutos, formados após a polinização das flores. Cada uma destas pequenas cápsulas esverdeadas formará milhares de sementes que, quando maduras, serão lançadas ao vento. 

Os frutos são tão minúsculos que se comparam em tamanho a um diamante de 0,15 quilates. Na foto acima, ele está incrustado em um brinco solitário de ouro branco. Além do tamanho similar, esta micro-orquídea é para mim tão valiosa quanto a joia que a acompanha.

O Phymatidium delicatulum faz jus ao nome, já que é uma orquídea minúscula, com finas ramificações que lembram um musgo. A planta toda cabe em um dedal. Seu cultivo é considerado difícil, já que necessita de um ambiente com alta umidade relativa e protegido do sol. Mantê-la viva será um grande desafio aqui no apartamento. Mas sua beleza e delicadeza fazem valer a pena.


Video: Orquídeas e joias, uma rara combinação

Coletânea de fotos de orquídeas com joias, publicadas no blog Orquídeas no Apê. Audiovisual com imagens em alta definição e trilha sonora. Novas orquídeas a cada semana.

23 comentários:

  1. Boa noite Sergio!
    Antes aproveito para parabenizar o novo layout do seu Blog com a inserção da barra de orquídeas no cabeçário, que ficou mais do que maravilhoso!
    Notei que são as suas modelos mais lindas, desfilando toda a beleza, cores, delicadeza e encanto na passarela!
    FICOU UM ESPETÁCULO!!!

    Ademais, quanto à sua nova pupila, esta realmente é uma joia pequenina e rara!
    Deve dar um trabalho danado para cuidar e analisar, ante a sua espessura mínima. Mas tudo compensa ao final não é amigo?
    Eu adoro vir aqui e pegar essa energia vital que você nos proporciona com suas pequenas preciosidades!

    Beijos e uma semana maravilhosa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana, boa noite!

      Que ótima surpresa ver que você reparou na mudança! De fato, procurei escolher, além das minhas favoritas, aquelas que os leitores mais curtiram e comentaram. Fico muito feliz por saber que gostou, sua opinião é sempre muito importante para mim, já que admiro e confio no seu bom gosto e senso estético!

      De fato, esta pequena orquídea é uma graça! Tenho medo só de olhar para ela, parece que vai definhar a qualquer momento. Vamos ver se consigo cuidar dela a contento.

      Imagine, Adriana, eu que adoro receber suas visitas e ler seus comentários. Sempre tão carinhosos e inteligentes! Muito obrigado por tudo!

      Bjos e uma ótima semana para você também!

      Excluir
  2. É uma das mais belas que tenho aqui. E que perfume!

    De difícil cultivo, mas vale muito cultivá-la!

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luis! Que bom saber sobre o perfume! Vamos ver se consigo cultivá-la, sou péssimo com micro-orquídeas. Brigadão pela visita e comentário!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. La naturaleza no deja de asombrarnos, yo jamás imaginé que había tanta variedad de orquídeas.
    Es una verdadera curiosidad esta pequeña planta, un placer pasar por tu sitio.
    Te dejo un fuerte abrazo, buen comienzo de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cristina! Muito bem observado, a variedade e quantidade de orquídeas existentes é de fato impressionante! Esta é uma delicada miniatura, espero poder trazer uma foto de suas brancas flores.

      Que alegria receber sua visita e ler seu comentário! Muito obrigado por tudo! Também desejo a você e aos seus uma ótima semana!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Maravilhoso ... coisas da natureza.
    Abraços
    Gigi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gigi! É verdade, são essas pequenas surpresas que nos encantam. Que bom que gostou, muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Parabéns Sergio. Que delícia de micro orquídeas. Uma verdadeira beleza.Barra superior fotos são preciosas. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angel Mar! Que bom saber que gostou, também acho esta micro-orquídea uma graça. Fico feliz em saber que gostou da barra superior! Muito obrigado pela visita e pelas palavras de apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Falar da beleza ,serei repetitivo,sou leigo ,mas adoro fazer o papel de 'advogado do diabo'

    Sem nenhum conhecimento ,anos atrás tentei cultivar 3 amostras e a falta de orientação técnica, me levou a furar uma mangueira (árvore) e introduzí-la. Permaneceu viva por 1 mês,secou-se!

    A pergunta Sérgio.ou melhor o questionamento-rsrsrsrsrsrs - creio ser as orquídeas uma planta-cipó que não exige regas d'água,mas como cultivá-las?
    Quais os substratos adequados ,temperatura e umidade á serem administradas?
    Quais espécies que mais se adapta a vasos ou troncos?
    Me desculpe o interrogatório

    Essa Phymatidium delicatulum simboliza a magia da vida que passa despercebida por nós,são belíssimas!!!
    Parabéns

    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nino! Que bom receber sua visita, fique à vontade para perguntar o que desejar, sem problema algum! Fico contente que tenha gostado desta micro-orquídea. De fato, olhando de longe, nem percebemos que se trata de uma orquídea!

      Acho que o problema da mangueira é que, por possuir a copa bastante densa, faz sombra demais às orquídeas. Algumas micro-orquídeas, que necessitam de menos luz, podem adaptar-se. Mas o ideal é que a árvore faça um sombreamento moderado.

      Como existem mais de 35 mil espécies de orquídeas, não há como falar sobre um único modo de cultivo. Há orquídeas que vivem sob sol pleno, outros no solo de densas florestas. Há epífitas, terrestres, rupícolas. O ideal é ir pesquisando aos poucos, conhecendo cada uma e tentando adaptar seu ambiente para cultivar as que melhor se adaptam a ele.

      Aqui na seção 'Links', na barra superior, você vai econtrar vários blogs sobre orquídeas, no Brasil e no mundo. Eles são uma excelente fonte de aprendizado sobre estas interessantes plantas. Particularmente, recomendo os vídeos da Carol Costa, do Minhas Plantas.

      Muito obrigado pela visita e um grande abraço!

      Excluir
  7. Sergio
    Que imagem mais linda é esta?
    Parabéns, sempre com maravilhosos posts.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bete! Imagine, bondade sua! Que bom que gostou da foto, fico feliz! Muito obrigado pelas palavras de apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Essa pequena-linda orquídea lhe dará um pouquinho de preocupação..rsrsrsrrsrsrs, mas lhe recompensará com uma bela florada, na sua próxima vez! acredite. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalon! Hehehe, sabe que você tem razão? Não sei se saberei cuidar direito dela, vamos ver o que acontece! Tomara que haja uma próxima florada por aqui!

      Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  9. Olá! O seu Blog é um colírio!
    Adorei conhecer esta esplêndida micro-orquídea!
    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Que bom saber, fico contente! Muito obrigado pela visita e pelas gentis palavras!

      Um grande abraço e até mais!

      Excluir
  10. oi Sergio, ela é preciosa mesmo, nunca vi uma orquídea tão pequena, depois quero ver vc mostra-la aberta.
    Lembra da minha orqueidea oncidium que estva curtindo os btões, acabei dando de presente pra minha mãe que éstava de aniversario de casamento, fiquei feliz pois ela vai ficar lindíssima.
    Como estou sem carro não fui mais dar uma escapadinha na floricultura que fica longe aqui de casa.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Pois é, também estou ansioso para ver a flor desta orquídea! Vamos ver se consigo cultivá-la bem até lá.

      Lembro-me do seu Oncidium, que legal! Foi um belíssimo presente, para uma data especial. E a lembrança deste momento perdurará por vários anos. Adorei!

      Que pena, Ana! Eu sempre me divirto visitando floriculturas e garden centers. O problema é o estrago no cartão, depois!

      Que ótimo receber a sua visita e conversar um pouco. Muito obrigado pelo carinho do seu apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir
  11. Mto boa a foto e o q escreveu tbm, elas são nossas jóias sem dúvidas.Abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flávia! Que bom saber que gostou, muito obrigado pela visita e apoio, sempre!

      Um grande abraço!

      Excluir