Phalaenopsis semi-alba


Orquídea Phalaenopsis semi-alba
Phalaenopsis semi-alba

Um tanto cansado das florzinhas modestas que surgem de tempos em tempos aqui no apartamento, resolvi dedicar-me a fotografá-las de maneira mais caprichada. Esta Phalaenopsis semi-alba foi a primeira cobaia de minhas experiências. A flor foi colocada perpendicularmente a uma janela bem iluminada. O fundo preto foi produzido com uma folha de papel camurça. Acho que ficou bem simples, mas elegante.

Esta orquídea foi um presente dado pelo meu pai à minha mãe. Curiosamente, foi a primeira Phalaenopsis a florescer aqui em casa. No entanto, as condições hostis do local fizeram com que vários botões abortassem a floração. As flores sobreviventes, ainda assim, fizeram a nossa alegria durante alguns meses.

É interessante observar que uma planta simples, hoje encontrada até em supermercados, possa contribuir tanto para tornar o ambiente mais bonito e harmonioso. Hoje, após inúmeras orquídeas caras perdidas, sei dar valor a estes pequenos presentes que a natureza nos oferece.

2 comentários:

  1. E vim ao início do blog!
    Que bom perceber tanta beleza, leveza e um tom intimista com quem te lê! Claro, que dá mesmo vontade de ficar horas no Apê, mesmo em silêncio, absorvendo esses momentos tão especiais!
    E que suas orquídeas estejam retribuindo tanto carinho e atenção a vocês, Sérgio!!!
    Boa noite! Vou "passear um pouco mais", pois o Apê está sempre de portas abertas!!!
    E parabéns pelas mudanças que vi hoje aqui! Muito lindo! Valorizou ainda mais o seu trabalho!!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Helô! Que grata surpresa encontrá-la aqui no primeiro post do blog! De fato, a casa é sua, você é sempre mais do que bem-vinda aqui no apê!

      Muito obrigado pela visita e pela delicadeza de comentar aqui neste artigo especial!

      Beijos e tudo de bom!

      Excluir