Mini-orquídea branca despertando - Laelia alaorii


Botão floral da mini-orquídea Laelia alaorii
Laelia alaorii

Ao olharem para esta foto, os mais desavisados podem acreditar que se trata de um botão de rosa. Na verdade, esta é uma mini-orquídea branca, Laelia alaorii, cujo botão floral eu apresentei recentemente. Devido às alterações de nomenclatura, ela também pode ser denominada Hadrolaelia alaorii ou Cattleya alaorii. A flor é minúscula. Neste estágio, tem a dimensão aproximada de um dedo polegar.

Esta orquídea apresenta tipicamente uma coloração rosada, meio pálida. A variedade alba é mais rara. Curiosamente, quando adquiri esta planta, acreditei que se tratasse de uma variedade rosada. Para minha surpresa, a flor está se abrindo com pétalas e sépalas predominantemente brancas. Há um leve risco púrpura na ponta das sépalas laterais. Os demais elementos florais são completamente alvos.

Dentro de mais alguns dias, teremos a flor completamente aberta. E eu, para variar, trarei correndo para mostrar a vocês. Esta mini-orquídea foi uma aquisição do portal Minhas Plantas, da jornalista Carol Costa.

28 comentários:

  1. Hola Sergio. Uma flor deliciosa e a imagem torna-lo ainda mais bonito. Parabéns. Colocar a foto quando aberto, promete ser bonito. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angel Mar! Tudo bem? Que bom receber a sua visita, fico contente que tenha gostado! Prometo que mostro a flor aberta em breve!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Oi,Sérgio!
    Que doçura esta imagem do botão de flor se abrindo! Eu mesma fico sempre encantada com a promessa de beleza de cada singela flor que desabrocha para a luz do dia...Em cada pétala,uma genuína alegria! Não conheço esta espécie ainda, mas imagino a delicadeza desta pequenina orquídea... Sem dúvida,fonte de sorrisos para os nossos olhos!
    Um abraço grande daqui!!!!
    Teresa
    Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Teresa! Pois é, eu também sou fascinado por este momento tão fugaz que é a abertura de um botão! Particularmente, quando se tratam de orquídeas, que demoram tanto a florescer!

      Prometo que trago a foto dela aberta muito em breve. Eu agradeço a você, de coração, pela visita e pelo interesse nas meninas.

      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Como disse no face, Ô ansiedade!

    Esta é a melhor fase!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luis! É verdade, concordo plenamente! O legal desta fase é que sabemos faltar bem pouquinho para, finalmente, ver a flor aberta. Muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Olá Sérgio, o dia está tão feioso aqui... então tive uma brechinha no trabalho e pensei: vou lá no Sérgio embelezar meu dia rsrsrs
    Que linda imagem!!! Nunca tinha visto uma mini orquídea! Adorei :)

    Obrigado por compartilhar :) Grande abraçooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samanta! Pois é, aqui o tempo também não está bom. Aliás, faz tempo que não vejo o sol. As orquídeas já estão reclamando, hehehe!

      Mas que ótimo receber a sua visita e ler seu comentário. Este sim, veio embelezar o blog! Fico contente que tenha gostado. Em breve, mostro para você a foto da flor toda aberta.

      Imagine, eu que agradeço a você pelo carinho! Um grande abraço! :)

      Excluir
  5. Ai, que coisa mais linda! Acredita que eu mesma não tenho uma dessas? É um prazer enorme vender plantas quando a gente sabe que o cliente é amigo e ainda um jardineiro de mão cheia! Obrigada por essa alegriazinha, Sergio!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol! Ah, que pena... Essa vale a pena ter! Mais do que a flor, esta orquídea me traz a recordação de nossa amizade. Sou um grande admirador do seu trabalho.

      Imagine, eu que agradeço a você, por todo o apoio e carinho!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Todos os recados acima são super merecidos! Mais uma foto de profissional; e a artista a ser fotografada: capricha na beleza! abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jalon! Imagine, gentileza sua! Mas concordo com você, o mérito é todo da artista! Eu apenas tento capturar esta beleza que lhe é intrínseca!

      Muito obrigado pela visita e pelo apoio!
      Um grande abraço!

      Excluir
  7. Que flor tan curiosa, de verdad se puede confundir con una pimpollo de rosa, es bellísima!
    Un placer pasar por tu jardín, abrazos miles!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cristina! É verdade, inclusive a própria flor, quando aberta, lembra uma rosa. Que alegria receber a sua visita neste modesto jardim! Muito obrigado pelo carinho!

      Um grande abraço!

      Excluir
  8. Sem comentários, a natureza alem de perfeita é linda. Bonito post amigo parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cristiano! Que ótimo receber sua visita aqui no blog. Muito obrigado pela consideração! Fico feliz em saber que gostou do post. Valeu pela força!

      Um grande abraço!

      Excluir
  9. Que suuper surpresa Sérgio, um presentão da natureza pra vc!!
    Quero agradecer teu comentário na postagem do aniversario do blog, vc é muito generoso!!!!

    abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Maria! Imagine, eu que agradeço pelo seu prestígio e apoio, sempre! Seu blog merece todas as homenagens, é um caso de sucesso!

      Muito obrigado pela visita, adorei!

      Um grande abraço!

      Excluir
  10. That is an outstanding species and such a beautiful photo, Sergio. You may not be able to get good pictures at shows, but you certainly get wonderful photos of your own plants. This is one of my favorite Laelias (now Cattleya, I think).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi, Ron! Yes, you are right, now it's Cattleya. But I'm so used to the old name. Thank you so much for your comment and support. It's nice to know you like the pictures!

      All the best!

      Excluir
  11. Um momento de extrema beleza, que pode revelar muitos mistérios da natureza e da fisiologia humana.
    Linda!
    Beijão Sergio.
    Ah, se tivesse um botão, compartilharia nas redes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Beth! Fico feliz em receber sua visita aqui no blog! Muito obrigado pelo comentário e pelo apoio! No momento, tenho três botões para compartilhar (Facebook, Twitter e Google Plus), ao final do post. Valeu pela força!

      Um grande beijo!

      Excluir
  12. Respostas
    1. Oi, Antonio! É verdade, concordo plenamente! Muito obrigado pela visita e pelo comentário! Um grande abraço!

      Excluir
  13. Sérgio, qual o substrato da sua Alaorri? Você deixa do sol direto? dizem que elas curtem muita luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Erika! As minhas estão plantadas em uma mistura de casca de pinus e sphagnum, sobre uma bandeja com água e pedriscos. É importante manter a umidade alta.

      Quanto à luminosidade, de fato, é alta, mas sem sol direto. Elas recebem o sol da tarde, filtrado por tela de sombreamento 50%. Espero ter ajudado!

      Muito obrigado pela visita e participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  14. Ver uma flor,seja orquídea ou não, desabrochar é algo maravilhoso. Lembro-me do poeta Ângelus Silésius que disse: "A rosa é sem por que; floresce por florescer, não sabe dela mesma nada, não pergunta se a vêem". Ampliando o sentido desse belo poema: as flores são sem por que, florescer por florescer. Somos privilegiados quando as contemplamos na beleza de seu desabrochar, na sensibilidade de sua presença entre nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Enock, que linda mensagem! Concordo plenamente, muito obrigado por compartilhar tão belos pensamentos. Sou muito grato pela sua visita e participação!

      Um grande abraço!

      Excluir