Maravilhosa Graça


Manacá da serra - Tibouchina mutabilis
Tibouchina mutabilis

Na semana passada, vimos uma pessoa muito próxima à família partir de forma inesperada. Tomado pela dor e perplexidade, imaginei que não escreveria aqui por um tempo. No entanto, hoje, revirando arquivos, encontro esta foto de um manacá da serra florido. De imediato, vieram-me à memória vários elos afetivos desta imagem com a pessoa que se foi e sua família. Todos os domingos, nós nos encontrávamos na igreja em frente à qual esta árvore está plantada. Além disso, quem a plantou, alguns anos atrás, foi uma grande amiga em comum. Achei que seria apropriado postar esta foto, como uma pequena lembrança.

As flores do manacá da serra desabrocham brancas, passam por tons de rosa e tornam-se magenta. Desta forma, as três cores convivem em uma mesma planta. O que me faz lembrar que somos um pouco parecidos. Nascemos como uma folha em branco, puros. Atingimos o auge com a vivacidade da cor e, por fim, vamos desbotando com a idade. Infelizmente, nem sempre as coisas seguem seu curso natural. Acho que estes pequenos detalhes nos convidam a aceitar o presente da vida, a Maravilhosa Graça que nos é concedida.

14 comentários:

  1. Belo texto, Sérgio! Você falou tudo! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliane, imagine, muito obrigado pelo carinho! Fico feliz com a sua visita e suas palavras. Um grande abraço!

      Excluir
  2. Olá Sérgio,tudo faz parte do aprendizado,e estamos aqui para seguir aprendendo até q nosso momento de partida chegue,assim é e sempre será...
    o q podemos fazer é aproveitar o tempo apreciando as maravilhas da mãe natureza q sempre nos presenteia com carinho e alegria!!
    Até mais.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Neusicleia! Que bom ler sua mensagem, muito obrigado pelo carinho. Concordo plenamente! Abraços!

      Excluir
  3. Lindo Manacá, linda reflexão!
    Abçs
    Ziel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pastor Ziel, muito obrigado! Que honra receber sua visita, fico feliz que tenha gostado. Um grande abraço!

      Excluir
  4. Sergio, sinto muito pelo ocorrido.
    Que Manacá mais lindo você postou, é época deles. São maravilhosos, obrigado por compartilhar
    abraços e uma iluminada noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bete, muito obrigado pelo apoio e pelas palavras. De fato, eles estão explodindo em flores. Imagine, eu que agradeço pela visita e pelo carinho, sempre! Abraços e uma ótima noite para você também!

      Excluir
  5. Oi Sérgio, linda reflexão. As vezes me sinto como o manacá, uma só árvore convivendo com tantas possibilidades de cores. E agora estou pensando...há ainda o período no qual não há flor alguma...e de repente...essa explosão.
    Bjs, Solange

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Solange, muito obrigado! Tem razão, concordo com você. E, pensando bem, é de fato surpreendente este contraste. Lembra-me algumas orquídeas que eu julgava mortas e, do nada, floresceram. Que bom ler seu comentário! Um grande beijo!

      Excluir
  6. Que flores lindas...
    A natureza é sábia e nos mostra como agir. As vezes precisamos ser podados para florescer e fortalecer!

    Tenha um feriado abençoado, grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanda, que bom receber sua visita! Muito obrigado pelas palavras. Concordo plenamente, linda analogia essa da poda. Para você também, um ótimo feriado. Abraços!

      Excluir
  7. Oi Sérgio!
    Que bom que você postou essa foto! Vejo muitas delas quando desço a rod. Oswaldo Cruz rumo à Ubatuba. A estrada fica lindíssima com essas árvores floridas. Não sabia o nome delas, mas agora já sei...Obrigada também por compartilhar conosco seus textos repletos de sensibilidade. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vânia, que legal! Imagino que deva ficar lindo mesmo, essa árvore é tão generosa na floração.

      Imagine, eu que agradeço pela visita e pelo carinho. Que bom que esteja gostando! Abraços!

      Excluir