Mini-orquídea Sl. Jinn - Floração 2013

 
Mini-orquídea Sophrolaelia Jinn
Sophrolaelia Jinn

Conforme prometido, trago mais uma foto de uma das minhas orquídeas preferidas, a mini Sl. Jinn. Híbrido primário resultante do cruzamento entre Sophronitis coccinea e Laelia milleri, esta miniatura possui flores de um vermelho intenso e vibrante, apresentando uma textura quase aveludada, que torna-se cintilante quando exposta à luz do sol.

A Sophronitis coccinea é a principal orquídea responsável por conferir a cor vermelha à maioria dos híbridos existentes nesta coloração, mais rara na família Orchidaceae. Tipicamente brasileira, esta mini-orquídea habita as árvores da Mata Atlântica, necessitando portanto de um ambiente fresco e constantemente úmido para se desenvolver bem.

No outro extremo, a Laelia milleri, também brasileiríssima, é uma típica orquídea rupícola. Crescendo sobre as rochas das regiões montanhosas de Minas Gerais, sob sol pleno, encontra-se bastante adaptada às adversidades de seu habitat.

A combinação destas duas belas espécies resultou em um híbrido sui generis, uma mini-orquídea com as flores grandes, em forma de estrela e de um vermelho espetacular.

14 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi, Américo! Que bom saber que gostou, muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Sergio ela está perfeita e muito linda., sem contar a foto.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bete! Imagine, você sempre tão gentil. Muito obrigado pelo apoio, fico feliz em saber que gostou!

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Olá Sergio, boa noite amigo!
    Puxa vida, sinto que quase cheguei com atraso na exposição detalhada da "daminha" de vermelho!!!
    Ela é mesmo uma estrela perfeita!!
    Que espetáculo de orquídea!
    É muito rara não é amigo? Verifiquei pela sua explicação...
    O seu vermelho intenso, rubro é de uma beleza sem igual!!

    E assim, em close, salta aos olhos a sua cor envolvente!!
    Depois do azul, vermelho é a minha cor favorita!! :)))
    Parabéns por esta maravilha e um super abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana, boa noite!

      Imagine, aqui você nunca chega atrasada! Sua visita e comentário são sempre motivo de grande alegria.

      Fico contente que tenha gostado da daminha de vermelho! Na verdade, esta mini-orquídea não é muito rara, embora seja mais difícil vê-la nas coleções. Curiosamente, a sua cor favorita, o azul também é raríssimo entre as orquídeas!

      Muito obrigado pelo carinho da sua visita, Adriana!

      Um grande abraço e até mais!

      Excluir
  4. Aff... este vermelho é absolutamente fantástico! É impressão ou puxou muito mais da Laelia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luis! É verdade, acho esta coloração fantástica! Muito bem observado, esta flor tem predominância das características da Laelia milleri. O interessante é que o cruzamento com a Sophronitis tornou a haste floral mais curta, o que confere uma harmonia ao conjunto.

      Brigadão pela sua visita e comentário, sempre muito pertinente.

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Olá Sergio, a natureza é divina.
    Abraços - Gigi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gislainne! É verdade, concordo plenamente! É um privilégio poder observá-la em seus mínimos detalhes. Que bom receber a sua visita, muito obrigado pela gentileza!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Você fez um ótimo trabalho por aqui, conseguiu equilibrar a beleza da orquídea com o seu texto rico em informações.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Igor! Que bom saber, muito obrigado pelas palavras! Fico contente que tenha gostado, valeu pelo apoio!

      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Olá Sergio.
    Vc acha que essa planta floresceria a nível do mar em ambiente bem iluminado, quente e úmido (60 a 80%)? As sofronites precisam de frio e as laelias de altitudes, né?

    Abraço,

    Roberto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberto!

      Tudo bem? De fato, os pais deste híbrido possuem requisitos de cultivo bastante diferentes. No entanto, esta orquídea é bem tranquila quanto ao cultivo, florescendo frequentemente. Acho que vale a pena tentar, ela deve ir bem nas suas condições.

      Muito obrigado pela visita, um grande abraço!

      Excluir