Micro-orquídea Ornithophora radicans - Orquídea alpinista


Micro-orquídea Ornithophora radicans
Ornithophora radicans

Ao plantarmos uma orquídea, é sempre importante sabermos para onde a planta vai crescer. Algumas, como as Phalaenopsis, ficam quietinhas em seu lugar, apenas crescendo para cima. Este tipo de crescimento é chamado monopodial. Outras, como as Cattleyas, vão andando pelo vaso, formando novos bulbos, um na frente do outro. É o crescimento simpodial. Neste vídeo do portal Minhas Plantas tem tudo bem explicado.

Esta micro-orquídea, Ornithophora radicans, é uma que, teoricamente, tem crescimento simpodial. Só que, neste caso, os novos bulbos não nascem na frente dos mais antigos. Eles escalam, uns sobre os outros. Ampliando a foto, você verá que os bulbos mais antigos estão plantados no vaso, como eu fiz originalmente. Os bulbos mais novos, geralmente maiores e mais gordinhos, estão subindo pelos ares, em camadas cada vez mais altas. Trata-se de uma genuína orquídea alpinista. Estou muito curioso para ver onde isso vai parar.

2 comentários:

  1. A ORQUÍDEA PODE SER CULTIVADA EM VASO DE BARRO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem? Pode sim, muitos utilizam vaso de barro. Como ele seca mais rápido, é preciso prestar atenção à umidade e às regas. Ele também tende a acumular sais do adubo, por isso é bom lavar com bastante água, de tempos em tempos.

      Muito obrigado pela visita! Um grande abraço!

      Excluir