Fotos de orquídeas - O que podem revelar


Botão floral da orquídea Dendrobium loddigesii
Dendrobium loddigesii

Comecei a fotografar orquídeas recentemente, depois de velho. Por isso, ainda me espanto com a vasta gama de possibilidades desta técnica. Uma delas é a capacidade de revelar detalhes que costumamos não notar. Frequentemente, decido fotografar um arranjo floral que considero belo e perfeito. Após muitas fotos, sento-me para editá-las e passo a reparar naquela cortina amassada, na parede suja ou em uma flor já meio passada.

Há algum tempo, fotografei a floração de uma orquídea que achei belíssima. Tempos depois, encontrei nas fotos uma estranha área esbranquiçada. Fui ampliar e quase caí de costas. Era uma cochonilha, em detalhes assustadores. A partir deste episódio, surgiu-me a ideia de, no lugar de inspecionar as orquídeas com lupa, fotografá-las com a função macro da câmera.

Foi o que fiz com este Dendrobium loddigesii da foto. Comprei-o há pouco tempo e ainda esperava sua aclimatação ao novo vaso. Foi quando notei uma pequena saliência no pseudobulbo. Pensei que fosse um broto, mas não enxergava direito. Por via das dúvidas, fotografei. E, para minha surpresa, era um botão floral! Não imaginava que uma muda tão jovem pudesse florescer, ainda mais aqui em casa. A partir daí, fiquei fã do uso da tecnologia em prol do orquidófilo míope.

6 comentários:

  1. Esse demdrobium é lindo! Parabéns pela foto!
    Abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Flávia, também acho! Imagine, muito obrigado! Abraços!

      Excluir
  2. Olá Sérgio,
    gosto de ler o que você escreve,
    e muitas vezes te acho engraçado, rsrsrs...
    abraços.
    Zenaide.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zenaide! Hehehe, que bom saber! Fico feliz que esteja gostando. Muito obrigado pelo retorno e um grande abraço!

      Excluir