Compra de micro-orquídea - Oncidium pumilum


Micro-orquídea Oncidium pumilum
Oncidium pumilum

Esta é uma orquídea tipicamente brasileira, que produz uma graciosa e perfumada cascata dourada, composta por minúsculas flores repletas de detalhes, quase imperceptíveis à primeira vista.

A micro-orquídea mais conhecida como Oncidium pumilum, atualmente rebatizada de Lophiaris pumila, ocorre em vários estados do sul e sudeste do Brasil, podendo também ser encontrada na Argentina e no Paraguai.

A descoberta desta pequena preciosidade data do início do século XIX, mais precisamente 1825, quando foi descrita por John Lindley.

Este Oncidium pumilum, ou Lophiaris pumila, não costuma ser encontrado nos sites de orquidários que visito frequentemente. O nome da espécie, pumilum, significa anão em latim, alusão ao minúsculo tamanho das flores.


Micro-orquídea Oncidium pumilum
Oncidium pumilum

É considerada uma planta de cultivo difícil, requerendo um substrato que seque rápido. Além disso, necessita de um ambiente sombreado, mas com boa luminosidade e umidade. Sua floração ocorre tipicamente durante os meses do verão. As flores do Oncidium pumilum costumam durar cerca de 15 dias e exalam um pronunciado perfume adocicado, que a alguns lembra o aroma do mel.

Confesso que esta orquídea não estava na minha wishlist. Aliás, nenhuma das espécies que adquiri neste último surto estava. Mas não pude resistir à beleza e delicadeza destes cachos dourados.

A haste floral da foto não nasceu em casa, foi comprada pronta. Este contraste do dourado sobre o fundo preto é uma das minhas combinações preferidas. Pretendo escrever outros posts sobre esta orquídea, mantendo-os informados sobre sua adaptação aqui no apartamento.



13 comentários:

  1. olá, Sergio. Acabei de comprar um belo vaso de O. pumilum, Pesquisando o cultivo eu encontrei sua publicação. Pelo que vi já se passaram 2 anos desde que vc postou essas fotos...gostaria de saber como vai a sua plantinha, e se tem alguma dica além das que estão aí em cima...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Pois é, infelizmente esta orquídea não sobreviveu aos meus cuidados... De modo geral, o gênero Oncidium não se dá muito bem por aqui. Desejo sorte e um ótimo cultivo ao seu exemplar!

      Um grande abraço!

      Excluir
  2. Ola Sergio. Essa espécie adora tocos, amarre-a firmemente em algum e não use esfagnum. Regue diariamente até enraizar, depois de enraizada regue dia sim e dia não e talvez em um intervalo até maior. Perceba que quanto mais iluminação mais escura a planta fica, ela é muito rústica e já ciltivei inclusive a Sol pleno quase. Se quiser uma muda me contate, tenho algumas aqui. Garantoque fazendo isso você não perderá nenhuma. Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rui, tudo bem? Que ótimo ler estas informações, vou seguir seus conselhos, da próxima vez. Muito obrigado pela visita e pela ajuda!

      Um grande abraço!

      Excluir
    2. Caramba rui foi bom ler isso acabei fixando as minhas pumillum conpoquinho de esphaguinum no tronquinho de cipó pois amanhã já vou retirar ksksk, obrigado amigos pelas dicas...

      Excluir
  3. Tenho 4 vasos, tudo consegui ni sitio da minha irmã nos pés de laranja e nesperas...os pés secaram ,ai trouxe para minha casa e as plantei em xaxin (antigo ) e vasos de ceramicas com cascas de pinus.. estão bem e hoje 15/ 10/2015 , estão carregadas de botões !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kimiko, tudo bem? Que bom saber que resgatou as orquídeas! Parabéns pelas florações, vão ficar lindas. Muito obrigado pela visita e por compartilhar este momento!

      Um grande abraço!

      Excluir
  4. Olá Sérgio..Pesquisando sobre estas micro orquídeas, ( consegui 2 mudas de um sítio que tinha em Sarapuí-SP e trouxe para minha casa em Rio Claro-SP) encontrei este seu artigo. As minhas mudas vão bem, já deram flores aqui em casa em dezembro de 2014 e novamente este final de 2015. Atualmente (janeiro/2016) estão aparecendo cápsulas de sementes.Como hobby e principiente estou pesquisando como fazer germinação caseira e caso consiga com estascápsulas, poderei ceder alguma mudas. Sei que é meio complicado,difícil e demorado de conseguir, mas vale a pena tentar principalmente estas mudas que tenho que são nativas.
    Um abraço....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Roberto, tudo bem? Que ótima notícia saber que suas orquídeas floresceram e frutificaram! Parabéns! De fato, eu fiz algumas tentativas de semeadura, mas não obtive sucesso. Torço para que seu experimento dê certo, muito obrigado pela gentileza!

      Um grande abraço!

      Excluir
  5. adoro orquideas e tenho algumas que também trouxe da bahia em que fui fazer um passeio e lá num sitio vi´ umas mini orquideas nos ramos das goiabeiras são minusculas uns trez centi metros mas são perfeitas . e agora elas vão dar flores neste mes de julho. mas se não fosse vc. eu não conseguiria tudo isso que tenho. obrigado SERGIO eu sempre acompanho suas lições. abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Que bom saber que tem acompanhado os artigos e aproveitado as dicas! Fico feliz, muito obrigado pelo apoio e por este importante feedback! Parabéns pela floração das suas orquídeas!

      Um grande abraço!

      Excluir
  6. Tenho uma que ganhei de um amigo faz 8 meses, fixei ela num tronquinho e está emitindo raiz e folhas novas. Está embaixo do sombrite 70% ...As folhas tem umas pintinhas. Isso é n
    ormal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria Aparecida! Que ótimo, parabéns! Sim, é normal que esta espécie tenha as folhas pintadas. Um ótimo cultivo para você e muito obrigado pela visita!

      Um grande abraço!

      Excluir