Phalaenopsis - Um novo começo


Orquídea Phalaenopsis semi-alba
Phalaenopsis semi-alba

Enquanto escrevia o título deste post, veio-me aquela sensação de déjà vu. Mas afinal, acho que estamos sempre recomeçando mesmo. Depois de um período difícil, encontrei forças ao ver que a vida continua, simbolizada pelo nascimento das hastes gêmeas desta orquídea.

Sempre achei que aquelas Phalaenopsis portando duas enormes hastes florais ao mesmo tempo fossem coisa de orquidófilo ninja, cujo segredo era guardado a sete chaves. Esta da foto, por exemplo, sempre floresceu com muita parcimônia, apenas uma haste, vez ou outra. Vocês podem conhecê-la melhor visitando a floração do ano passado.

Deste ponto até a abertura completa das flores, teremos um árduo e tortuoso caminho. Vamos ver se chegaremos lá. Vocês, claro, estão convidados a me acompanhar nesta jornada. Mas já estou feliz e orgulhoso da proeza desta menina.

12 comentários:

  1. Welcomeback, Ju! Que belo sinal de que a vida segue, nem sempre perfeita, mas ainda com boas surpresas. Fico feliz demais com o retorno. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Má, que bom receber sua visita aqui e ler seu comentário! Pois é, vamos em frente tentando ver as coisas boas que a vida nos traz. Muito obrigado pelo carinho e pela força! Abração!

      Excluir
  2. Lindas e fortes hastes
    Parabéns pelo cultivo, não tenho sorte com as Phalaenopsis, chegam floridas e não consigo ver mais nenhuminha flor, teve uma que deu tanto broto na haste que acabei dendo mãe e filhinha juntas.
    mais uma vez parabéns Sergio
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bete, imagine, muito obrigado! Poxa, que pena que elas não vão bem. Aqui também, não é aquela maravilha. Muitas vezes, os botões até se formam, mas muitos abortam. De fato, é uma planta mais geniosa. Vamos ver o que acontece com as gêmeas. Que bom vê-la por aqui, muito obrigado! Um grande abraço!

      Excluir
  3. Olá Sérgio. Foi uma ótima surpresa ter encontrado o seu blog. Também moro em apê, tenho algumas orquídeas, e adoro cuidar delas. Aparentemente elas gostam daqui, pois florescem periodicamente, algumas com duas ou três hastes. Recentemente uma phalaenopsis brotou, e eu não sei quando e como plantar o broto, que está crescendo rapidamente. Há informações sobre isso no blog?
    Abç.

    Lisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lisa, tudo bem? Que ótimo receber sua visita, seja muito bem-vinda! Parabéns pelo cultivo, que bom saber que está tudo indo bem. Os orquidófilos costumam chamar este broto de keiki, que significa bebê em havaiano.

      Infelizmente, eu nunca obtive um destes por aqui. Por isso, nunca publiquei um artigo sobre o tema. Mas é relativamente tranquilo. Caso o ambiente esteja muito seco, pode-se enrolar um pouquinho de musgo sphagnum ao redor das raízes. Quando elas estiverem com um bom comprimento, suficiente para apoiar a muda em um vasinho, pode-se separá-la da mãe. Boa sorte, espero que corra tudo bem.

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Olá, .
    Também tenho orquídea que teve hastes gémeas e uma deu nova plantinha. Nunca a tirei, esteve 3 anos na haste da mãe e hoje reparei que se separou. Vou ter de colocar no seu vaso, espero que se aguente pois está com flor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Que legal, uma ótima notícia! Parabéns pela paciência e pela nova orquídea, bom saber que deu tudo certo. Muito obrigado pela visita e pela participação!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. Amigo, os períodos difíceis são necessários para nos fortalecer e até nos mostrar novos caminhos. De 2013 pra cá, tenho encarado com bravura muita coisa que nem sonhei fosse capaz, mas estou me redescobrindo de novo. Quanto a sua bela Phal com duas hastes gêmeas, são lindas e te darão muita felicidade com exuberante floração. Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana Lúcia, que pena! Sinto muito pelos problemas, parabéns pela coragem e disposição ao enfrentá-los. Que ótimo saber que gostou da Phal, muito obrigado pela visita e pelo apoio, sempre!

      Um grande beijo!

      Excluir
  6. Minha Phal esta com um keiki na haste no quinto nó, o que devo fazer? esta com tres folhas ainda muito pequenas e nao vizualizei raizes. a planta mae esta muito saudavel. esse keiki saiu a 7 dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Que legal, parabéns! Neste caso, é importante esperar que o keiki desenvolva raízes, e que elas atinjam um bom comprimento. Quando isso acontecer, você pode cortá-lo da haste e plantar em um vaso separado.

      Um grande abraço!

      Excluir